TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Transito Brasileiro

Por:   •  9/4/2013  •  2.462 Palavras (10 Páginas)  •  711 Visualizações

Página 1 de 10

VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO.

A violência no transito brasileiro a cada dia aumenta mais, todos os dias ao ligarmos a televisão ou entramos em saite de noticia, esta sempre na primeira pagina.

sãopessoas inocentes, ou até mesmo culpados tiradas de suas vidas por consequencia banais, por puro descaso, ou até por "ironia do destino".

Hoje a violência no trânsito é a terceira maior causadora de morte no mundo. E a unica coisa a melhorar esse ranking é a conciêntização da população de suas atitudes no trânsito.

Com toda facilidade de se fazer financiamento para compra de veiculos, a população tem comprado mas carros, ecom isso abarrotando as ruas e as rodovias com super lotação de carros.Com essa superlotação o trãnsito fica mas lento, assim gerando conflitos entre as pessoas, causando stres,intolerancia, inpaciencia, medo de chegar atrasado a algum compromisso importante e etc.

As vezes o stress é tão grande que apesar de saberem do valor elevado das multas e que a fiscalização utiliza radares e barreiras eletrônicas, as pessoas perdem o total equilíbrio emocional e acabam cometendo crimes de trânsito. Crimes que têm consequências graves.

Os fatores que geram mais violência no trânsito são o uso do álcool ou outras drogas, o desrespeito às sinalizações, o excesso de velocidade e a má condição dos veículos.

A mortandade e a selvageria nas estradas também tem o mesmo princípio. A maior parte dos milhares de mortos no trânsito, certamente eram vidas produtivas, responsáveis pelo sustento de outras. Neste mundo de feridos, muitos estão inválidos.

No Brasil, na década de 90, as leis de trânsito e a fiscalização ficaram mais consistentes, reduzindo pela metade os índices de mortalidade, chegando a 25 mortes/100 mil hab/ano, número ainda alto quando comparado aos países do primeiro mundo. Os índices do nosso país são semelhantes ao de países do terceiro mundo como El Salvador, Vietnam, Índia e países da África, que superam a média de 30 mortes/100 mil hab/ano.

Cientes dos números alarmantes de acidentes de trânsito no país, as autoridades brasileiras colocaram em vigor, nos últimos anos, duas novas leis visando à redução no número de mortes.

Em 19 de julho de 2008 foi alterado o Código de Trânsito Brasileiro, inserindo uma lei de proibição do consumo de bebida alcoólica por condutores de veículos, batizado de “Lei Seca”. As ameaças de multa e a perda da carteira de habilitação por 12 meses, fizeram com que o número de mortes diminuíssem 6,2%, ou seja, redução de 2.302 mortes por ano.

Os atropelamentos são responsáveis por 36% das mortes nas estradas brasileiras. O pedestre só tem chance de sobreviver se o veículo estiver a 30 km/h. Se o motorista estiver a 40 km/h, a chance de óbito vai para 15%. A 60 km/h, a chance de morte cresce assustadoramente, vai para 70%. E, caso o pedestre seja apanhado a 80 km/h, provavelmente não terá qualquer chance de sobreviver.

DIREITOS E DEVERES PARA CONDUTOR DE VEICULO.

§1º do Artigo 1º do Código de Trânsito Brasileiro: considera-se trânsito a utilização das vias por pessoas, veículos e animais, isolados ou em grupos, conduzidos ou não, para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga ou descarga.

Inciso 2º. O trânsito em condições seguras é um direito de todos e dever dos órgãos e entidades componentes do sistema nacional de trânsito, a estes cabendo no âmbito das respectivas competências, adotar as medidas destinadas a assegurar esse direito. Assim sendo é dever de todo cidadão respeitar as leis de trânsito, bem como a sinalização e as regras de circulação, essa postura além de ser um ato de cidadania nos deixa em condições de cobrar nossos direitos, mas para isso precisamos primeiro cumprir com nossos deveres.

Quando desobedecemos ou não respeitamos qualquer regra de trânsito, seja como motorista, motociclista, ciclista ou pedestre, automaticamente anulamos todos os nossos direitos.

O direito do cidadão deve estar garantido pelo Poder Público, sob pena do próprio Estado se responsabilizar pelas infrações e danos oriundos do trânsito brasileiro.

DIREITOS NA CONDUÇÃO DE VEÍCULO

Usufruir de vias seguras.

Ser educado por campanhas sólidas sobre a legislação de trânsito e direção defensiva.

Requerer e obter toda a ajuda necessária dos órgãos de trânsito e dos agentes fiscalizadores que antes de punir deverão orientar.

Ser bem atendido nas repartições públicas que administram o trânsito no Brasil.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (16.4 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com