TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

AVALIAÇÃO COMPLEMENTAR - III

Por:   •  29/11/2019  •  Resenha  •  627 Palavras (3 Páginas)  •  6 Visualizações

Página 1 de 3

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO

Curso de Teologia EAD[pic 1]

 

AVALIAÇÃO COMPLEMENTAR - III

Módulo:

ESTUDOS WESLEYANOS

Curso

Teologia

Professor Temático:

Prof. Dr. José Carlos de Souza

Polo:

BAURU/S.PAULO

ALUNOS

Matrícula

ANA MARIA PEDON

280542

PROPOSTA

Releia o artigo disponível na Leitura Ativa do dia 03/06: SOUZA, José Carlos de. “Fazendo teologia numa perspectiva wesleyana”, disponível na revista Caminhando, no seguinte endereço eletrônico:

https://www.metodista.br/revistas/revistasmetodista/index.php/Caminhando/article/view/1420/1444 

Em seguida, com suas próprias palavras, responda, em forma de texto dissertativo e argumentativo, às seguintes questões:

 O que mais chamou a sua atenção no texto?

  O que você destacaria como ideias centrais?

 Você acredita que a forma de Wesley interpretar a natureza e o método da teologia ainda é atual?

  O que pode ser mantido de sua compreensão nos dias de hoje? O que precisaria ser mudado?

          O que mais me chamou atenção no texto foram os problemas e as questões sociais tiveram um lugar privilegiado no fazer teológico de Wesley. Não obstante, no processo e/ou tentativa de entender melhor o modo de fazer teologia wesleyana, é necessário fazer a transposição teológica, com cuidado. Isso significa que não dá para se desconsiderar os elementos culturais, geográficos, teológicos e filosóficos que influenciaram o pensamento wesleyano. Ainda que Wesley não tenha escrito uma teologia sistemática original, seu pensamento teológico tem acentos que se distinguem de outras correntes teológicas, algumas delas, consideradas até mesmo como fontes originais.

         Como ideia central o texto trata do encontro do Ser com Deus e para Wesley, ao encontrar Deus, o ser humano adquire a possibilidade de recriar sua condição original perdida na queda. Ele acredita que a experiência com Deus faz surgir uma nova criação, pois o conhecimento de Deus transforma radicalmente aquele que passa por ela. Wesley entende que este conhecimento acerca de Deus sempre é resultado da experiência de uma fonte que não está intrínseca no ser humano, mas externa.

          Wesley foi um homem de seu tempo, sendo impossível arrancá-lo da rede de relações que estabeleceu no século XVIII. Devido a isso, na primeira parte do texto apresentam-se as influências que foram decisivas, que nortearam a elaboração teológica do Metodismo nascente. Na segunda e última parte, do texto, são analisados os elementos e acentos especiais da teologia wesleyana que incidem diretamente sobre a compreensão, testemunho social e posturas libertadoras da Igreja Metodista Brasileira, referendada no documento Credo Social e em sua Teologia Social.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.1 Kb)   pdf (93.4 Kb)   docx (15.1 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com