TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Modelo Para ser Humano

Por:   •  17/5/2016  •  Dissertação  •  2.314 Palavras (10 Páginas)  •  123 Visualizações

Página 1 de 10

TEMA: Etapas da humildade de Cristo, o modelo para ser humano 

TEXTO: Filipenses 2.5-11

EXÓRDIUM

  • A expressão humildade vem de uma palavra no latim: húmus (terra).
  • E humano, vem de húmus – ou seja ser humano é estar à altura da terra, no mesmo nível dela, nem abaixo da terra, nem acima.
  • A palavra humano nos lembra que o pecado nos transformou em pessoas diferentes daquele projeto de Deus.

contexto

  • Sobre este assunto, a epístola de Filipenses fala com muita propriedade.
  • Falando de Filipenses, vemos que:
  • Esta é um Carta da prisão
  • O versículo 5 funciona como ordem para o crente imitar Jesus (o único imperativo do texto.
  • Paulo recomenda a pratica de duas coisas  para a igreja de filipos da humildade e unidade, unidade a Cristo e humildade para com os irmãos,
  •  porque os crentes Filipenses era um povo orgulhoso, encrenqueiro e dividido (note os textos anteriores);
  • primeiro convidando então faz querer imitar a cristo como norma de vida, olhar a cristo e ver na sua humilhação um caminho que é essa norma de vida, o caminho que nos conduz a gloria.
  • não haverá exaltação sem antes passar pelo caminho da humildade, toda a humilhação de cristo não é para que nos sejamos blindados de uma vida humilde ou mesmo de humilhação.
  • o que cristo sofreu e padeceu e pra nos ensinar a passarmos pelos caminhos difíceis dessa vida, e termos o entendimento que Jesus sofreu muito mais.
  • Fil. 2.6-11 é um dos hinos cristãos mais antigos;
  • McKENZIE disse que “é uma das epístolas de Paulo menos doutrinais; contudo, ela contem o mais excepcional hino cristológico - de 2.6-11”
  • Do 6v a v8 vai falar da humilhacao do v8 ao v11 da exaltacao
  • O hino tem 6 estrofes descrevendo uma confissão de fé cristã antiga, sendo estas estrofes divididas em 11 linhas. O hino tem teor descendente para atingir o nível ascendente (desce para subir). É notório o fato de que o hino cristologico de Filipenses 2.6-11 teve uma elaboração detalhada, para que se percebesse no texto estes elementos, com culminância na cruz[1].
  • São cinco linhas de um lado e cinco do outro, ficando a transição da morte de Cruz no meio.
  • É importante que se delimite os blocos para se perceber o ápice da Cruz e o movimento do texto em torno de uma subida. Neste sentido, o mesmo gráfico n pode ag ser ilustrado de modo a perceber a divisão do hino sobre Cristo.
  • Quais as etapas da humildade de Cristo como modelo para o ser humano?

  • TEMA: Etapas do ministério de Cristo como homem

SENTENÇA DE AFIRMAÇÃO:

Cristo Deus-filho nos ensina a ser seres humanos conforme o plano de Deus no estado de humilhação de Cristo[2].

FRASE DE TRANSIÇÃO: Um das etapas da humildade de Cristo como homem...

1. A ETAPA DA HUMILHAÇÃO ( DE DESCIDA) [3]– Filipenses 6-8

A. A doutrina do estado de humilhação de Cristo (citar):

“O Estado de humilhação de Cristo foi aquela baixa condição, na qual, por amor de nós, esvaziando-se de sua glória, Ele tomou para si a forma de servo, em sua concepção e nascimento, em sua vida, em sua morte, e, depois de sua morte, até a sua ressurreição” (CFW. São Paulo, 1991. Página 199).

Merece desta a palavra grega

verbo grego κενοσιs −várias possibilidades de entendimento, a saber, invalidar, tornar nulo, perder sua justificativa, e utiliza a figura de linguagem ‘esvaziar’. Cristo se humilhou a ci mesmo -

Esquema da etapa:

Na descida de Cristo para a humilhação, ocorreram duas ações da encarnação

(esvaziar e humilhar).

1a. Ele esvaziou-se e tornou-se servo;

1b. Ele humilhou-se tornando obediente (até a morte na Cruz – o ápice do estado de humilhação de Cristo.

1a Ele esvaziou-se e tornou-se servo; 6 pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus;

no vers. 6 a divindade de Jesus, subsistirem forma de Deus, a forma de Jesus Cristo e a forma da majestade a majestade que resplandece em Deus é a figura de Jesus, como a segunda pessoa da trindade  em gloria, junto a gloria, na gloria ele sempre esteve, junto de Deus figura do rei supremo, João disse que quem glorifica o filho glorifica o pai, e mais a frente ele diz não tem reconhecido a mim, olhe para mim pois eu e o pai somos um, divindade em cristo tem uma forma, possuem uma marca, marca de gloria, por isso o texto diz subsistindo em forma de Deus, não era simplesmente o existir mas o possuir a marca da divindade, e dessa forma que ele veio a nós, Emanuel, deus conosco, nascido de mulher foi homem sem gloria continuava divino é filho de Deus mas homem sem glória.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13.7 Kb)   pdf (257.3 Kb)   docx (18.4 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com