TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

AS ARTES TRABALHO

Por:   •  16/12/2020  •  Trabalho acadêmico  •  2.741 Palavras (11 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 11

ARTES

ARQUITETURA

No período paleolítico, os homens eram nômades, viviam em grupos se deslocando-se constantemente para locais mais seguros, neste período não haviam construções, como eram nômades, usavam cavernas, tendas feitas com pele de animal, ou cabanas feitas de galhos para se abrigar.

Já passando para o período Neolítico de 8000 a.C. até 5000 a.C., no período neolítico os homens passam a deixar de ser nômades por conta do sedentarismo, nesse período a pedra é o material mais utilizado para a produção de ferramentas e objetos. Haviam edificações conhecidas como nuragues, edificações em pedra, sem nenhuma argamassa e em forma de cone truncado. São também desse período as construções denominadas dolmens, que são monumentos megalíticos tumulares coletivos.

Passando do período neolítico para o período egípcio que se inicia em 3000a.c, visa a arquitetura, e também ligada a religiosidade, arquitetura egípcia é marcada, principalmente, pela grandiosidade, porém, outras características também são importantes como por exemplo a simplicidade nas formas, aspecto maciço e pesado, predominância de superfícies sobre os vazios, policromia.

A Arquitetura Grega foi inspirada nos estilos jônico, o dórico e o coríntio. Nas grandes construções gregas, os materiais mais utilizados eram as pedras, mármore, madeira e calcário. Naquele tempo, as estruturas já contavam com uma grande engenharia, simetria e o uso de cálculos e proporções matemáticas. As principais características da arquitetura grega são o Caráter público Conceito de Belo (teor estético), Monumentalidade (grandes Templos), Perspectiva e proporcionalidade, Simetria e harmonia, Equilíbrio e rigor das formas e a Presença de colunas e pórticos. A diferença entra a arquitetura egípcia e a grega é que a arte egípcia está fortemente relacionada à religiosidade, seu papel principal é agradar aos deuses. Enquanto a arte grega apresenta características antropocêntricas, mesmo quando representam deuses atribuem a eles características humanas, há a valorização do belo.

Chegando no período Medieval, arquitetura medieval foi desenvolvida durante o período da Idade Média, durante o século V e XV. Foi um longo período da história em que prevaleceu os estilos românico e gótico. As principais características da arquitetura medieval são os temas religiosos, arte monumental, estilo romântico, estilo góticos, uso de arcos e abóbadas.

Iniciando o período renascentista a sua arquitetura foi desenvolvida durante o período do renascimento europeu, que teve início no século XIV e permaneceu até o século XVI. Esse novo estilo estava se afastando dos modelos medievais e da arquitetura gótica. Esse momento de ruptura esteve inspirado nas artes clássicas (greco-romana), fazendo surgir um estilo próprio e singular. Suas principais características eram a retomada dos modelos clássicos, tinham uma visão humanista e racionalista, utilizavam a matemática e a geometria, buscavam perfeição e beleza, a preocupação com a proporção, formas equilibradas e harmoniosas, estilo formal e individual, usavam temas religiosos, mitológicos e da natureza, uso dos arcos, abóbodas, cúpulas e colunas, e o predomínio com as linhas horizontais.

Já no período Barroco, a arquitetura muda, pois a arquitetura barroca está entre as principais formas de manifestação da contrarreforma religiosa católica por meio da arte. As principais características da arquitetura barroca, são a extravagância, o incomum e regular, o uso do movimento, proximidade do real, aplicação da curva em oposição à ideia estática dos prédios, as igrejas do período barroco são marcadas por abóbadas, arcos e contrafortes, tentativa de levar o observador a se imaginar no infinito, os efeitos cenográficos teatrais, mistura da pintura e escultura, e a manipulação da luz.

Passando para o período clássico, a arquitetura clássica refere-se à arquitetura da Antiguidade Clássica, especificamente à arquitetura grega e de algum modo a toda aquela nela inspirada e baseada, como a arquitetura romana, do Renascimento ou do neoclassicismo.

Já no período romântico a arquitetura romântica, nasce na Inglaterra e teve destaque entre os séculos XVIII e XIX. Essa arquitetura surgiu como um movimento de oposição à arquitetura neoclássica. O estilo é marcado pelo resgate da arquitetura medieval, do oriente, e o predomínio de temas exóticos.

TEATRO        

Durante o período paleolítico não havia a prática do teatro, neste período havia a prática de um ritual, que funcionava que eles enterravam os mortos e faziam rituais funerários. E faziam cerimonias parar pedir a natureza a abundância de alimentos.

Passando para o período neolítico, não houve tanta mudança, eles faziam construções megalíticas, que era possivelmente para enterrar os mortos e fazer rituais.

No período egípcio, além dos deuses, os faraós também eram homenageados com rituais, com o passar do tempo formaram-se os grandes rituais que futuramente se transformariam em espetáculos. Durante este período o teatro não era entretenimento popular, era apresentado somente para a nobreza e seus convidados.

Já indo para o período grego, o teatro foi uma manifestação artística muito importante no desenvolvimento da cultura grega, além disso, serviu de influência e inspiração para outros povos da antiguidade, sobretudo, os romanos.

No período medieval, o teatro foi produzido no século V ao XV, durante este período podemos classificar o teatro medieval em duas vertentes, o teatro sacro, relacionado aos temas religiosos, e o teatro profano, tal qual as farsas e os jograis, com os temas de caráter popular, cômico e moralizante. Diferente do teatro que se desenvolvia na Grécia, pois tinha características diferentes, as principais características do teatro medieval eram a, tradição oral, caráter popular, espaço cênico: igreja e praças, os temas eram sagrados e profanos, utilizavam máscaras, usavam personagens alegóricos e uniam a dança, música e o teatro.

Passando para a época renascentista, o teatro renascentista, diferente do medieval, possuíam um caráter mais religioso, o teatro renascentista apostou no teatro popular de caráter cômico e burlesco e na exploração de variados temas. As características do teatro renascentista era o, antropocentrismo humanista, os textos improvisados, utilizavam a linguagem coloquial, caráter popular e cômico, e a diversificação de temas.

Passando para a época barroco, o teatro barroco era incomum para a época, muitas vezes animada e considerado vulgar devido a projetos vistosos trajes e cenários elaborados e efeitos especiais. Além disso, o Teatro Barroco produziu alguns dos dramaturgos mais respeitados do mundo e foi a base para o teatro moderno.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.5 Kb)   pdf (125.2 Kb)   docx (15.6 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com