TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Construindo um Império: Bizâncio

Por:   •  12/5/2020  •  Pesquisas Acadêmicas  •  570 Palavras (3 Páginas)  •  9 Visualizações

Página 1 de 3

Construindo um Império: Bizâncio

O Império Bizantino surgiu no fim do século IV e foi até o século XV. O período bizantino na arquitetura ficou marcado pela ascensão do cristianismo e criação de novas técnicas construtivas. Diante desse contexto, surgem as monumentais basílicas e expressões de arte que tinham como objetivo mostrar o poder da religião cristã. O período bizantino na arquitetura ficou marcado pelo desenvolvimento da engenharia e de técnicas construtivas inovadoras.

As igrejas da arquitetura bizantina eram planejadas sobre uma base circular, octogonal ou quadrada com imensas cúpulas, criando-se obras enormes e totalmente decoradas. Um dos destaques da arquitetura bizantina é a inovação do uso da cúpula, aplicada em diversas obras romanas. Por meio de um sistema de arcos, foi possível utilizar a cúpula em plantas quadradas, algo até então inédito no mundo. Essa cobertura ficou conhecida como cúpula sobre pendentes. A arte bizantina na arquitetura é representada principalmente pelos mosaicos. Trata-se de um tipo de arte muito difundido no Império Bizantino, que consiste na formação de imagens por meio de pequenos pedaços de pedra coloridos colados nas paredes. A arte bizantina traz um contexto simbólico e religioso. O regime do período era teocrático, ou seja: o imperador tinha plenos poderes administrativos e espirituais sobre a população.

A Catedral de Santa Sofia foi construída pelo Império Bizantino. Os responsáveis pelo projeto foram Antêmio de Tralles e Isidoro de Mileto. A estrutura da Catedral de Sofia é semelhante a uma basílica romana, com uma forma retangular. No meio fica um grande vão cercado por uma série de passagens laterais. O interior da Catedral de Santa Sofia é revestido com mármore e repleta de mosaicos. Os mosaicos representam a Virgem Maria, Jesus, santos, imperadores e imperatrizes. Outras partes da obra foram criadas com um estilo puramente decorativo, com padrões geométricos. A planta da Catedral de Santa Sofia é retangular e sobre ela está a grande cúpula central de 31 m de diâmetro e 55 m de altura. Ela é extremamente elevada, fazendo uma alusão à abóbada celeste (céu). A cúpula é perfurada com uma faixa de 40 janelas em arco, que criam uma iluminação zenital e dão leveza à estrutura.

O poder da arte Bernini

Gian Lorenzo Bernini foi um escultor e arquiteto italiano considerado a maior expressão do barroco. Apesar de ser um talentoso escultor e arquiteto, Bernini tinha paixão pela pintura. Por isso, suas esculturas têm forte inspiração nessa forma de arte. Os seus trabalhos foram projetados na tentativa de reproduzir a pintura.

Seguindo o movimento barroco, a principal característica era transportar o observador à intensidade da experiência

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.6 Kb)   pdf (35.2 Kb)   docx (8.3 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com