TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Gêneros Textuais Do Agrupamento Do Narrar E Linguagem Corporal Artigo: Gêneros Textuais Do Agrupamento Do Narrar E Linguagem Corporal Buscar 50 000 Trabalhos E Grátis Artigos Enviado Por: Mariasirlandia23 16 Setembro 2013 Tags: Palavras: 1307 |

Por:   •  10/10/2013  •  1.286 Palavras (6 Páginas)  •  508 Visualizações

Página 1 de 6

1 INTRODUÇÃO

Entendemos através desse trabalho que gêneros textuais são línguas em uso social, seja quando usamos a língua na escola, seja quando usamos a língua fora dela para nossa comunicação, seja quando usamos gêneros escritos, seja quando usamos gêneros orais. Os gêneros são língua em uso, é língua viva, são instrumentos de comunicação.

Ao ensinar uma diversidade de gêneros na escola aprendemos que, por mais simples que eles sejam (como uma receita culinária, por exemplo), todas as palavras e letras ganham uma significação.

Também aprendemos a respeito do agrupamento do narrar que envolve os gêneros cujo domínio é o da cultura literária ficcional, marcados pela manifestação estética e caracterizados pelas mimeses da ação através da criação, da intriga no domínio do verossímil. E sabemos que tudo isso contribuiu para a linguagem corporal que não é menos importante que as demais coisas citadas.

2 DESENVOLVIMENTO

Os Gêneros textuais são as estruturas com que se compõem os textos, sejam eles orais ou escritos. Essas estruturas são socialmente reconhecidas, pois se mantêm sempre muito parecidas, com características comuns, procuram atingir intenções comunicativas semelhantes e ocorrem em situações específicas. Gênero Textual ou Gênero de Texto se refere às diferentes formas de expressão textual. Nos estudos da Literatura, temos, por exemplo, poesia, crônicas, contos, prosa, narrativa, etc. Dessa forma, podem ser considerados exemplos de gêneros textuais: anúncios, convites, atlas, avisos, programas de auditórios, bulas, cartas, cartazes, comédias, contos de fadas, crônicas, editoriais, ensaios, entrevistas, contratos, decretos, discursos políticos, história de terror ou não, instruções de uso, letras de música, leis, mensagens, notícias, São textos que circulam no mundo, que têm uma função específica. de qualquer natureza, literários ou não-literário, contribuem para ordenar e estabilizar as atividades comunicativas do dia a dia.

Gêneros textuais são formas de interação, reprodução e possíveis alterações sociais que constituem ao mesmo tempo, processos e ações sociais e envolvem questões de acesso é um nome que se dá às diferentes formas de linguagem que circulam socialmente eles são a forma como a língua se organiza nas inúmeras situações de comunicação que vivemos no dia-a-dia, são línguas em uso social, seja quando usamos a língua na escola, seja quando usamos a língua fora dela para nossa comunicação, seja quando usamos gêneros escritos, seja quando usamos gêneros orais..

No agrupamento Narrar, são colocados os gêneros da cultura literária ficcional, como contos, lendas, romances, fábulas, crônicas. A situação de produção desses gêneros sempre envolve a ficção e a criação.

Segundo definição “narrar” significa narrativo que vem da palavra latina Narratio’’ que narra uma historia reais ou fictícias.

A narração é um tipo de gênero literário que é dividido em Romance, Conto, Novela, Crônica, Fábula, Parábola, Lenda e outros. O principal objetivo de suas características é contar e narrar um fato, fazendo com que este fato sirva de informação, entretenimento e aprendizado, visando sempre o bem-estar do receptor. Em relação a esse agrupamento, Dolz e Schneuwly recorrem à descrição de um esquema sócio psicológico de funcionamento da linguagem, que parte das práticas

passa pelas atividades, para chegar às capacidades de linguagem a fim de justificar os critérios de seleção adotados para o agrupamento. Doz e schneuwly (1996) subdividiu esse grupo em 5.

• Narrador: é o que narra a história,

• Tempo: é um determinado momento em que os personagens vivenciam as suas experiências e ações.

• Espaço: lugar onde as ações acontecem e se desenvolvem.

• Enredo: é a trama, o que está envolvido na trama que precisa ser resolvido,

Personagens: através das personagens, seres fictícios da trama, encadeiam-se os fatos que geram os conflitos e ações.

Vejamos cada um deles e suas características separadamente:

• Romance: é uma narrativa longa, geralmente dividida em capítulos, possui personagens variadas em torno das quais acontece a história principal e também histórias paralelas a essa, pode apresentar espaço e tempo variados.

• Novela: é um módulo mais compilado do romance e também mais dinâmico, é dividida em episódios, são contínuos e não têm interrupções.

• Conto:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.8 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com