TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha 1 A Procura Da Felicidade

Por:   •  3/5/2013  •  790 Palavras (4 Páginas)  •  2.231 Visualizações

Página 1 de 4

A procura da felicidade

O Filme a Procura da Felicidade retrata a história de um homem pobre, pai de família, vendedor de scanner de densidade óssea que vê a oportunidade de mudança de vida ao concorrer a uma vaga em uma corretora de seguros. No decorrer da trama é mostrada toda a sua trajetória em busca desse objetivo.

Através deste filme, notamos que existem importantes aspectos de teorias motivacionais conhecidas como as de Maslow, Herzberg, Mcclland e Vroom.

Segundo Maslow existe uma hierarquia das necessidades, representada por ele em uma pirâmide e são elas na seguinte ordem: Fisiológicas, Segurança, Social, Auto Estima e Auto Realização e diz que sem o preenchimento das necessidades primárias não é possível alcançar as secundárias.

Quando Chris Gardner (Will Smith) diz a sua esposa Linda (Thandie Newton) que seria estagiário em uma corretora de seguros ela o ironiza perguntando se ele não queria ser um astronauta, como era possível ele pensar em trabalhar de graça com todas as contas atrasadas, cobradores na porta e uma constante humilhação. Para ela toda aquela situação transmitia insegurança, um marido incapaz de suprir suas mendicidades básicas, Linda trabalhava em dois turnos para pagar o que podia e com o filho Christopher (Jaden Smith) de apena cinco anos para criar se vê cansada de tudo e se separa deixando o filho com o pai.

Vemos características concisas da teoria de Maslow, sem os fatores fisiológicos e de segurança supridos era impossível para Linda continuar ali, ela precisava ter o mínimo para pensar em algo mais naquele momento não importava como Chris faria ele precisava dar um jeito em toda aquela situação.

Já Herzberg afirma que fatores higiênicos (que são para Maslow necessidades primárias) são insatisfacientes, ou seja, não causam motivação. Chris buscava algo mais, sabia que era capaz de mudar não só a situação de escassez, mas era também possível buscar reconhecimento, superação, sucesso, isso o motivava, aprendera infância que não era um derrotado e que podia chegar onde quisesse. A necessidade de mostrar e de provar para ele mesmo que era capaz nos remete muito a teoria de Herzberg que retrata aspectos de importância secundária (citadas por Maslow) como satisfacientes ou seja seria o que traria satisfação e contentamento e são elas : sociais de auto- estima e de auto- realização.

Vemos outro aspecto também tratado por Herzberg que o personagem enfrenta no desenrolar da história que o desmotivou, o fez sentir explorado e menosprezado esse é tratado como fator insatisfaciente.

A concorrência para esta vaga de emprego duraria um período de seis meses e por não haver remuneração ele fica completamente desanimado em duvida se daria conta de criar o filho trabalhando meio turno com a venda de scanner e estudar no restante do dia, Contudo assume o desafio e aceita a proposta. No período em que esta

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.8 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com