TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A RELEVÂNCIA DO AMBIENTE SÓCIO/CULTURAL NO DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM DA CRIANÇA DO ENSINO FUNDAMENTAL NA PERSPECTIVA PSICOPEDAGÓGICA:

Pesquisas Acadêmicas: A RELEVÂNCIA DO AMBIENTE SÓCIO/CULTURAL NO DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM DA CRIANÇA DO ENSINO FUNDAMENTAL NA PERSPECTIVA PSICOPEDAGÓGICA:. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  25/10/2014  •  5.016 Palavras (21 Páginas)  •  391 Visualizações

Página 1 de 21

A RELEVÂNCIA DO AMBIENTE SÓCIO/CULTURAL NO DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM DA CRIANÇA DO ENSINO FUNDAMENTAL NA PERSPECTIVA PSICOPEDAGÓGICA:

UM ESTUDO DE CASO

Vanusa Maria da Fonseca Silva

Ms Beatriz Borges Pereira Reis

RESUMO

O presente artigo relata o estudo de caso de uma criança com queixa de aprendizagem escolar. Tem como objetivo principal analisar a relevância do ambiente sócio/cultural durante o desenvolvimento e aprendizagem da criança. O trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa qualitativa de observação in lócus, realizada durante o estágio de atendimento Psicopedagógico. Com a finalidade de fornecer um diagnóstico sobre esta questão, utilizaram-se as análises e observações feitas nas sessões de atendimento para obter os resultados desejados. Para realização dessa pesquisa utilizou-se o enfoque de autores que abordam sobre a respectiva temática.

Palavras-chave: Aluno; Ambiente sócio/cultural; Aprendizagem; Psicopedagogia.

1. Introdução

Desde que o homem existe, sempre viveu em coletividade, e a partir dessa convivência, ensina e aprende. Desta forma, percebe-se que a vida do ser humano é constituída por momentos de diversos tipos de aprendizagens com determinadas finalidades e especificidades, conforme o interesse pessoal e particular de cada um.

Considerando que as instituições escolares possuem fortes vínculos com o conhecimento e são as responsáveis por grande parte da formação do ser humano, não se pode descartar a influência do ambiente sócio/cultural durante a aprendizagem da criança.

É importante ressaltar que, o aprendizado não acontece somente nos espaços formais, a criança constrói seu conhecimento em diferentes ambientes sociais e culturais. Principalmente no meio em que ela esta inserida. A família, por exemplo, exerce um papel importante no que se refere à educação e aprendizagem, porque ela é o primeiro vínculo estabelecido com criança. Concomitantemente, a criança aos poucos é inserida no meio social e cultural, onde seus saberes começam a ser construídos.

A relação estabelecida com o aprender é constituída nos contextos familiar, escolar social e cultural. Percebe-se, a importância e responsabilidade por ambas as instituições família/escola, incentivar e estimular a criança pelo interesse em aprender.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), constituída em 9394/96 estabelece que a “educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, nas instituições de ensino, na cultura, e entre outros”.

Partindo dessa premissa básica, é importante que o professor trabalhe a questão educativa utilizando uma práxis pedagógica que contribua com o aluno como sujeito que possui a capacidade de construir seus conhecimentos, haja vista que, o professor não pode e não deve anular o que a criança aprendeu durante todo seu convívio social, cultural e familiar.

Sob este prisma, vale ressaltar a importância do olhar Psicopedagógico em relação à contemplação do sujeito na sua totalidade, não descartando as várias formas de aprendizagem utilizada pela criança, tanto no aspecto social/cultural quanto no âmbito familiar e escolar.

No entanto, para contribuir com essa pesquisa utilizou-se um Estudo de Caso realizado durante as sessões do atendimento Psicopedagógico com a criança J.V. F, com seis anos de idade, aluno do 2º ano, estudante de uma Escola Municipal da cidade de Uberlândia-MG. Ela foi encaminhada pela escola e pela família, com uma Queixa relacionada ao problema de aprendizagem.

Dessa forma, o objetivo geral desta pesquisa foi: analisar a relevância do ambiente sócio/cultural durante o desenvolvimento e aprendizagem da criança. Os objetivos específicos que nortearam o trabalho científico foram: compreender de que forma o ambiente sócio/cultural contribui com a realidade do desenvolvimento da criança; b- discutir a importância dos papeis desenvolvidos pelas instituições família/escola no desenvolvimento e aprendizagem do aluno. E por último refletir, com base em uma perspectiva Psicopedagógica, sobre a influência do ambiente sócio/cultural no processo de aprendizagem e desenvolvimento da criança.

Para fundamentar a presente pesquisa, buscou-se teóricos que estabelecem relações de pesquisa com o tema proposto. Para tanto, utilizou-se principalmente os referenciais teóricos: Fagale, Piaget, Vygotsky, Wallon, Weiss, Paulo Freire, Gadotti, Libâneo, entre outros.

2. A influência do ambiente sócio/cultural no Desenvolvimento e Aprendizagem

Falar sobre desenvolvimento e aprendizagem é de suma importância ater-se em Vigotsky (1996, p.215), um estudioso da cognição, o autor afirma que o desenvolvimento do ser humano é constituído por fases:

Começa com a mobilização das funções mais primitivas (inatas), com o seu uso natural. A seguir, passa por uma fase de treinamento, em que, sob a influência de condições externas, muda sua estrutura e começa a converter-se de um processo natural em um “processo cultural” complexo, quando se constitui uma nova forma de comportamento com a ajuda de uma série de dispositivos externos. O desenvolvimento chega, afinal, a um estágio em que esses dispositivos auxiliares externos são abandonados e tornados inúteis e o organismo sai desse processo evolutivo transformado, possuidor de novas formas e técnicas de comportamento.

Assim, partindo do que explicita (DAVIS e OLIVEIRA apud VYGOTSKY 1993, p. 56): “o ser humano cresce num ambiente social e a interação com outras pessoas é essencial ao seu desenvolvimento”.

Nesse sentido, pode-se dizer que o ambiente sócio/cultural é um mediador na construção do conhecimento e o resultado dessa contribuição tão significante que o ambiente proporciona, pode ser destacado em dois aspectos muito importante.

O primeiro aspecto a ser destacado é que a interação sócio/cultural pode ser visto como complemento no desenvolvimento/aprendizagem da criança.

O segundo aspecto a ser mencionado, refere-se à contribuição que a interação produz no relacionamento grupal.

De acordo com Oliveira (2010 p.42), “os adultos interagem com as crianças estimulando-as a incorporar, desde o nascimento, os significados e conhecimentos construídos historicamente em uma cultura”.

Além disso,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (33.9 Kb)  
Continuar por mais 20 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com