TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

AUTOMUTILAÇÃO, O SOFRIMENTO ESCONDIDO NA DOR

Por:   •  9/9/2019  •  Trabalho acadêmico  •  464 Palavras (2 Páginas)  •  9 Visualizações

Página 1 de 2

AUTOMUTILAÇÃO, O SOFRIMENTO ESCONDIDO NA DOR

Introdução

Desde 2011 os meios de comunicação vêm alertando para o comportamento de automutilação entre adolescentes e jovens, sendo este assunto, à época, destaque no programa de TV Mais Você. Recentemente, o jornal O Estado de São Paulo publicou artigo intitulado Cresce alerta para a automutilação juvenil. Partindo da leitura deste artigo, apresentamos a problemática deste estudo: De que forma canais de comunicação podem ser abertos ou melhor divulgados para acolher mais jovens nesta situação? Segundo TARDIVO (2018), a automutilação é um comportamento, uma conduta que pode ou não estar acompanhada de outros transtornos. É a troca do sofrimento psíquico pela dor física. Como estudantes de psicologia, pensando na função social da nossa profissão, nos mobilizamos para discutir o assunto. O objetivo deste trabalho é levantar propostas de acolhimento e divulgação de canais de ajuda especializada aos que pensam ou vivenciam a automutilação.

Materiais e métodos

Em resposta à da leitura do artigo de jornal, formamos um grupo de trabalho para discutir o tema. Desta discussão, surgiram propostas para a prevenção e acolhimento aos jovens que apresentam essa conduta. Realizamos também pesquisa na internet onde pudemos identificar que este problema está em discussão desde 2011 e, apesar de aparecer com frequência na mídia, inclusive recentemente em reportagem sobre posts de casos no Instagram, as campanhas e canais preventivos ainda são de alcance restrito (colégios particulares, como o retratado na reportagem do jornal) e do CVV, associação civil sem fins lucrativos - mais conhecida por seu trabalho na prevenção ao suicídio.

 Quando da execução deste projeto de prevenção à automutilação, será criada a campanha AUTOMUTILAÇÃO: Vamos falar a respeito? Essa campanha contará com as seguintes ações:

  • Distribuição de folhetos explicativos em escolas e universidades
  • Divulgação dos serviços do CVV como um canal para se falar também da automutilação
  • Criação de grupos de discussão com acompanhamento psicológico
  • Promoção de palestras de prevenção e conscientização sobre a automutilação
  • Divulgação de canais de atendimento psicológico gratuito, similares ao realizado pelo Centro de Psicologia da UNIP, o CPA.

Bibliografia

Automutilação na juventude: um problema crescente. Disponível em :< https://www.cvv.org.br/blog/automutilacao-na-juventude-um-problema-crescente/>. Acesso em 29.05.2019.

BOUER, Jairo. Posts de automutilação no Instagram influenciam usuários, sugere estudo. Disponível em: https://doutorjairo.blogosfera.uol.com.br/2019/05/29/posts-de-automutilacao-no-instagram-influenciam-usuarios-sugere-estudo/. Acesso em 30.05.2019.

Entendendo a automutilação. Disponível em https://www.cvv.org.br/blog/entendendo-a-automutilacao/>.  Acesso em 29.05.2019.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.6 Kb)   pdf (123.3 Kb)   docx (74.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com