TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Artigo científico sobre as interseções entre ecoeficiência, produção mais limpa e desenvolvimento sustentável

Pesquisas Acadêmicas: Artigo científico sobre as interseções entre ecoeficiência, produção mais limpa e desenvolvimento sustentável. Pesquise 804.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  4/4/2014  •  Pesquisas Acadêmicas  •  3.343 Palavras (14 Páginas)  •  302 Visualizações

Página 1 de 14

Artigo científico sobre as interseções entre ecoeficiência, produção mais limpa e desenvolvimento sustentável.

1. INTRODUÇÃO

Vivemos um momento ímpar em nosso desenvolvimento como animais humanos no planeta terra, pois estamos no patamar do ápice tecnológico, a longevidade da existência com qualidade de vida, o domínio quase completo dos obstáculos colocados pela natureza para o crescimento econômico, por outro lado, somos os animais que mais agridem e poluem o meio-ambiente- berço da existência e sobrevivência nossa e das demais espécies.

Portanto, no atual estágio, nosso maior inimigo somos nós mesmos. Nossa maior ameaça pode ser nosso vizinho que coloca lixo no seu "quintal", nosso desejo consumista de comprar o último modelo de automóvel sem se preocupar com o descarte do modelo atual, a indústria que trabalhamos e que não observa a importância da reciclagem, o capitalista dos EUA que nega o aquecimento global, ou nosso irmão chinês do outro lado do mundo que está poluindo e afetando o clima global, portanto todos os sistemas formados e comandados pela espécie humana.

Será que é possível desenvolvimento sustentável? Poderá haver harmonia entre capitalismo de produção e ecoefiência com produção mais limpa?

Nosso objetivo principal é avaliarmos a convivência harmoniosa ou conflitante entre o capitalismo, e o desenvolvimento sustentável. Pretendemos apresentar a metodologia daecoeficiência, as características da "produção mais limpa" e contribuir no conhecimento crítico-analítico acerca dos conceitos de desenvolvimento sustentável.

1. DESENVOLVIMENTO

O nosso trabalho apresenta como concepção a visão holística do desenvolvimento sustentável, considerando todos os aspectos e interseções entre o: Meio Ambiente, Economia e Sociedade. Pois é fundamental a relação do ser humano com

seus pares, com a produção de bens e serviços necessários e em harmonia com o meio ambiente.

A sustentabilidade se baseia em modelo sustentável com crescimento econômico, aliado ao desenvolvimento econômico, ou seja, com dinamismo do mercado, melhor distribuição de riquezas e incorporação de contingente maior de beneficiários

desse crescimento, porém respeitando a dimensão ambiental, preocupada com o estoque de recursos naturais limitados, utilizando tecnologia para preservação e recuperação da natureza, visando a relação das gerações futuras com os

recursos naturais renováveis e não renováveis do meio ambiente herdado.

Como também, na dimensão social perseguindo o atendimento das necessidades básicas de toda a população, minimizando as desigualdades e exclusões sociais, buscando a justiça distributiva e políticas garantidoras de educação, saúde, habitação e seguridade social. Ressaltamos, também, a dimensão Cultural, pois qualquer modelo de desenvolvimento sustentável precisar respeitar os padrões culturais, identidade primordial de um povo e de uma sociedade. O grande desafio é a comunhão dos atores sociais promotores do seu próprio desenvolvimento construído na vivência da concertação social.

A dimensão do indivíduo contempla as diferentes formas de relacionamento dele com o seu mundo interior e exterior. No mundo interior os valores e os interesses construídos historicamente. No mundo exterior o meio ambiente e a cultura vistos a seguir.

A sociedade é a segunda dimensão e a ela estão ligados os processos sociais (educação, urbanização, mobilização, controle social etc.). Na sociedade se observam os grupos, as classes, as organizações, a estrutura etc.

A terceira dimensão é a política, considerada a grande responsável pelas medidas administrativas que afetam a vida individual e coletiva, cabe a esta dimensão entender o papel político do cidadão e das diferentes organizações que compõem o poder público. A omissão da sociedade civil em participar da administração pública é um dos principais causadores de desastres.

A mudança social, a comunicação, a educação e os demais processos sociais estão estruturados historicamente através da cultura. A plataforma de trabalho deixou clara a interação entre as dimensões, mas a cultura possui uma importância fundamental para entender as demais, pois é através dela que os indivíduos e os grupos decidem suas ações. A cultura institucional influencia as redes de relacionamento, principalmente por vivermos em uma sociedade que coloca a indicação técnica no segundo plano.

A quinta dimensão, a tecnológica se aproxima da cultura. O preconceito de que regiões historicamente voltadas à produção de baixa tecnologia, artesanal e primitiva estão condicionadas a permanecerem neste modelo de desenvolvimento. A tecnologia sendo ofertada, oportunizada vai ser uma resposta de alta qualidade as populações afastadas dos grandes centros. A educação a distância é um exemplo vivo de que a tecnologia pode ser auto-sustentável. A perspectiva é trabalhar as tecnologias sociais relacionando-as as demais dimensões.

A sexta e a sétima dimensão dão conta do conceito de meio ambiente. A trajetória do conceito de meio ambiente é extensa e tende a ser sinônimo de mundo exterior, incluindo o nosso organismo e nossa cultura. A necessidade de mostrar como o meio ambiente afeta e é afetado por nossas ações levou muitos estudiosos a aproximar o conceito a totalidade. Neste segmento vamos conceituar meio ambiente natural e construído, pois a dimensão cultura e as demais serão complementares a esta compreensão de totalidade.

A categoria natural responde a parte não modificada pela ação do ser humano, já à de meio ambiente construído reúne os assentamentos humanos, as unidades produtivas, as construções de suporte à uma vida civilizada.

A última dimensão, a econômica, está associada à capacidade do indivíduo, do grupo, da sociedade organizada, da iniciativa pública e da privada responderem à administração dos recursos.

O artigo científico apresenta como concepção a visão holística do desenvolvimento sustentável, considerando todos os aspectos e interseções entre o: Meio Ambiente, Economia e Sociedade. Pois é fundamental a relação do ser humano com

seus pares, com a produção de bens e serviços necessários e em harmonia com o meio ambiente.

A sustentabilidade se baseia em modelo sustentável com crescimento econômico, aliado ao desenvolvimento econômico, ou seja, com dinamismo do mercado, melhor distribuição de riquezas e incorporação

...

Baixar como (para membros premium)  txt (24.1 Kb)  
Continuar por mais 13 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com