TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Cacau Show - Ele Venceu O Dilema Do Chocolate

Dissertações: Cacau Show - Ele Venceu O Dilema Do Chocolate. Pesquise 785.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  17/4/2013  •  3.505 Palavras (15 Páginas)  •  1.259 Visualizações

Página 1 de 15

http://www.slideshare.net/anacrisunifra/cacau-show-14706775

1. pensamento nacional CORPORATIVO Na Cacau Show, a oferta para consumo próprio e para presente se baseia em um modelo de negócio que inclui a trufa de R$ 1 como produto de entrada, como conta seu presidente, Alexandre Tadeu da Costa, em entrevista exclusiva Ele venceu o dilema do chocolate20 HSMManagement 86 • maio-Junho 2011 hsmmanagement.com.br

2. S e você, leitor, fizer uma cacau e uma fábrica de chocolates na do comprei as barras para degustação cega de cho- Bélgica, além de outra novidade guar- fazer os 2 mil ovos: a di- colates, confundirá um dada a sete chaves. ferença de preço entre 1 produto Cacau Show Às vezes, ficamos procurando nos- quilo de chocolate e 1 quilo com um suíço como o sos Steve Jobs, Bill Gates e Mark Zu- de bombom fino feito dele da Lindt? A resposta cor- ckerberg na tecnologia, mas talvez, era de mais de 10 vezesreta é sim –por exemplo, se o produ- no Brasil, eles se encontrem em ou- –ou seja, o que se compra-to Cacau Show for o Mais Leite. É que tros ramos. Alexandre Tadeu da Cos- va por 10 conseguia-seas diferenças básicas entre chocolates ta fundou sua empresa aos 17 anos vender por 100.europeus e brasileiros estão no uso, no de idade. Logo vi que eraVelho Mundo, de açúcar de beterraba uma margem gran-e leite mais gordo e o Mais Leite se faz Você fundou sua empresa com 17 anos? de demais e que, secom leite importado de lá. Se fosse na Califórnia do século 21, você eu com­ rasse por 10 p Por conta do nome, a Cacau Show até seria o Mark Zuckerberg? [risos] e vendesse por 20, aindapode ter sido confundida com empresa É, mas eu não era muito nerd... eu era seria um ótimo negócio. Foi o que fiz,de shows de samba com mulatas, mas cabeludo, guitarrista, jogador de vôlei numa salinha 3 por 4 metros, dentro dao fato é que essa organização fundada federado. E minha família era mui- empresa dos meus pais.em 1988, que hoje tem mais de mil to humilde –meu pai, tecelão; minhafuncionários e mil lojas, receita de mãe, vendedora porta a porta–, então, O maior pulo do gato não fo­ am as fran- rR$ 400 mi­hões em 2010 (ou R$ 1 bi- l trabalho para mim era algo que tinha quias, em 2003?lhão, se contabilizado o movimento muito valor e, junto com criatividade As franquias nos deram visibilidade atédas lojas), 96% de reconhecimento de e ousadia, sempre tive disciplina. Por que a marca estourou, três anos atrás.marca e produtos sofisticados como o exemplo, aos 13 anos, eu calibrava O pulo foi por acaso. Já tínhamos duasMais Leite, tem uma gestão empreen- pneus num posto de gasolina às sextas- marcas em 2003: a Cacau Show, dededora respeitável. -feiras –foi como comprei minha pri- venda porta a porta, e a Gardner, que criamos para varejo em geral, para a vendedora por catálogo não achar que “trabalho para mim era algo havia competição direta. que tinha muito valor e, junto Uns clientes nossos em Piracicaba, interior paulista –o casal João e Regi- com criatividade e ousadia, na Caldas–, trabalhavam com ambas: sempre tive disciplina” ele vendia Gardner; ela, Cacau Show. Na Páscoa de 2002, compraram tanto chocolate que a família teve de sair do A entrevista em que o fundador e meira bicicleta. Aos 14, quando minha apartamento para a mercadoria entrar.presidente Alexandre Tadeu da Costa mãe criou a Cacau Show, eu pegava Fui lá e propus alugarmos um localdetalha isso, concedida com exclusivi- os pedidos com as vendedoras porta a para ser a loja deles na frente e o depó-dade à editora-executiva Adriana Salles porta, passava ao fabricante e, quando sito nos fundos. Sugeri que, para com-Gomes, foi realizada com a fábrica tra- vinha, punha o produto dentro da cai- pensar o novo custo fixo, os filhos delesbalhando a toda em função da Páscoa xa, faturava etc. trabalhassem no negócio, como acon-–a empresa detém 10% do mercado de Aí meus pais descontinuaram o ne- teceu na minha família. Estruturandoovos de chocolate. No prédio-sede, que gócio e eu, então com 17 anos, pedi isso, eu diria que tenho uma filosofiacombina com bom gosto madeiras cla- que me deixassem tocá-lo. Peguei uns de controle de custos.ras e escuras como se fossem chocola- US$ 500 emprestados de um tio e vendi Daí nasceu a primeira loja, depoistes, Tadeu da Costa detalhou seu mo- 2 mil ovos de chocolate. Aí ganhei dos eles fizeram a segunda, a terceira, edelo de negócio do “luxo democrático meus pais um Fusca branco 1978. outros distribuidores vieram... E a gen-e feliz”, nos moldes do posicionamento te descobriu o canal três em um, quedas sandálias Havaianas, os desafios Por que você fez isso? Pelo Fusca? era, na mesma loja, o camarada poderque isso impõe e seus planos de ex- Também [risos]. O Fusca ajudou o vender direto ao consumidor, atenderpansão, que incluem uma fazenda de negócio porque pude me movimentar a vendedora por catálogo e ser distri- melhor, comprando a matéria-prima buidor para o varejo. de manhã e vendendo o chocolate deA entrevista é de Adriana Salles Gomes, tarde para as padarias. Mas o grande A loja Cacau Show continua três em um?editora-executiva de HSM MANAGEMENT. pulo do gato foi o que descobri quan- Não. A marca Gardner foi desconti­ HSMManagement 86 • maio-Junho 2011 hsmmanagement.com.br 21

3. pensamento nacional Um dublê de Willy Wonka nuada, pela explosão da Cacau Show. Em um único ano, 2008, abrimos qua- e São Judas Tadeu se 300 lojas; hoje são 1.040. Resolve- mos focar o que nos interessa mais. por Adriana Salles Gomes Como você explica a explosão? Oferecemos um produto diferenciado a “Você é magro de ruindade? [risos]” Eu precisava fazer essa pergunta in- um preço democrático. Fizemos o ar- conveniente, porque Alexandre Tadeu da Costa, fundador, presidente e con- tesanal em larga escala, com alta pro- trolador da Cacau Show, passa por três horas de degustação de chocolates dutividade, com foco em tecnologia. todas as quintas-feiras e, na sexta-feira da nossa entrevista, confessou ter Agora, também “surfamos” no cresci- comido quatro trufas depois do almoço, além das três que devorou na mi- mento de renda da sociedade. nha frente. Ele explicou: “Sou viciado em chocolates e doces em geral, mas acordo todo dia às 5 horas da manhã para andar uma hora na esteira”. Seu cliente é a classe ascendente? Em minha opinião, porém, o que Alexandre tem é a magreza dos quase Não rotulamos nossos clientes por hiperativos. Quando fundou, em 1988, a Cacau Show (aos 17 anos de ida- classe social; eles são os apaixonados de!), ele era, em paralelo, guitarrista e jogador de vôlei federado –além de por chocolate em geral. O produto de adolescente, o que por si só já é muita coisa. E ainda assim arrumou tempo en­rada é a trufa, que custa R$ 1 ou t para vender 2 mil ovos de Páscoa. R$ 1,80 a grande. Com ela, o cliente

...

Baixar como (para membros premium)  txt (20.5 Kb)  
Continuar por mais 14 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com