TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Como evitar ser a provável vitima do crime ?

Por:   •  11/2/2019  •  Monografia  •  98.289 Palavras (394 Páginas)  •  33 Visualizações

Página 1 de 394

Como Evitar ser a Próxima

  Provável Vitima  do Crime ?

Autor: Luiz de Almeida

Consultor de Segurança Patrimonial e

Do Trabalho

Como Evitar ser a Próxima

  Provável Vitima do Crime?

 

Índice

Introdução

1- Fases Históricas da Criminalidade

2- As Praticas Criminais mais Comuns e suas Penas Condenatórias

3-A Indústria do Crime e seus Setores Específicos

4- Estímulos Psíquicos de uma Mente Criminosa

5-Os Sistemas de Reabilitação Penal

6- O Limite do Estado para Promover a Segurança Publica

7- A Auto-Prevenção do Cidadão Comum

8- Regras de Conduta para Auto-Preservação Contra os Crimes

9- Cultura de Segurança como Desenvolvê-la?

10- A Segurança Publica Americana e a Brasileira - Vantagens e Desvantagens

11- Tolerância Zero é Possível

12-Sua Segurança Pessoal a cargo de Terceiros - Qual o Limite?

13-Planejamento Estratégico - Em Equipe ou Individual?

14-A Segurança Ideal

Introdução

Esta Crônica e Pesquisa Contra o Crime Organizado, têm como Objetivo Primário demonstrar as Características de Organização do Setor Criminal e seu Desenvolvimento ao longo da Historia da Humanidade, considerando que a Omissão Governamental em algumas Épocas, contribuiu para a Formação das Organizações Criminosas, tendo como resultado o Avanço Global da Criminalidade Moderna.

Na Atualidade experimentamos a pior situação em Nível de Segurança Pessoal e Publica, fora as Guerras e Conflitos Étnicos, transferindo da Frente de Batalha para as Cidades, a Violência com características hediondas, através do Terrorismo na qual a expressão máxima de selvageria, vemos paradoxiamente a interligação entre o Crime Organizado e o Terrorismo Ultra-Fundamentalista ou Extremismo Político, desconsiderando o Comércio Ilegal de Armas responsável por Ceifar a Vida de Milhões de Inocentes, considerando o Século XX como sendo “Os Anos de Chumbo”, para alguns Cientistas Políticos e Historiadores.

Analisando em que Bases históricas da Política e Modelos Econômicos implantados no decorrer da História Geral, que criaram este Caos da Violência Urbana, responsável pela Formação do Crime Organizado, bem como outras modalidades criminosas anexas a estas, promovedoras de fundos a suas Lideranças.

Secundariamente, o Objetivo de este Trabalho orientar didaticamente o Cidadão Comum na sua Auto-Preservação e adquirir uma Cultura de Segurança para sua Proteção e de seus Familiares, também para sua Comunidade ou Empresa, vejamos o que nos diz o Texto Constitucional sobre a Segurança Publica:

Constituição da Republica Federativa do Brasil

Promulgada em 10 de Outubro de 1988.

“Capitulo III”.

Da Segurança Publica

“Artigo 144 - A segurança publica dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercido para a preservação da ordem publica e da incolumidade das pessoas e do patrimônio...”.

 Este grifo no Dever do Estado, de nossa autoria visa especificar que a Responsabilidade Primaria da Segurança Publica é dever do Estado, e secundariamente do Cidadão Comum.

Como o Cidadão Comum ou o Empresário pode auxiliar o Estado na Segurança Publica?

Evitando tornar-se uma Vitima, é lógico e qualquer um responderia isso, mas como?

Prevenindo-me, também seria a resposta, de que forma?

Neste ponto haveria campo para mais variadas respostas e opiniões diversas, a questão seria, todas serão corretas e quais as incorretas?

O que seria preciso mudar?

Conseguiria mudar?

Diante das Interrogativas, a solução seria qual estratégia deveria ser usada , para isso precisaria também saber quais estratégias são utilizadas  pelos Criminosos?

No Campo da estratégia, podemos usar como exemplo didático o jogo de Xadrez, no qual  todas as peças têm movimentos predeterminados, mas de múltiplas escolhas, estabelecendo como padrão comparativo o ocorrido com o Campeão Russo de Xadrez, Garry Kasparov, considerado o maior enxadrista do mundo e talvez da história, que chegou a jogar contra 60 adversários em ordem seqüenciada e os venceu, também em três ocasiões foi desafiado por Computadores de Ultima Geração, e ganhou na primeira e segunda, vindo a perder a terceira vez em 1997, considerando que na verdade ele jogou contra um adversário não muito diferente dos que estava acostumado, porém infelizmente perdeu ou teria sido desafiado por vários  adversários despercebidos?        

...

Baixar como (para membros premium)  txt (563.2 Kb)   docx (263 Kb)  
Continuar por mais 393 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com