TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Conceito e importância do Fluxo de Caixa

Seminário: Conceito e importância do Fluxo de Caixa. Pesquise 788.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  17/10/2013  •  Seminário  •  461 Palavras (2 Páginas)  •  222 Visualizações

Página 1 de 2

C-1Conceito e importância do Fluxo de Caixa

A partir do conceito de administração financeira, pode-se dizer que o fluxo de caixa é um dos instrumentos mais utilizados pelo administrador financeiro na gestão empresarial. A administração financeira é a arte e a ciência de administrar os recursos financeiros para maximizar a riqueza dos acionistas (LEMES, RIGO, CHEROBIM, 2002). Dessa forma, pode-se dizer que em todas as empresas deveria existir o controle rígido de caixa. O principal objetivo do fluxo de caixa é dar uma visão das atividades desenvolvidas bem como operações financeiras que são realizadas, no grupo do ativo circulante, dentro das disponibilidades, e que representam o grau de liquidez da empresa. A partir de um fluxo de caixa projetado a empresa possui uma ferramenta importante aos administradores para a tomada de decisões. Após o levantamento dos dados extraídos de cada departamento da empresa, os mesmos são tabelados para formar o fluxo projetado. Com base em períodos anteriores é possível projetar as receitas e as despesas que irão acontecer no período projetado.

NTRODUÇÃO

DVA( demonstração do valor adicionado) é a soma da riqueza criada por uma entidade num determinado período de tempo. A atual e a potencial aplicação do valor adicionado mostram o aspecto econômico e socialque o seu conceito envolve:

(a) Como índice de avaliação do desempenho na geração da riqueza, ao medir a eficiência da empresa na utilização dos fatores de produção, comparando o valor das saídas com o valor das entradas, e

(b)Como índice de avaliação do desempenho social à medida que demonstra, na distribuição da riqueza gerada, a participação dos empregados, do Governo, dos Agentes Financeiros e dos Acionistas.

A demonstração do Valor Adicionado (DVA) evidencia o valor das riquezas criadas pela sociedade, bem como sua efetiva distribuição. Esta evidenciação representa ferramenta importante tanto para o usuário interno quanto para o externo (acionistas,administradores, fornecedores, clientes, governo etc.) e, como já vimos anteriormente, não podem ser obtidas com clareza nas Demonstrações Financeiras Tradicionais. Essa é a razão pela qual a DVA está ganhando cada vez mais adeptosem vários países.

A DVA indica de forma clara e precisa a parte da riqueza que pertence aos sócios ou acionistas, a que pertence aos demais capitalistas que financiam e a parte que fica com o governo. Na Demonstração do Resultado do Exercício, a parte de terceiros (capitalistas, empregados, governo) é considerada como despesas ou custos, porque, do ponto de vistas dos proprietários,esses valores distribuídos representam redução do lucro e consequentemente redução da parcela que cabe a cada proprietário. Como se pode observar, a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) e a Demonstração do Valor Adicionado (DVA) têm enfoques bem diferentes e objetivam fornecer informações sobre distintos pontos de vista, o que as torna eficaz a necessidade que os usuários possuem de informações adicionais.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com