TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Fluxo Caixa

Por:   •  13/3/2015  •  1.692 Palavras (7 Páginas)  •  684 Visualizações

Página 1 de 7

Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC)

Fascículo nº 04/2013

SUMÁRIO

1. Introdução

2. Fluxo de Caixa

2.1. Atividades operacionais

2.2. Atividades de investimentos

2.3. Atividades de financiamento

2.4. Representação gráfica dos fluxos de caixa

3. Transações que não Afetam o Caixa ou Equivalentes de Caixa

4. Métodos de Apresentação da DFC

4.1. Método direto

4.2. Método indireto

5. Divulgação dos Fluxos de Caixa

5.1. Divulgação de fluxos de caixa das atividades operacionais

5.2. Divulgação dos fluxos de caixa das atividades de investimento e de financiamento

5.3. Divulgação dos fluxos de caixa em base líquida

5.4. Fluxos de caixa em moeda estrangeira

5.5. Juros e dividendos

5.6. Imposto de Renda (IR) e Contribuição Social sobre o Lucro (CSL)

5.7. Investimentos em controladas, coligadas e empreendimentos em conjunto

5.8. Aquisições e vendas de controladas e outras unidades de negócios

5.9. Componentes de caixa e equivalentes de caixa

5.10. Outras divulgações

6. A Movimentação das Contas de Disponibilidades

7. Demonstrações Financeiras

8. Exemplo de DFC - Elaborada pelo Método Direto

9. Exemplo de DFC - Elaborada pelo Método Indireto

Historico Cenofisco:

- Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC) (F nº 17/2010)

- Demonstração dos Fluxos de Caixa (F nº 39/2006)

1. Introdução

A Comissão de Valores Mobiliários, por meio da Deliberação CVM nº 547, de 13/08/2008, publicada no Diário Oficial da União de 15/08/2008, aprovou o Pronunciamento Técnico CPC 03 (R2) do Comitê de Pronunciamentos Contábeis, que trata da Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC).

Por intermédio da Resolução CFC nº 1.296, de 17/09/2010, foi aprovada a NBC TG 3, que trata da Demonstração dos Fluxos de Caixa.

Com a publicação em diário oficial das duas normas supramencionadas, a elaboração e a publicação da Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC), anteriormente não exigidas pelas legislações societária, fiscal e comercial, passaram a ser obrigatórias para as companhias abertas a partir dos exercícios encerrados em dezembro/2008.

Nota Cenofisco:

A obrigatoriedade de elaboração e publicação da Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC) aplica-se ás sociedades anônimas de capital aberto que apresentarem patrimônio líquido igual ou superior a R$ 2.000.000,00. Referida obrigatoriedade também se aplica às sociedades de grande porte, ainda que não constituídas sob a forma de sociedades por ações, e definidas nos termos do art. 3º da Lei nº 11.638/07.

A Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC), como seu próprio nome indica, destina-se a prestar informações sobre os fluxos financeiros (entradas e saídas de dinheiro) no decorrer do exercício social e possibilita melhor avaliação da capacidade de geração de caixa da empresa e, também, das condições de liquidez e solvência. Portanto, a Demonstração dos Fluxos de Caixa dá maior transparência ao conjunto de demonstrações divulgadas no mercado.

Na DFC, o termo “Caixa” abrange todo o subgrupo de disponibilidades, do ativo circulante, e não somente a conta “Caixa”.

O Pronunciamento Técnico CPC 03 (R2) e a NBC-TG 3 utilizam a expressão: caixa ou equivalente de caixa...:

- Caixa compreende

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com