TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Fluxo Caixa

Por:   •  20/11/2014  •  884 Palavras (4 Páginas)  •  386 Visualizações

Página 1 de 4

Religião na África

Existem vários tipos de manifestações, rituais e práticas religiosas na África, além de grande influência das crenças dos antigos índigenas africanos.

As religiões no continente estão distribuídas em mulçumanos, cristãos, religiões tradicionais africanas, além dos seguidores das igrejas independentes.

Como visto há uma grande diversidade religiosa proveniente das classificações dos povos que viveram e que vivem na África, assim como são diversas as práticas culturais, a música, a comida, etc.

Na África do Norte as religiões predominantes são o cristianismo e o islamismo, na África do Sul estão as religiões tradicionais, embora exista uma minoria que pratique o cristianismo, islamismo e hinduísmo.

A religião tradicional é composta pelo real, ou material e pelo invisível, espiritual. Assim, esses dois aspectos se comunicam, os dois são importantes dentro dessa crença. Esta religião tem como sinonimo no Brasil o candomblé, que consiste no culto aos Orixás, que são considerados deuses:

Oxalá – Pai de todos os Orixás;

Exu – Senhor dos Caminhos;

Ibeji – Gêmeos que protegem as famílias e as crianças;

Ogum – orixá Guerreiro;

Nanã – Mãe de Obaluaiê e Oxumaré, protetora dos doentes;

Oxossi – Orixá caçador, protetor dos caçadores, da mata e dos animais;

Iemanjá – Considerada por muitos como rainha dos mares e mãe de todos os Orixás ao lado de Oxalá, representa harmonia na família;

Ossaim – Orixá das plantas em geral, principalmente das ervas medicinais;

Obá – Representa o equilíbrio, justiça, uma das esposas de Xangô;

Obaluaiê – (Omolu, em sua forma velha). Conhece a cura de todos os males, por ser o deus das Pestes;

Logun-Edé – Responsável pelos leitos de mares e rios, filho de Oxum com Oxossi;

Oxumaré – Protetor das grávidas, Orixá da fortuna e da sorte;

Iansã – Senhora das tempestades, dos raios e dos ventos, Orixá guerreira;

Ewá – Rainha da magia, representa as chuvas;

Oxum – Rainha do ouro, do amor e de todas as águas doces;

Xangô – Orixá da Justiça.

Gracielle Silveira – 8° período de jornalismo

Religiões Tradicionais Africanas

Escrito por:

Nome: Amanda Ferreira

Turma: 202

Disciplina: Ensino Religioso

Quando a cultura africana veio para o Brasil, através dos negros escravizados, estes se depararam com um país predominantemente católico. Assim, acabaram sendo impedidos de realizar seus cultos. Assim, para disfarçar, identificavam seus deuses com os santos da religião católica. Por exemplo, quando rezavam em sua língua para Santa Bárbara, estavam cultuando Iansã. Quando se dirigiam a Nossa Senhora da Conceição, estavam falando com Iemanjá. Esta é apenas uma prévia do que se tratará no trabalho, pois, além disto, englobam-se os rituais, a crença, enfim, o sagrado africano.

Religiões Tradicionais Africanas

As religiões tradicionais africanas não possuem textos escritos ou livros sagrados, mas se baseiam na tradição, ou narração passada de geração para geração, sobre os conteúdos e a maneira de viver sua religiosidade. Isso se dá em forma de histórias, ritos, provérbios, danças, músicas, festas.

Um erro comum é supor que todos os povos africanos são da mesma raça e que tiveram a mesma origem, o que leva a supor

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com