TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Cuidados Com O Paciente Portador De Úlcera Por Pressão

Por:   •  30/9/2013  •  4.368 Palavras (18 Páginas)  •  793 Visualizações

Página 1 de 18

Sumário

1- Introdução.......................................................................................................5

2- Desenvolvimento............................................................................................6

2- Escalas Preditivas .................................................................................9

2.1- Estágio I da Úlcera por Pressão.............................................................................................................11

2.2 Estágio II da Úlcera por Pressão................................................................12

2.3- Estágio III da Úlcera por Pressão..............................................................13

2.4- Estágio IV da Úlcera por Pressão..............................................................14

3- OBJETIVOS..................................................................................................14

3.1- Objetivo Geral............................................................................................14

3.2- Objetivo Específico....................................................................................15

4- Recomendações para Prevenção de Úlcera por Pressão............................15

5- CONCLUSÃO...............................................................................................19

6- REFERÊNCIAS............................................................................................20

1- Introdução

As úlceras de pressão (UP) são lesões de pele provocadas pela interrupção sanguínea em uma determinada parte do corpo, decorrente de uma pressão causada por um período prolongado. (Equipe ABC da Saúde : Dr. Ércio Oliveira, Dr. Gilberto Sanvitto, Dr. Pedro Gus e Dr. Rolf Udo Zelmanowicz, http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?626#ixzz2ZAG9iYTS)

Para ser realizada uma assistência adequada aos pacientes com úlceras de pressão deve-se procurar conhecer as camadas da pele e o processo de cicatrização. A pele é o maior órgão que reveste e delimita nosso corpo, representa 15% do peso corporal e é composta de três camadas: epiderme, derme, hipoderme ou tecido subcutâneo.

As Úlceras por Pressão são complicações que acometem pessoas em situação de fragilidade, principalmente naquelas com restrição de mobilidade e idade avançada causando dor, sofrimento físico e psíquico, diminuição da qualidade de vida e prolonga o tempo de hospitalização. O processo natural de envelhecimento vem acompanhado de alterações fisiológicas, deixando o idoso em situação de vulnerabilidade. Alguns idosos conseguem manter autonomia para realizar o autocuidado e as atividades da vida diária, porém, outros necessitam de auxílio, pois perdem a capacidade de se cuidar e, geralmente, apresentam maior predisposição para o desenvolvimento da Úlcera por Pressão. A atuação do enfermeiro em relação à Úlcera por Pressão visa o atendimento do paciente diagnosticado, a situação, intervenções e avaliação dos cuidados e a partir de uma perspectiva humanista voltada para a qualidade de vida.

2- Desenvolvimento

A úlcera de pressão (UP) é definida como uma lesão de pele causada pela interrupção sangüínea em uma determinada área, que se desenvolve devido a uma pressão aumentada por um período longo. Conhecida também como úlcera de decúbito, escara ou escara de decúbito. O termo escara deve ser utilizado quando já há parte necrótica ou crosta preta na lesão.

Para os profissionais realizarem uma assistência adequada aos pacientes com Úlcera de Pressão deve-se procurar conhecer as camadas da pele e o seu processo de cicatrização. Dealey (2002) enfatiza a necessidade do conhecimento da estrutura e função da pele como fundamento, tanto para a prevenção, quanto para os cuidados eficazes da ferida. Wysocki e Bryant (2003) reforçam essa afirmativa, referindo que o conhecimento básico sobre a estrutura e função da pele dá á enfermeira à capacidade para distinguir , baseadas em dados coletados através de entrevista e avaliação do paciente, cada tipo de dano à pele e, partir daí, iniciar prevenção e tratamento.

A pele é o maior órgão que reveste e protege nosso corpo, representa 15%

...

Baixar como (para membros premium)  txt (30.7 Kb)  
Continuar por mais 17 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com