TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Custo De Produção Da Empresa Fictícia Ltda

Trabalho Universitário: Custo De Produção Da Empresa Fictícia Ltda. Pesquise 806.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  29/9/2013  •  503 Palavras (3 Páginas)  •  1.164 Visualizações

Página 1 de 3

2.1 Custos e Despesas Específicos

• Estoque: O Estoque indica o conjunto dos itens de matérias de propriedade da empresa. Tais materiais podem ser: mantidos para uma venda futura, encontram-se em processo de produção ou que serão consumidos no processo de produção de produtos ou bens que serão vendidos.

Os principais tipos de ativos considerados estoques são:

 Mercadorias para comércio ou produtos acabados;

 Materiais para produção;

 Materiais em estoque não destinados à produção normal;

 Produtos em processo de elaboração;

 Custo das importações em andamento referente a itens de estoque.

• Custeio dos Estoques: O Custeio dos Estoques tem como objetivo principal determinar os custos adequados às vendas, assim calculando o lucro apropriado.

• Custos dos Materiais: Conforme o princípio contábil de Custo de Aquisição devem ser incluídos no custo dos materiais além do preço desses materiais, todos os custos decorrentes de sua compra, que sejam deduzidos descontos e bonificações eventualmente ocasionados.

• Métodos de Avaliação dos Estoques

 Custo Médio ou Média Ponderada: fundamenta-se na aplicação dos custos médios em lugar dos custos efetivos. Com a utilização desse método o valor dos itens de estoque em mãos em um determinado período é representado pela média ponderada do custo do estoque no começo do período e de todas as compras efetuadas durante esse mesmo período. O Método do Custo Médio é aceito pela fiscalização e amplamente utilizado para a avaliação dos estoques;

 PEPS – Primeiro a entrar, primeiro a sair: esse método se fundamenta no princípio de que o custo deve ser carregado pelo valor efetivo do material consumido na produção, de modo que os primeiros materiais a serem utilizados na produção devem ser os mais antigos do estoque;

 UEPS – Último a entrar, primeiro a sair: esse método é exatamente o inverso no método PEPS, de modo que o custo do material requisitado é aquele dado por ocasião da entrada, observando-se a ordem inversa da entrada dos lotes. Sendo assim utiliza-se em primeiro lugar o lote mais recente, em seguida o imediatamente anterior e assim por diante. De acordo com esse método, os custos dos materiais vendidos/saídos tende a refletir o custo dos itens recentemente comprados.

• Custeio de Produção: O custo de produção está associado às unidades produzidas, ele é considerado como de ligação em virtude de ser o resultado da aplicação do custo unitário nas quantidades utilizadas do processo, é através dele que ocorre a transferência dos valores das contas de produtos em processo de fabricação para a conta de produtos acabados.

• Os Custos da Mão de Obra: Os custos da mão de obra incluem além dos custos relativos ao chão de fábrica (direta ou indiretamente relacionados ao produto), também as despesas ligadas às áreas de administração, comercial e as demais áreas da empresa. Os gastos com a mão de obra estão relacionados ao ciclo de vida da mão de obra, assim incluindo todos os gastos da empresa para contratar, treinar,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.4 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com