TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Departamento Pessoal

Por:   •  16/6/2013  •  964 Palavras (4 Páginas)  •  314 Visualizações

Página 1 de 4

Introdução

Para ter um boa técnica de negociação, primeiro precisamos conhecer o público alvo e a fundo o produto que iremos oferecer. Assim teremos ótimos argumentos na hora da negociação.O ato de negociar implica em; conhecer, planejar, ouvir para saber o momento certo de expressar seus argumentos.

Uma boa negociação é o ponto chave para alavancar os negócios de uma empresa. Por tanto, toda empresa deve investir em profissionais capacitados, pois não existe dom de negociar, o que existe é técnica e aprendizagem.

Outro ponto chave é o saber comunicar-se. Será onde vai usar os argumentos para convencer o outro lado.

Planejamento; podemos considerar o passo principal que irá da ênfase para todos os outros passos a seguirSolicitação de aumento salarial

Uma solicitação salarial é uma abordagem bastante complexa. E quando o resultado não é satisfatório, quando se recebe um não como resposta, no meu conceito de negociação devemos imediatamente solicitar um análise do pedido e dar um tempo para ele. Saber recua também é uma boa técnica de negociação.

Precisamos compreender que do outro lado da negociação esta outro negociador. Assim sendo, ele também vai precisar analisar, pois apesar de se tratar de um colaborador que merece o que está pedindo é aumento nos custos da empresa e que não pode ser feita de qualquer jeito e nem também confirmar e depois não poder consolidar.

Desde tempos remotos, o homem sentiu a necessidade de negociar. À medida que as suas elas iam surgindo, novas negociações eram feitas; é algo presente em seu dia a dia. Negociar não se resume apenas em se buscar o desejável, trata-se de lutar com todas as armas disponíveis pelo objetivo.

É, praticamente, impossível viver sem negociação.

Um pai estimula seus filhos a estudar com o objetivo de receber o retorno ao final dessa etapa. Homens e mulheres trabalham e correm diariamente porque têm como objetivo arcar com suas despesas pessoais e/ou de qualquer ordem no final do mês. Um casal só se mantém junto se houver um acordo entre eles e assim por diante. A negociação é inevitável, principalmente nos tempos atuais, onde esse recurso tornou-se ferramenta indispensável na sociedade.

Algumas negociações já nos foram impostas, mesmo antes de nascermos. Como exemplo podemos citar a cidade onde vivemos: Se pagamos a conta de energia, temos acesso à ela, porém, se o deixarmos de fazer, perdemos o fornecimento. Semelhante aos serviços telefônicos, se pagamos, temos disponível, se não, é impossível utilizá-lo. A esse tipo de negociação podemos chamar de IMPOSITIVAS, ou seja, elas nos são impostas para haver equilíbrio na sociedade em que estamos inseridos. Equilíbrio entrefornecedores de serviços e o beneficiários.

Há também as negociações EXPOSITIVAS, aquelas onde a situação é exposta às partes que, por sua vez, procurarão o melhor caminho para resolvê-la de maneira que ambas saiam satisfeitas. Um exemplo de negociação expositiva é o caso de um imóvel, herança, que um pai deixa aos seus três filhos.

Muitos estudiosos deram definições, classificação e características distintas à Negociação; como exemplo, podemos citarHodgson, 1996. Segundo ele, "Negociação é uma atividade que envolve um elemento de negócio ou barganha, que permite que ambas as partes alcancem um resultado satisfatório." Podemos citar também, H. Cohen, cuja definição é a seguinte:“Negociação é um campo de conhecimento e empenho que visa à conquista de pessoas de quem se deseja alguma coisa.” Bem como podemos citar Ury. Em sua recente visita ao Brasil para a realização do seminário inovação de negócios estratégia - promovido pela HSM -, o guru norte-americano

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.2 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com