TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Dieta da Clara do Ovo

Projeto de pesquisa: Dieta da Clara do Ovo. Pesquise 788.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  19/5/2013  •  Projeto de pesquisa  •  3.808 Palavras (16 Páginas)  •  454 Visualizações

Página 1 de 16

INTRODUÇÃO

Quando a pressa está acima da vontade de emagrecer com saúde, na maioria das vezes, as pessoas optam por dietas radicais que trazem resultados rápidos. E as variações destes tipos de regime não são poucas. Assim como as consequências que trazem para o organismo. Observaremos aqui algumas dietas, seus benefícios e malefícios para a saúde.

1. DIETA DA CLARA DE OVO

A Dieta da Clara do Ovo promete uma perda de mais de 10kg a partir do consumo exclusivo de clara de ovos e batatas cozidas diariamente.

A clara de ovo é apontada pela dieta como uma boa alternativa de emagrecimento por ser um alimento fonte de proteínas de estrutura complexa que exigem um maior tempo de digestão e com isso favorecem a saciedade, evitando a volta rápida da fome. Já a batata cozida é indicada por possuir carboidratos em sua composição, nutriente ligado ao fornecimento de energia ao organismo.

Há duas versões da dieta. Em uma delas além do consumo de batata e clara do ovo, é recomendado o consumo de suco de limão junto às refeições para desintoxicar o organismo e fornecer vitamina C. Outra versão da dieta permite o consumo de um ovo inteiro todos os dias no café da manhã para assim controlar a fome desde o inicio do dia.

A clara de ovo contém albumina, uma proteína geralmente utilizada em forma de suplemento pelos praticantes de atividade física com o objetivo de favorecer o desenvolvimento de massa muscular. Portanto ao associar a Dieta da Clara do Ovo à prática de atividade física, o seguidor supostamente estaria emagrecendo e ao mesmo tempo favorecendo o aumento de massa muscular, prevenindo a flacidez.

Vantagens da Dieta da Clara do Ovo

Os ovos são boas fontes de proteínas e aminoácidos essenciais ao corpo, assim como vitamina A nutriente fundamental a saúde dos olhos, cabelos, unhas e pele.

Desvantagens da Dieta da Clara do Ovo

O plano alimentar proposto pela Dieta da Clara do Ovo está baseado no consumo de apenas 2 alimentos: clara de ovo e batata cozida. Essa drástica restrição de alimentos contraria um dos princípios de para alimentação saudável: a variedade de nutrientes. Portanto, seguir a dieta por longos períodos representa um grande risco de carência de vitaminas e minerais essenciais ao organismo como, por exemplo, vitamina C, cálcio e potássio. A ingestão de fibras também é prejudicada devido à exclusão de alimentos integrais, frutas, legumes e verduras durante a realização da dieta.

A segunda versão da dieta ao permitir o consumo diário de um ovo inteiro pode favorecer o aumento dos níveis de colesterol sanguíneos, já que na gema dos ovos estão contidas grandes quantidade desse tipo de gorduras. Com altos níveis de LDL-colesterol, (o colesterol ruim) circulando na corrente sanguínea o risco para entupimento de vasos sanguíneos e o consequente desenvolvimento de doenças cardíacas é aumentado.

O rápido emagrecimento que promete a Dieta da Clara do Ovo é outra desvantagem da dieta. A perda de peso atingida em um curto espaço de tempo favorece o conhecido “efeito sanfona”, afinal a dieta não promove mudanças definitivas de hábitos alimentares, contribuindo assim para o retorno do peso pedido. O ideal é que o emagrecimento ocorra de forma gradual e associado à adoção definitiva de hábitos alimentares saudáveis, não em um curto prazo como proposto pela dieta.

DIETA DA LINHAÇA

A Dieta da Linhaça tornou-se conhecida após ser divulgada em um programa de televisão. A versão exibida na matéria foi desenvolvida por nutricionistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), porém uma variação desta dieta foi criada por uma nutricionista paulista.

Ambas as versões da dieta possuem o mesmo princípio: a adição da semente de linhaça à alimentação como alternativa para a perda de peso.

A linhaça possui grande quantidade de fibras alimentares que podem contribuir para aumentar a sensação de saciedade entre os seguidores da dieta. Além disso, a semente é fonte de ômega-3 e ômega-6, conhecidas como gorduras boas por ajudarem a prevenir doenças cardiovasculares.

A dieta recomenda a inclusão de duas colheres de sopa ou dois copos de cerca de 50 ml (geralmente utilizados para consumir café) de sementes de farelo de linhaça diariamente. O farelo pode ser adicionado a iogurtes, leite desnatado, suco de frutas e a frutas picadas ou amassadas.

A dieta ainda estimula seus seguidores a adicionar uma colher de sopa da semente inteira a receitas de bolo, pães, molhos e permite acrescentar o óleo de linhaça como tempero de saladas ou sobre sopas.

O cardápio da dieta privilegia o consumo de frutas, legumes e verduras, proteínas magras, produtos integrais e leguminosas. O fracionamento da dieta em pequenas refeições ao longo do dia também é uma característica da dieta.

Outras recomendações da dieta são: a prática de atividade física como forma de otimizar os resultados. o controle do peso por meio da pesagem e anotação do peso a cada 15 dias, assim como o estabelecimento de metas de peso.

Vantagens da Dieta da Linhaça

A linhaça é uma importante fonte de ômegas 3 e 6, vitamina E e lignina. Seu consumo regular pode trazer diversos benefícios à saúde.

Os ômegas 3 e 6 são considerados gorduras benéficas ao coração e que têm sido relacionados por estudos científicos à diminuição do risco para o desenvolvimento de aterosclerose e doenças cardíacas. E o ômega-3 apresenta papel antiinflamatório no organismo.

A vitamina E atua como antioxidante prevenindo o envelhecimento precoce.

Estudos demonstram que a lignina, também presente na linhaça atua de forma semelhante ao hormônio feminino estrógeno auxiliando na proteção contra o câncer de mama.

Desvantagens da Dieta da Linhaça

Os efeitos da suplementação de linhaça a longo prazo sobre o emagrecimento ainda estão sendo estudados pela equipe de Nutrição da UFRJ, desse modo ainda não é possível afirmar que a dieta é eficaz e segura.

Por ser rica em gorduras poli-insaturadas (os ômegas), a semente de linhaça quando triturada não deve ser armazenada por longos períodos devido à ocorrência de oxidação destes componentes e consequente perda de suas propriedades nutricionais.

O consumo de dois copos de café de farelo de linhaça pode representar uma

...

Baixar como (para membros premium)  txt (25.3 Kb)  
Continuar por mais 15 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com