TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ESTUDO DE CASO "THE COCA - COLA COMPANY"

Por:   •  2/5/2013  •  2.038 Palavras (9 Páginas)  •  1.049 Visualizações

Página 1 de 9

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 Estudo de Caso “The Coca-Cola Company” 4

2.1 Historia da Coca-Cola Company 4

2.2 Parte I – Embaseamento Administrativo 5

2.2.1 Caso – 1 5

2.2.2 Caso – 2 5

2.3 Parte II – Embaseamento Matemático 7

2.3.1 Caso – 3 7

2.3.2 Caso – 4 7

2.3.3 Caso – 5 8

2.3.4 Caso – 6 8

2.4 Parte III – Embaseamento Econômico 9

2.4.1 Caso – 7 9

2.4.2 Caso – 8 10

2.4.3 Caso – 9 10

2.5 Parte IV- Embasamento Contábil 11

2.5.1 Caso – 10 11

2.5.2 Caso – 11 11

2.5.3 Caso – 12 11

2.5.4 Caso – 13 11

2.5.5 Caso – 14 12

3 Apoio ao Texto 13

3.1 Imagem Contábil 13

4 CONCLUSÃO 14

REFERÊNCIAS 15

1 INTRODUÇÃO

Vamos iniciar falando um pouco da historia da Coca – Cola Company e após essa historia vamos entra no objetivo do trabalho. A primeira parte falará do embaseamento administrativo que de inicio falaremos da abordagem neoclássica ênfase nos princípios gerais de administração e em seguida o gerenciamento estratégico de qualidade que reconhece a vantagem competitiva de qualidade que pode gerar, as principais empresas do mundo empregam cada vez mais a qualidade dos produtos e serviços como forma de aumentar a participação no mercado internacional. A segunda parte entrará no embaseamento matemático onde estarão quatro casos propostos para resolução. O Terceiro embaseamento é de economia onde terá três casos para pesquisa e resposta. O quarto e ultimo embaseamento será uma analise de contábil de uma em presa de bebidas onde terá cinco casos para resposta de balanço dentre uma delas terá uma justificativa.

2 ESTUDO DE CASO “THE COCA-COLA COMPANY”

2.1 HISTORIA DA COCA-COLA COMPANY

John Styth Pemberton (1831-88), um farmacêutico de Atlanta, nos Estados Unidos, já tinha inventado um tônico à base de álcool e folhas de coca chamado French Wine Coca. O elixir era uma variação do vinho Mariani, bastante apreciado na Europa. Acontece que um de seus ingredientes, o vinho de Bordeaux, ficou caro demais nos Estados Unidos, e Pemberton decidiu tirá-lo da fórmula. Foi então que ele preparou um xarope de folhas de coca e extrato de noz de cola, que os escravos vindos da África usavam como antídoto contra ressaca e cansaço, Mas a combinação entre a coca e a cola dava à bebida um gosto amargo. Durante meses, Pemberton misturou diversos ingredientes até obter um xarope de cor escura e gosto agradável.

No dia 8 de maio de 1886, começou a vendê-lo por cinco centavos o copo em sua própria farmácia, a Jacob’s Pharmacy, como medicamento contra a ânsia de vômito. Depois, experimentou adicionar água carbonatada (inventada pelo médico inglês William Brownrigg, em 1741) ao xarope e expandiu sua distribuição. Frank Robinson, sócio e contador do farmacêutico, batizaram o produto de Coca-Cola. Desenhou em letras onduladas o nome que se transformaria numa das marcas mais famosas do mundo. No início, como a fabricação da Coca-Cola ainda era um negócio pequeno, o concentrado era embalado em pequenos barris de madeira, pintados de vermelho, cor do grão da cola.

Em 1891, outro farmacêutico, Asa B. Candler, que havia tomado o elixir para dor de cabeça, adquiriu os direitos da fórmula de Pemberton pela quantia de 2.300 dólares. Oito anos depois, ele iniciou um sistema de franquia e engarrafou o produto.

Em 1955, a Coca-Cola estava com problemas para mandar o refrigerante em garrafas de vidro para as tropas americanas que serviam na Ásia. Decidiu enviar a bebida em latinhas. A novidade deu certo, cinco anos depois, ela entrou no mercado dos Estados Unidos. As latinhas foram lançadas no Brasil, inicialmente no Rio de Janeiro, em 1981. As folhas-de-flandres passaram a ser substituídas pelas de alumínio nos Estados Unidos em 1963, e no Brasil, em 1989.

2.2 PARTE

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13.8 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com