TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Filosofia Aplicada Ao Serviço Social

Por:   •  22/9/2013  •  2.694 Palavras (11 Páginas)  •  595 Visualizações

Página 1 de 11

Reflexões do grupo sobre a filosofia na realidade atual do ser humano e, sobre como viver em sociedade, vida social, ética e cidadania.

O grupo se mostrou bem atento e introspectivo no que se diz respeito às indagações apresentadas, um ou outro reviram suas opiniões e conceitos, pois conflitaram seus próprios conhecimentos.

A contra ponto todos dividiram suas opiniões e anseios.

Primeiramente iniciamos com um grande debate onde cada um do grupo pode expressar livremente seu ponto de vista criando um clima favorável para resposta unânime a cada questão apresentada.

Um do grupo se sentiu extremamente desafiado por algumas questões terem exigido repensar algumas questões que já estavam definidas em seu consciente.

Perguntas que falam sobre o ser humano sempre causa reflexão. As experiências culturais nos deram o tom do debate .

Cinco pessoas oriundas de convivências diferentes cada um de nós com sua bagagem emocional, profissional, com seus conceitos de vida e de verdade, com a árdua missão de chegar ou não a um só resultado.

Nesse processo aprendemos muito um com o outro, mesmo que às vezes tivemos que debater mais que uma vez algumas questões por não entrarmos em entendimento.

Claro que isso causou aflição no grupo porque as coisas precisavam ter continuidade.

Então entramos em consenso onde ficou definimos a forma de trabalho de grupo.

Damos continuidade à proposta de trabalho após discutimos muito o teor do conteúdo e iniciamos a preparação do relatório. Durante a montagem e elaboração do mesmo vimos à necessidade de conversarmos um pouco mais sobre nossas impressões e sentimentos durante o debate feito anteriormente, pois houveram varias emoções envolvidas.

Cremos que foi muito interessante e de grande aprendizado para todos.

Quais concepções filosóficas estariam presentes nas práticas humanas atualmente, e, em especial, nas práticas sociais? Que sentido ou direções elas indicam?

A filosofia contemporânea iniciou nos meados do século XIX e está presente até os dias de hoje.

As principais correntes filosóficas da atualidade são:

O positivismo iniciou na primeira metade do século XIX com Augusto Comte (1798-1897), vinculada somente a situação econômica, intelectual e social resultante do período da revolução industrial. É uma forma renitente à especulação filosófica e considera a ciência como forma de conhecimento.

A fenomenologia (Edmund Husser) tentou fazer da filosofia uma ciência que trata a descrição e classificação dos fenômenos.

O marxismo (Karl Marx, Friedrich Engels) é o conjunto de idéias filosóficas, econômicas, políticas e social conseqüente de uma reação radical ao sistema de Hegel (idealista) que o separa do método dialético, feito por Marx.

O positivismo é uma característica de filosofia de raciocínio que mais tem pesado sobre a prática da pesquisa na educação. Influenciando diretamente nas relações e práticas sociais atualmente.

Como a flexibilidade da conduta humana, teoria de valores e ética nas relações sociais.

O Marxismo oferece um caminho de transformação da realidade social com bons propósitos e análise dialética da realidade ressaltando a prática social como verdade e hábito do dia a dia, induzindo a prática da cidadania como um todo, por todos e para todos.

O positivismo a fenomenologia e o marxismo são correntes filosóficas que estão presentes nas relações sociais atualmente e variam de acordo com a realidade de cada país, desenvolvido ou subdesenvolvido. São conhecimentos fundamentais para que possamos ter resultados satisfatórios como realizar uma intervenção ou pesquisa.

Países subdesenvolvidos onde a pobreza é expressiva e causadora de vários problemas sociais é preciso um amplo conhecimento acerca da situação local, avaliação das pessoas, de como vivem e, a sua realidade.

É difícil definir as várias posições filosóficas atualmente, porque estamos vendo emergir novas linhas de pensamentos a nossa volta todo tempo.

Precisamos adaptar as correntes filosóficas de acordo com o meio em que estamos vivendo ou intervindo, visando à necessidade de construir caminhos devemos estar sempre abertos para reflexões e métodos alternativos.

Visto que nada é definitivo, mas, sim passível de transformações.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (17.9 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com