TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS DE APOIO À DECISÃO - PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO

Trabalho acadêmico: INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS DE APOIO À DECISÃO - PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  2/10/2014  •  Trabalho acadêmico  •  5.608 Palavras (23 Páginas)  •  175 Visualizações

Página 1 de 23

ETAPA 1: INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS DE APOIO À DECISÃO-PROCESSO DECISÓRIO.

1.1. Passo 1: Informações nos Processos de Negócios.

Este relatório mostra o que é um SIG (Sistema de Informação gerencial) em uma aplicação prática e quais os resultados alcançados. O SIG não é simplesmente um modismo na gestão já que seus conceitos e aplicações práticas vêm de algumas décadas atrás. Com esse sistema o gestor pode se firmar numa base sólida de administração para coletar informações e tomar as melhores decisões possíveis, objetivando sempre maximizar os benefícios de sua empresa. Também, conforme será exposto no presente trabalho, esse sistema permite reavaliar decisões já tomadas comparando com os padrões exigidos pela empresa para obter um melhor fase decisória. Atualmente muitos administradores gerenciam suas empresas de forma simples sem planejamento que acarretam decisões equivocadas e erradas, logo geram prejuízo para a empresa e levam ao caos administrativo. Para ajudar o gestor existe o (Sistemas de Informações Gerenciais). Os processos utilizados para transformar dados em informações que auxiliem no processo decisório da empresa. O objetivo geral deste relatório é apresentar de forma resumida o funcionamento e aplicação prática de um sistema de informações gerenciais. Espera-se discutir os resultados obtidos com a utilização do sistema de informações gerenciais de um modo geral para a empresa. Pretende-se demonstrar os ganhos em termos de velocidade na obtenção de indicadores, na avaliação destes e na aplicação de medidas para a obtenção das metas estipuladas além de apresentar se houve o retorno financeiro gerado pela utilização do sistema, justificando a implantação do sistema e sua manutenção. Atualmente vemos um cenário de grande competitividade entre as empresas nos mais diversos segmentos e para que possam obter êxito nessa acirrada disputa em busca de resultados cada vez mais ambiciosos. Além da manutenção e da satisfação de seus clientes, as empresas são obrigadas a lançar mão da utilização de ferramentas de otimização do gerenciamento das informações disponíveis em suas bases de dados, possibilita os executivos e gestores tomar suas decisões com base em informações atuais e fidedignas. Diminuindo então significativamente o tempo de resposta aos diversos comportamentos do mercado e da própria empresa. Uma das ferramentas que pode ser usada para essa finalidade são os sistemas de informações gerencias - SIG. Este tema é de grande importância para as empresas que querem e pensam em sobreviver num mundo dinâmico, onde mercados financeiros flutuam constantemente, o cenário político é incerto, etc. Todos esses fatores adicionados a uma má gestão geram decisões equivocadas que levam ao insucesso de uma empresa. Portanto é de extrema valia implantar tal sistema, visto que não é mais um modismo de administração, mas sim algo sólido e no final se tornará um dos pilares para o sucesso da empresa Este relatório basicamente os sistemas de informações gerenciais são conjuntos de dados que são transformados em informações organizadas estruturadas de forma que possam ser utilizadas para dar suporte ao processo decisório da empresa, proporcionando, ainda, sustentação administrativa para aprimorar os resultados esperados.

1.2. Passo 2: Benefícios do SAD(Sistema de Apoio a Decisão).

O processo de decisão de uma empresa deve ser estruturado e resolvido de modo formal, detalhado, consistente e transparente, onde cada um tem seu papel definido para, em conjunto, alcançarem um objetivo final. Esse intercâmbio de informações e objetivos fica mais fácil quando utilizado um único sistema de informações informatizado. Uma forma eficaz de auxiliar uma tomada de decisão de modo acessível é através de relatórios pré-definidos. Uma das ferramentas usadas para isso é o Sistema de Apoio à Decisão – SAD. A evolução de um simples dado até a formação de um SAD passa por varias transformações:

DADOS => O dado é base para uma futura informação: “é qualquer elemento identificado em sua forma bruta que, por si só, não conduz a uma compreensão de determinado fato ou situação”.

INFORMAÇÃO => É o dado processado e trabalhado que permite ao executivo tomar decisões.

SISTEMA => É o conjunto de partes interagentes e interdependentes que, conjuntamente, formam um todo unitário com determinado objetivo e efetuam determinada função.

SISTEMA DE INFORMAÇÃO => Pode ser definido tecnicamente como um conjunto de componentes inter-relacionados que coleta (ou recupera), processa, armazena e distribui informações destinadas a apoiar a tomada de decisões, a coordenação e o controle de uma organização.

NÍVEIS HIERÁRQUICOS ORGANIZACIONAIS => Normalmente as organizações empresariais são divididas em níveis hierárquicos. Cada nível hierárquico tem sua função e responsabilidade.

O Nível Estratégico (alta administração ou alto escalão) utiliza o Sistema de Informações Estratégicas (SIE). É quem realiza o planejamento estratégico em longo prazo. Normalmente é composto pelo presidente, diretores, sócios e acionistas da empresa.

O Nível Tático ou Gerencial utiliza o Sistema de Informações Gerenciais (SIG). É quando acontece o controle gerencial do que foi definido no planejamento estratégico, através do planejamento tático e “tem como finalidade otimizar determinada área de resultado ou função empresarial e não a empresa inteira”.

O Nível Operacional é aquele em que “as decisões operacionais estão ligadas ao controle e às atividades operacionais da empresa”. É utilizado o Sistema de Informações Operacionais (SIO) para realizar o que foi preestabelecido. Nele se encontra o corpo técnico, como engenheiros, assistentes e auxiliares, em suas respectivas atividades ou setores.

ANÁLISE AMBIENTAL => Ao se fazer uma análise para uma tomada de decisão, devemos levar em conta o ambiente interno e os fatores externos.

Ambiente interno pode ser : recursos humanos, máquinas e equipamentos, recursos logísticos disponíveis, conhecimento e tecnologias, etc.

Ambiente externo pode ser: concorrentes, sistema financeiro e economia, fornecedores e/ou intermediários, clientes e/ou consumidores, disponibilidade de mão-de-obra, mercado nacional e internacional, comunidade, conjuntura e mercado, governo, legislação, sindicatos e fiscalização, tecnologias disponíveis, etc.

SISTEMA

...

Baixar como (para membros premium)  txt (40.5 Kb)  
Continuar por mais 22 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com