TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Jornal Virtual

Por:   •  5/3/2014  •  6.015 Palavras (25 Páginas)  •  129 Visualizações

Página 1 de 25

UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP

SERVIÇO SOCIAL

ATPS – FORMAÇÃO SOCIAL, ECONÔMICA E POLÍTICA DO BRASIL.

ACADÊMICOS

PRODUÇÃO DE UM JORNAL VIRTUAL

TUTOR EAD: Maria Clotilde Bastos

Tucuruí- PA, 29 de Setembro de 2013.

PERFIL ATUAL DO BRASIL: RESULTADO DE UMA TRAJETÓRIA HISTÓRICA

O BRASIL DE DEBRET

J

ean-Baptiste Debret foi um pintor e desenhista francês que produziu uma vasta obra sobre o Brasil, retratando os costumes, o povo e importantes fatos históricos. Sua obra registra a cultura e os costumes do Rio de Janeiro e do Brasil no início do século XIX, representando a vida da população nas ruas e no ambiente doméstico, os indígenas de várias etnias e o trabalho cotidiano, sem esconder o sofrimento dos escravos. Debret nasceu em Paris em 1768 e estudou na Academia de Belas Artes. Uma de suas premiações mais importantes foi o segundo lugar no Salão de Paris de 1798, com o quadro O general messênio Aristodemo liberto por uma moça. Era o ano de 1816, Debret estava com 48 anos e veio ao Brasil como membro de missão artística francesa, chefiada pelo escritor e político francês Joaquim Lebreton. Debret permaneceu no Brasil até 1831, pintando e dando aulas na Academia Imperial de Belas-Artes. Foi na academia que Debret organizou a primeira exposição de arte do Brasil, em 1829. Jean-Baptiste Debret morreu em Paris, no dia 11 de junho de 1848 deixando várias obras importantes.

Um funcionário a passeio com sua família- Debret

Nessa imagem, podemos observar um homem conduzindo sua família, além de alguns escravos. A imagem transparece como eram as famílias e a sociedade da época: O homem o ser viril que comanda a todos. Haviam os ricos, senhores feudais que tratavam os negros como escravos, onde eles serviam aos seus senhores sem remuneração, além de sofrer maus tratos e serem tratados como mercadoria. Um retrato da família tradicional brasileira dessa época pode ser comparado aos dias atuais, onde podemos constatar a desigualdade de gênero e de situação social, uma vez que pequena parte da população detém o capital do país e a grande maioria continua com a menor parte das riquezas. Ou seja, os anos percorrem, porém as situações se repetem.

http://blogillustratus.blogspot.com.br/

Uma Senhora Brasileira em seu Lar

Com o passar do tempo e após muita luta, os negros foram ganhando seu espaço e se igualando aos brancos até extinguir esse conceito de submissão. Conquistando seu lugar na sociedade, e destacando-se por seus sonhos, ideais, motivações e objetivos, os negros vêm surpreendendo com as maravilhas que tem alcançado. Debret preocupou-se muito com os textos que acompanhavam suas imagens, demonstrando certa fidelidade ao sentido literário. Tal postura não era comum em outros "artistas - viajantes". Muitos pintores não se preocupavam demasiadamente com o sentido dos textos comparando-os com as ilustrações contidas em seus trabalhos.

Esse desejo, por parte do pintor em resgatar costumes e acontecimentos do passado brasileiro evidencia importância de sua estada ao Brasil. Muitos acreditam em não haver nenhum tipo de contribuição por parte do artista para história do Brasil.

O próprio Debret certamente não imaginava que sua viagem ao "novo mundo" o tornaria reconhecido como o principal retratista do Brasil Imperial, considerando, portanto, alguns cuidados, bem cogitado pela autora. Em tempo, não há duvidas de que a passagem de Debret pelo Brasil criou um positivo impacto desde suas brilhantes participações na Academia de Artes, e em seu extraordinário desempenho ao participar como pintor e cenógrafo oficial da monarquia brasileira. O talento sempre acompanhou o artista que cumprira sua missão, alcançando resultados, muita vezes, além da expectativa. Não é de se admirar que muitos estudiosos, em nossos dias, estão trabalhando em pesquisas sobre este magnífico e abrangente artista francês.

C

enas do filme “Carlota Joaquina a Princesa do Brasil”,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (37.6 Kb)  
Continuar por mais 24 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com