TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Logsitica Cadeia Suprimentos.

Exames: Logsitica Cadeia Suprimentos.. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  4/11/2014  •  1.296 Palavras (6 Páginas)  •  881 Visualizações

Página 1 de 6

INTRODUÇÃO

Diante do ambiente competitivo das empresas, surge a preocupação com a melhoria contínua da qualidade dos produtos e processos oferecidos por uma organização. Uma forma eficaz de se obter vantagem nesta competição é através do gerenciamento da cadeia de suprimentos. A qual aborda o projeto, o planejamento, a gestão e a coordenação do fluxo de materiais e informações desde o fornecedor até o consumidor final. Ou seja, a gestão da cadeia de suprimentos é o processo de implantação da cadeia em uma empresa, interligando os participantes (fornecedores, fabricantes, distribuidores o os varejistas), cujo objetivo é a constante melhoria na eficiência, na redução de custos e a vantagem competitiva.

A cadeia de suprimentos pode ser utilizada em vários processos tais como a linha de produção de uma indústria, ou processo operacional de um banco ou funcionamento de um hospital, entre outros que tenham demanda de clientes

Historia da Cadeia de Suprimentos

Na década de 80, havia uma crescente preocupação com a diminuição dos custos e melhorar a capacidade de competitividade. Para tal, novas estratégias foram desenvolvidas, como o just in time e gestão de qualidade total. Porém, nos últimos anos, essas técnicas estão eficientemente empregadas, portanto devem passar para um próximo passo, que é a gestão da cadeia de suprimentos.

Nos EUA um dos grandes fatores que geram custos e desperdícios são transporte e estoque. Podem ser considerados como investimentos desnecessários, pois podem gerar estoques redundantes e estratégias ineficientes de transportes.

Para obterem maximização de lucros e ate de tempo, muitas empresas estão terceirizando suas operações logísticas. Também esta ocorrendo o compartilhamento das , através da atualização de dados de vendas, aumentando o sincronismo entre eles, diminuindo o lead time e aumenta eficiência de demanda. Desse modo, permite aos fabricantes que controlem a variação na cadeia de suprimentos e reduzir estoques e uniformiza a produção.

Empresas com mentalidade progressista passaram a usar estratégias que encontrassem o equilíbrio, entre redução de custos e gestão de risco, nos últimos anos. Por isso, várias abordagens vêm sendo adotadas para administrar os riscos, tais como a inclusão da redundância na cadeia de suprimentos, utilização da informação para perceber e reagir a eventos destrutivos, incorporação da flexibilidade em contratos de suprimento para o melhor equilíbrio entre oferta e demanda, melhoria dos processos da cadeia de suprimentos com a inclusão de medidas de mensuração de risco.

Porem, isso não pode ser atingido sem o uso de tecnologias, tais como sistemas, como ferramentas para avaliações de desempenho, gerando melhor resiliência e capacidade de reação da cadeia de suprimentos, além de planejamento de estoques, para posicionar o estoque e reduzir os custos e riscos da cadeia, o que facilita a integração.

A GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

A Gestão da cadeis de suprimentos é um processo que consiste em gerenciar estrategicamente diferentes fluxos(de bens ,serviços ,finanças ,informações)bem como as relações entre empresas, visando alcançar e ou apoiar os objetivos organizacionais.

O gerenciamento da cadeia de suprimentos é um conjunto de métodos que são usados para proporcionar uma melhor integração e uma melhor gestão de todos os parâmetros da rede: transportes, estoques, custos, etc. Esses parâmetros estão presentes nos fornecedores, na sua própria empresa e finalmente nos clientes. A gestão adequada da rede permite uma produção otimizada para oferecer ao cliente final o produto certo, na quantidade certa. O objetivo é, obviamente, reduzir os custos ao longo da cadeia, tendo em conta as exigências do cliente – afinal, isso é qualidade: entregar o que o cliente quer, no preço e nas condições que ele espera.

Participantes na cadeia de suprimentos.

Para estruturar uma cadeia de suprimentos a empresa deve entender os tipos de demanda, nível do serviço requerido pelo consumidor, a distancia que está o cliente, custos e alguns outros pontos que venham a ser relevantes para sua cadeia.

Os Fornecedores:

São aqueles de quem são adquiridas as matérias primas ou os insumos que serão utilizados pela indústria de transformação para chegar ao produto final.

As Empresas (fabricantes):

È a que transforma os insumos utilizados para a obtenção do produto final. É esta o elo que detém o poder de definir quando e quanto deverá ser produzido ,sendo também a responsável pelo maior ganho de valor agregado ao produto.

Distribuidores e varejo:

È o elo responsável por armazenar desde a matéria-prima até o produto acabado, passando por peças de reposição e manutenção, quando for necessário. Tanto os distribuidores quanto os Varejistas podem utilizar vários ou apenas um canal de distribuição, para atender a cadeias de suprimentos.

Transportadores:

São responsáveis pela interligação entre fornecedores, empresa principal, distribuidores, varejistas e clientes, com eficiência através dos canais de distribuição,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.7 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com