TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Metais Alcalinos E Alcalinos Terrosos

Por:   •  9/9/2013  •  537 Palavras (3 Páginas)  •  671 Visualizações

Página 1 de 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS

ALUNA: Evelyn da Silva Ferreira

1.1 GRUPO I DA TABELA PERIÓDICA: METAIS ALCALINOS

As propriedades químicas desse grupo são únicas e muito semelhantes. São violentamente reativos e são oxidados facilmente, logo não são encontrados no estado livre na natureza e não podem ser extraídos de seus compostos por agentes redutores comuns. Pertencem aos alcalinos o Lítio, o Sódio, o Potássio, o Rubídio, o Césio e o Frâncio. (1)

O sódio e o potássio aparecem com abundância na natureza; o lítio, o rubídio e o césio são mais raros; o frâncio só se encontra em vestígios e todos os isótopos que se conhecem são instáveis (radioativo).

Todos os metais desse grupo são leves de cor cinza-prateada. Possuem pontos de fusão, ebulição e densidades baixos. São sólidos à temperatura ambiente, são pouco duros, excelentes condutores do calor e da eletricidade. (2)

As energias da primeira ionização são pequenas e, assim, eles existem em seus compostos como cátions de carga unitária, como o Na+. Em consequência, muitos de seus compostos são iônicos. As suas energias de ionização são muito baixas, tornando os potenciais padrão fortemente negativos, o que os leva a serem agentes redutores fortes que reagem com água. E essa tendência cresse de cima para baixo.

A reação com água libera hidrogênio e forma os correspondentes hidróxidos. A reação se torna cada vez mais vigorosa à medida que se desce o grupo. Assim, o lítio reage a uma velocidade moderada; o sódio metal fundido desliza vigorosamente, podendo inflamar. Os hidróxidos e óxidos são bases muito fortes. (3)

Os metais alcalinos reagem diretamente com quase todos os ametais, exceto os gases nobres. Entretanto, somente o lítio reage com nitrogênio, que se reduz ao íon nitreto. (1)

1.2 GRUPO II DA TABELA PERIÓDICA: METAIS ALCALINOS TERROSOS

O Cálcio, o estrôncio e o Bário são chamados de metais alcalinos terrosos, porque suas “terras” – nome antigo dos óxidos. O nome metais alcalinos terrosos é frequentemente estendido aos demais membros do grupo o Berílio, o Magnésio e o Rádio. Todos os metais desse grupo são muito reativos e não são encontrados livres na natureza.

Excetuando-se a tendência para caráter de ametal do berílio, todos os elementos têm as características químicas de metais, como a formação de óxidos básicos e hidróxidos. (1) São moles, mas menos que os elementos do grupo I; a dureza, como nos metais alcalinos, decresce ao longo do grupo, à medida que o número atômico cresce. São sólidos à temperatura ambiente, bons condutores do calor e da eletricidade. (2)

As reações dos metais

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.4 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com