TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Sistema De Numerização Decimal

Dissertações: O Sistema De Numerização Decimal. Pesquise 800.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  3/10/2014  •  447 Palavras (2 Páginas)  •  372 Visualizações

Página 1 de 2

O sistema de numeração decimal

Quando se pensa em matemática, pensa especificamente em que? Sabemos que a matemática é uma linguagem, mas de forma geral, quando pensam no tema, as pessoas imaginam cálculos, contas, problemas, tabuadas. E essas referências, muitas vezes, vêm acompanhadas de uma careta ou de uma sensação de dificuldade.

O sistema de numeração decimal é a linguagem matemática que usamos no dia a dia. É uma linguagem estruturada, organizada e formalizada para expressar quantidades, posições, medidas, espaços, formas, relações etc.

Civilizações muito antigas já sentiam necessidade de quantificar e de expressar quantitativamente seu cotidiano. Os primeiros registros de quantificação não numérica foram entalhes em ossos, de aproximadamente 30000 a 20000 a. C. muitas civilizações usaram objetos para auxiliar suas contagens, fazendo marcas e registros no chão, nas paredes ou em ossos; muitos desses instrumentos ou registros utilizavam a contagem um a um.

Quando tem de seis a sete anos, a criança ainda não lida com valores simbólicos. Pergunte a uma criança dessa idade se ela prefere uma cédula de 5 reais ou 5 cédulas de 1 real. Muito provavelmente ela vai escolher a segunda possibilidade, pois acredita que 5 cédula de 1 real representam uma quantidade maior. Isso porque ela ainda não lida com valores simbólicos – nesse caso, do dinheiro. Você pode até tentar explicar a ela que as duas situações representam o mesmo valor, mas, se a deixar realmente livre, ela vai escolher as 5 notas de 1.

No 1.º ano(ciclo de nove anos) do ensino fundamental, as crianças já devem quantificar e numerizar quantidades de 1 a 9, e progressivamente até 20 ou 30. Algumas compreendem quantidades e números maiores. Lembro que, nessa fase, elas ainda estão em processo de atingir plena conservação de quantidade, e que a consolidação do conceito de numero vai ocorrer de forma progressiva. Portanto é fundamental vivenciar jogos, atividades concretas, historias infantis e brincadeiras que relacionem quantidades e números.

O 2.º ano será o momento para iniciar a construção do sistema de numeração decimal. Esse sistema reúne os elementos, formando grupos de 10, de 100, de 1.000, e assim sucessivamente. É um sistema posicional, no qual cada algarismo representa um valor, dependendo do lugar que ocupa no número.

Para essa construção utilizo materiais não estruturados, como palitos, canudinhos ou tampinhas, cujas quantidades podem ser agrupadas, reagrupadas e “desagrupadas”. Em um momento posterior, uso o material dourado, criado por Maria Montessori, com o qual as quantidades são representadas geometricamente, e faço trocas proporcionais. Esse material pode ser encontrado em lojas de brinquedos pedagógicos. Para crianças do 4º ano em diante pode utilizar materiais simbólicos, como dinheiro ou fichas com valores determinados.

Seus conhecimentos acerca de qualquer conteúdo será o que você descobrir, testar e confirmar.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com