TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PRATIQUES: FUNDAMENTOS E PRATICAS NA EAD

Trabalho Escolar: PRATIQUES: FUNDAMENTOS E PRATICAS NA EAD. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  22/8/2013  •  2.760 Palavras (12 Páginas)  •  2.198 Visualizações

Página 1 de 12

PAGINA 22

Observe o cotidiano de sua cidade, identifique e liste um conjunto de tecnologias e, em seguida, classifique-as. Escolha uma delas e descreva de que maneira ela faz parte de sua vida, enfatizando as facilidades que ela lhe trouxe.

Internet, rádio, televisão, revista, livros, telefone, jornal.

Pagina 30

Agora que você já estudou sobre a importância das tecnologias da informação e da comunicação para as relações entre os homens, escolha 5 meios diferentes de comunicação que você conhece e construa um quadro descrevendo-os e justificando de que forma eles contribuíram para facilitar o processo de comunicação entre os homens ao longo da história. Siga o exemplo:

Tecnologia Descrição Importância

Televisão A criação da televisão remete às pesquisas realizadas por John L. Baird, que em 1920 uniu componentes eletrônicos que haviam acabado de ser produzidos em várias partes do mundo e montou o primeiro protótipo de televisão.

Também neste período, em 1923, o russo Wladimir Zworykin criou e patenteou o ionoscópio, o que lhe rendeu, anos mais tarde, um contrato com a RCA. A partir do ionoscópio ele pôde desenvolver os primeiros tubos de televisão, chamados Orticon, produzido em escala industrial a partir de 1945. O principal meio de comunicação criado no século XX foi a televisão. Tal afirmação é decorrente da amplitude de seu consumo pelas sociedades, possível à totalidade das classes sociais no mundo, e por ser um eficiente meio de divulgação de informações e ideologias.

Apesar de sua presença em quase todas as casas, em sua origem a televisão foi um artigo de luxo, destinado às classes mais abastadas.

Internet A Internet surgiu a partir de um projeto da agência norte-americana Advanced Research and Projects Agency (ARPA) objetivando conectar os computadores dos seus departamentos de pesquisa. A Internet nasceu à partir da ARPANET, que interligava quatro instituições:

Universidade da Califórnia, LA e Santa Bárbara; Instituto de Pesquisa de Stanford e Universidade de Utah, tendo início em 1969. A rede mundial de computadores interligados –

internet – é uma maneira muito eficiente de se ter acesso a um grande número de informações de forma simultânea, dando oportunidade de se interagir com outras pessoas e se debater sobre assuntos relevantes. A internet facilita a resolução de problemas em comum sem que haja necessidade de se sair de casa para reunir-se em um mesmo lugar e hora, mas mesmo com essa vantagem ela não pode e não deve substituir o diálogo pessoal, face a face.

Radio Segundo alguns autores, a tecnologia de transmissão de som por ondas de rádio foi desenvolvida pelo italiano Guglielmo Marconi, no fim do século XIX, mas a Suprema Corte Americana concedeu a Nikola Tesla o mérito da criação do rádio, tendo em vista que Marconi usara 19 patentes de Tesla em seu projeto.

Na mesma época em 1893, no Brasil, o padre Roberto Landell de Moura também buscava resultados semelhantes, em experiências feitas em Porto Alegre, no bairro Medianeira, onde ficava sua paróquia. Ele fez as primeiras transmissões de rádio no mundo, entre a Medianeira e o morro Santa Teresa. A rádio foi o primeiro dos meios de comunicação de massa que deu imediatismo à notícia devido à possibilidade de divulgar os factos no exato momento em que ocorrem. Permitiu que o Homem se sentisse participante de um mundo muito mais amplo do que aquele que estava ao alcance dos seus órgãos sensoriais: mediante uma ampliação da capacidade de ouvir, tornou-se possível saber o que está a acontecer em qualquer lugar do mundo (Beltrão, 1968).

Entre os meios de comunicação de massa, a rádio é o mais popular e o de maior alcance público, constituindo-se, muitas vezes, no único a levar a informação para populações de vastas regiões que ainda hoje não têm acesso a outros meios, seja por motivos geográficos, económicos ou culturais. "Este status foi alcançado por dois fatores congregados: o primeiro, de natureza fisico-psicológica - o facto de ter o Homem a capacidade de captar e reter a mensagem falada e sonora simultaneamente com a execução de outra atividade que não a especificamente receptiva; o outro, de natureza tecnológica - a descoberta do transitor" (Beltão,1968 p:112,113).

Jornal O primeiro “jornal” oficial de que se tem notícia é o Acta Diurna Populi Romani, (“Relatos diários ao povo de Roma”), que surgiu na antiga Roma durante o governo do imperador Júlio César, cerca de 59 anos a.C. Escrita em grandes placas brancas e expostas em lugares públicos populares, a Acta Diurna mantinha os cidadãos informados sobre eventos políticos e sociais, sobre guerras, sentenças judiciais, execuções e escândalos no governo.

Já na China, os primeiros jornais surgiram em Pequim sob a forma de boletins escritos à mão, no século VIII. E, no ano de 1040, foi inventada a imprensa no país, usando blocos móveis de madeira.

No entanto, foi no ano de 1447 com a invenção da prensa de impressão pelo alemão Johann Gutenberg, que foi inaugurada a era da impressão moderna, já que agora seria possível produzir e reproduzir volumes e impressos, como livros e jornais de forma mais rápida. Gutenberg imprimiu várias obras, mas sua obra mais famosa foi a Bíblia, de 42 linhas, cujo processo se iniciou em 1450, tendo terminado cinco anos depois, em março de 1455. Uma cópia completa desta Bíblia – que marca o início da produção em massa de livros no Ocidente – possui 1282 páginas, com texto em duas colunas; a maioria era encadernada em dois volumes. Traz a informação instantânea (ainda mais nos meios eletrônicos, como TV e Internet). Aliado a essa instantaneidade podemos incluir a análise dos fatos pelos jornalistas, comentaristas e outros profissionais envolvidos com uma matéria -- o que dá um aprofundamento maior ao espectador/leitor.

Telefone Surgiu no século XIX. Por muito tempo se pensou que foi inventado por Graham Bell.

Mais recentemente, foi aceita a tese de que teria sido inventado pelo italiano Antônio Meucci. O telefone foi a primeira forma de comunicação em tempo real e proporcionou um grande desenvolvimento na comunicação de longa distância.

Pagina 36

Com base no que estudamos até agora, justifique a afirmativa: “a Educação a Distância não é uma novidade, nem pode ser entendida como um fenômeno passageiro”. Registre em seu memorial a justificativa.

Com a recente criação e rápida expansão da Internet a questão da Educação a Distância passa

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.1 Kb)  
Continuar por mais 11 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com