TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Projeto de Sistemas Prediais de Esgoto Sanitário

Por:   •  15/4/2013  •  Resenha  •  403 Palavras (2 Páginas)  •  272 Visualizações

Página 1 de 2

Projeto de Sistemas Prediais de Esgoto Sanitário

Nos projetos de sistemas prediais de esgoto sanitário vamos traçar e dimensionar as tubulações que vão desde os aparelhos sanitários até o coletor público de esgoto. Um bom projeto de esgoto deve:

A - Permitir o rápido escoamento do esgoto para fora do ambiente e para fora da edificação e não permitir o seu refluxo.

O escoamento do esgoto ocorre sob regime de conduto livre, ou seja, a pressão interna (Pi) da tubulação deve ser igual a pressão da atmosfera. O escoamento se dá pela declividade do tubo (i em %), pela ação da gravidade. Portanto os aparelhos sanitários estão a montante e o coletor público deve estar a jusante, caso contrário não haverá escoamento.

Para facilitar o escoamento e para que se possa direcionar o fluxo do esgoto, deve-se utilizar junções e curvas de 45o. As curvas de 90o devem ser utilizadas somente na transição da vertical para a horizontal (vide o corte longitudinal acima)

B - Não permitir que os gases da decomposição do esgoto provenientes da fossa ou coletor público entrem no ambiente e na edificação.

Esse é um dos grandes problemas nas instalações. Se o projeto não é feito de forma correta, os gases podem entrar no ambiente. Para evitar a entrada desses gases devem ser instalados os chamados desconectores separando o esgoto que possui gases, chamado de esgoto primário, do esgoto livre de gases da decomposição que se chama esgoto secundário.

B.1. Desconectores

Os desconectores estão presentes em alguns aparelhos sanitários, tais como bacias sanitárias, caixas sifonadas e sifões de pias de lavatórios e de cozinhas:

A lâmina d'água (selo hídrico) presente nesses aparelhos impede a entrada dos gases do esgoto e consequentemente o mau cheiro.

Porém, além da colocação dos desconectores, deve-se garantir que a pressão interna do tubo seja igual a pressão atmosférica. Se a pressão interna não for igual a pressão atmosférica, o escoamento deixa de ser livre e passa a ser forçado. Se existir sucção a montante do escoamento do esgoto, pode haver o que chamamos de quebra do selo hídrico. A pressão do escoamento faz a sucção da água do desconector permitindo a entrada dos gases no ambiente:

Para evitar a sucção da água do desconector devemos garantir que a pressão interna do tubo seja sempre igual a pressão atmosférica.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.6 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com