TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Reflexao critica sobre drogas

Por:   •  10/6/2015  •  Tese  •  1.102 Palavras (5 Páginas)  •  2.608 Visualizações

Página 1 de 5

Foi-me proposta a realização de uma reflexão crítica no âmbito da disciplina de Área de Integração para a qual eu escolhi o tema “Legalização das drogas” pois é um tema que cada vez causa mais controvérsia, principalmente entre a atual geração e as passadas. Sendo que são inúmeras as drogas existentes vou apenas focar-me nas consideradas mais populares, tais como a marijuana, o ecstasy, o speed, o LSD, a cocaína, os cogumelos alucinogénios e a heroína.

Drogas são substâncias naturais ou sintéticas que quando introduzidas no organismo alteram as suas funções normais, tais como a maneira como se sente ou se vê.

Segundo várias estatísticas o consumo de drogas tem vindo a aumentar significativamente desde os anos 70, sendo que se estima que hoje em dia cerca de metade de todos os adolescentes já experimentaram alguma droga. À medida que o mundo se torna mais “liberal” os consumidores de drogas ilícitas aumentam também, apesar de o seu consumo nunca ter sido legalizado, o que só demonstra que a proibição que o estado impõe do consumo das mesmas não está a ter qualquer resultado. Pelo contrário estão a encher prisões desnecessariamente, a gastar o dinheiro dos contribuintes e a gastar recursos policiais que poderiam ser aproveitados em algo mais benéfico para o pais e a sua segurança.

Há relatos de usos de drogas naturais, tais como os cogumelos alucinogénios, em rituais desde há milhares de anos atrás, isto mostra que desde sempre o ser humano usou drogas para seu proveito pessoal, e que isso nunca afetou a existência e continuação da nossa raça. Sou da opinião que cada pessoa devia de ser livre de fazer as suas próprias escolhas e viver livremente desde que isso não afete ou cause danos na vida das outras pessoas, a proibição da utilização destas é remover a um ser, supostamente livre, o direito de fazer as suas próprias escolhas e assumir responsabilidade pelos seus atos. O facto de as drogas serem ilegais faz de pessoas que obedecem assiduamente às leis do seu país e contribuem para o funcionamento do mesmo de uma forma positiva sejam considerados criminosos mesmo quando o seu consumo não afeta negativamente o que os rodeia, cidadãos normais que fora os seus consumos pessoais em nada mais contribuem para a criminalidade sejam criminalizados desnecessariamente, o que leva á sobrepopulação de prisões e maiores custos para o estado.

Os seres humanos procuram desde sempre satisfazer as suas necessidades, como tal, e desde que a droga se tornou uma para alguns cidadãos, enquanto houver esta procura o seu fornecimento será correspondido. Isto leva-me a pensar que a guerra contra as drogas que se tem vindo a desenvolver nos últimos tempos não tem qualquer fim á vista, e que a única maneira de melhorar é a partir de certas drogas serem legalizadas. Isto faria também com que houvesse um maior controlo sobre quem consome, deste modo o estado poderia restringir o acesso a quem as consome, divulgar informação mais clara e precisa sobre as drogas e providenciar maior ajuda a quem precisa. Deste modo as pessoas conheceriam melhor os seus benefícios e contrapartidas, o que as levaria também a um consumo mais consciente. Com a legalização de certas drogas, na minha opinião, criar-se-ia também uma sociedade mais uniforme e com menos divergências e preconceitos.

No entanto não sou a favor de todas as drogas, há drogas que apesar de existir essa necessidade do seu consumo não deveriam de modo algum ser legalizadas, tais como a heroína, drogas que são demasiado pesadas para o ser humano e facilmente levam ao declínio da pessoa. Drogas que a curto prazo levam á deterioração total da pessoa e que as levam a cometer atos graves, tais como roubar, drogas de que nenhum modo trazem benefício ao ser humano não deveriam de modo algum ser consumidas. Sou contra a injeção de qualquer droga, e tudo tem os seus limites, apesar de acreditar que a legalização de algumas drogas iria diminuir o consumo de drogas mais pesadas e/ou injetáveis.

Sou a favor de qualquer droga natural, que não seja produzida ou

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.6 Kb)   pdf (43.2 Kb)   docx (13 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com