TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Relatorio de estagio serviço social

Por:   •  17/9/2015  •  Pesquisas Acadêmicas  •  3.004 Palavras (13 Páginas)  •  2.471 Visualizações

Página 1 de 13

LUCIMARA MARTINÊS CARRENHO LEITE – RA: 3875757637

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II

MATÃO - SP

2014

LUCIMARA MARTINÊS CARRENHO LEITE – RA: 3875757637

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II

Relatório de Estágio apresentado ao Curso de Serviço Social do Centro de Educação a Distância-CEAD da Universidade Anhanguera UNIDERP como requisito obrigatório para cumprimento da disciplina de Estágio Supervisionado II.

MATÃO - SP

2014

SUMÁRIO

IDENTIFICAÇÃO 1

INTRODUÇÃO 5

DESENVOLVIMENTO 6

CONSIDERAÇÕES FINAIS 10

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 11

ANEXO: PROJETO DE INTERVENÇÃO “LER, APRENDER E CONVIVER” 12

IDENTIFICAÇÃO

Estagiário: Lucimara Martinês Carrenho Leite

Curso: Serviço Social

Telefone: (16) 3324-1420 e-mail: lucinhacarrenho@hotmail.com

Nível do Estágio Supervisionado: II

Local do Estágio: Lar da Criança Renascer

Endereço: Rua Paulo Elias Antônio, 919 – Jd. Água Branca – Araraquara/ SP

Supervisor (a) Acadêmico (a): Fátima Aparecida Guil Nº CRESS: 47.402 – 9ª Região Supervisor (a) de Campo: Sueli Ap. A. Marques Nº CRESS: 10819 – 9ª Região

Carga Horária: 110 horas

Início: 22/09/2014 Término: 17/11/2014

INTRODUÇÃO

O estágio supervisionado II tem por objetivo desenvolver experiências práticas no campo do Serviço Social, especificamente realização de um projeto social com o intuito de atender às necessidades observadas na realização do estágio supervisionado I.

O presente estágio foi realizado no Lar da Criança Renascer, situado na Rua Paulo Elias Antônio, 919 – Jd. Água Branca - Araraquara-SP, tendo por base os resultados obtidos no estágio supervisionado I.

O orfanato tem por finalidade atender crianças e adolescentes, de 0 aos 14 anos, de ambos os sexos, em regime de abrigo, os quais sofreram violação de direitos. A Vara da Infância e Juventude e o Conselho Tutelar ao encaminhar essas crianças e adolescentes para os abrigos, o fazem com o objetivo de protegê-los e lhes assegurar os direitos estabelecidos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Segundo o ECA, o abrigamento deve ser uma medida provisória, dessa forma, neste período de permanência no Renascer, o orfanato zela pelo bem estar e pelo contínuo desenvolvimento dessas crianças/adolescentes.

No primeiro trabalho, identificou-se que as crianças atendidas pelo Lar Renascer apresentam dificuldades no aprendizado e desenvolvimento escolar. As mães sociais que cuidam destas crianças também apresentam perfil vulnerável e limitações para ajuda-las com as atividades escolares.

Tendo em vista estes fatores, para o presente trabalho foi criado um projeto social que contribui com a aprendizagem e atende as necessidades das crianças e adolescentes assistidos. O projeto consiste na leitura em grupo e acompanhamento individual de cada criança para o aprendizado e melhor rendimento escolar.

O estágio é fundamental para a formação acadêmica, proporciona experiência na prática social. Possui carga horária de 110 horas, com orientações desenvolvidas pela supervisora acadêmica Fátima Aparecida Guil, estágio de campo com a supervisão e orientação da assistente social Sueli Ap. A. Marques e auto estudo.

DESENVOLVIMENTO

 Histórico da Instituição:

O Lar da Criança Renascer foi fundado em 10 de Fevereiro de 1.994 por um grupo de amigos que perderam seus entes queridos em tenra idade. Este grupo, em homenagem aos filhos que partiram, criaram uma Entidade que atendesse crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e violação de direitos. Deixaram de cuidar dos filhos que partiram para cuidar dessas crianças e adolescentes. Após a formação da Diretoria, tornado assim pessoa jurídica, saíram na batalha para conseguir uma área, iniciando assim as obras. Contataram o Prefeito na época e este prontamente disponibilizou uma área de 3.400 metros quadrados. Em três anos a Entidade já estava pronta para funcionar. Os recursos para a construção foram angariados com muito esforço - bingos, jantares, rifas, auxílio tanto das empresas como da comunidade de Araraquara e região. Em 1998 começaram a receber as primeiras crianças encaminhadas pela Vara da Infância e Juventude.

 Finalidades:

Atender crianças e adolescentes, de 0 aos 14 anos, de ambos os sexos, em regime de Abrigo, os quais sofreram violação de direitos.

 Objetivos:

O abrigamento é uma medida provisória, tem por objetivo proteger as crianças e adolescentes e lhes assegurar os direitos estabelecidos no Estatuto

...

Baixar como (para membros premium)  txt (23.4 Kb)   pdf (81.3 Kb)   docx (29.5 Kb)  
Continuar por mais 12 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com