TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha Crítica - Pai Rico Pai Pobre

Trabalho Universitário: Resenha Crítica - Pai Rico Pai Pobre. Pesquise 811.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  16/3/2014  •  1.109 Palavras (5 Páginas)  •  1.676 Visualizações

Página 1 de 5

KIYOSAKI, Robert T., LECHTER, Sharon L., Pai Rico Pai Pobre: o que os ricos ensinam a seus filhos sobre o dinheiro. Tradução de Maria José Cyhlar Monteiro. Rio de Janeiro: 38ª edição. Editora Campos, 2000. Pg. 186.

Nascido e criado no Havaí, Robert faz parte da quarta geração de uma família nipo-americana. Provém de uma destacada família de educadores. Seu pai foi diretor de ensino do estado do Havaí. Concluído o segundo grau, Robert prosseguiu sua formação em Nova York e depois de formado entrou para a Marinha dos Estados Unidos, indo para o Vietinã como oficial e piloto de helicóptero de combate.

Sharon Lechter, esposa e mãe de três filhos, formada em contabilidade, gestora e consultora profissional de editoras e fabricantes de brinquedos, dedicou seus esforços profissionais à educação. Diplomou-se Summa Cum Laude em Contabilidade na Florida State University. Foi uma das primeiras mulheres a entrar em uma das então oito maiores empresas de contabilidade.

Algumas de suas obras são: Pai Rico, Pai Pobre (2000), Independência Financeira: o Guia do Pai Rico (2001), Filho rico Vencedor (2001), Aposentado Jovem e Rico (2002), Profecias do Pai rico (2003), Histórias de Sucesso do Pai Rico (2003), Como Ficar Rico Sem Cortar os Cartões de Crédito (2004), Pai Rico Pai Pobre: para jovens (2004), Quem Mexeu no Meu Dinheiro?: O Guia do Pai Rico (2004), Empreendedor Rico: 10 Lições Práticas para Ter Sucesso no Seu Próprio Negócio(2005), Como Comprar e Vender Empresas e Ganhar Muito Dinheiro (2005) e Desenvolva sua Inteligência Financeira: 5 estratégias para aumentar seu patrimônio (2008).

Com a tarefa de facilitar a vida dos pais em geral, os autores publicaram o livro Pai Rico Pai Pobre, contando a história de Robert Kiyosaki (o próprio autor), que conseguiu ser um investidor de sucesso e conquistar a independência financeira.

Pai Rico, Pai Pobre ensina como superar obstáculos mesmo que as pessoas não tenham estudado e se alfabetizado do ponto de vista financeiro, elas ainda podem enfrentar barreiras para se tornar financeiramente independente.

Um dos pais de Robert Kiyosaki recomendava “Estude arduamente para poder trabalhar em uma boa empresa” o outro falava “Estude arduamente para comprar uma empresa”. A partir dessas opiniões tão divergentes Robert teve a oportunidade de escolher qual dos pais iria dar ouvidos, sendo assim resolve seguir os conselhos do pai rico.

No livro há recomendações entre o pai rico e o pai pobre, tendo como principal diferença a inteligência financeira. Uma combinação de várias habilidades e talentos, que necessitam também de sólidos conhecimentos em quatro grandes áreas: Contabilidade (capacidade de ler e entender demonstrações financeiras, permitindo identificar os pontos fortes e fracos de qualquer negócio), investimento, conhecimento da lei ( como utilizar vantagens tributária) e entendimento dos mercados.

Robert propôs a seu amigo Mike uma sociedade para ambos ficarem ricos. Infelizmente seu primeiro negócio foi um fracasso. Foi a partir desse momento que eles começaram a trabalhar e estudar com o pai rico, que lhes ofereceu um emprego em uma de suas lojas.

O dinheiro só acentua o padrão de fluxo de caixa. Se seu padrão for gastar tudo o que ganha, o mais provável é que um aumento de dinheiro disponível, apenas resulte em um aumento de despesas. Não adianta saber como ganhar dinheiro, mas como gastá-lo, o que fazer como ele depois de tê-lo ganho. Os ricos compram ativos, os pobres só tem despesas e a classe média compra passivo pensando que são ativos. Sendo assim compre ativos que goste, pois o que você gosta você cuida.

Precisamos desenvolver nova capacidade de avaliar e assumir riscos administrando-os em cada oportunidade que nos aparece, pois a tendência natural é à busca da segurança que geralmente não é a melhor escolha para sermos bem sucedidas em nossos empreendimentos.

Em cada um de nós reside um gênio financeiro, para algumas pessoas este gênio está adormecido, pois nossa cultura nos ensina que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Nossa cultura nos ensina a trabalhar pelo dinheiro e não o dinheiro a trabalhar para nós, nos ensina a não nos preocupar com o futuro financeiro.

O autor conclui-se que as pessoas que pensa pequeno não conseguem grandes oportunidades, comece pensando grande e termine pensando maior ainda. Segundo o autor, cada indivíduo tem o poder de determinar o destino do dinheiro que chega às mãos. A escolha é de cada um. A cada dia, a cada nota, decidimos

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.2 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com