TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Roteiro de preparação para negociação salarial

Tese: Roteiro de preparação para negociação salarial. Pesquise 784.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  1/9/2013  •  Tese  •  2.617 Palavras (11 Páginas)  •  138 Visualizações

Página 1 de 11

ATPS – ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÕES

SUMÁRIO

Apresentação do grupo, 1

Sumário 2

Roteiro de preparação para negociação salarial – Desafio – 3

Introdução 5

Diferentes Definições de Negociação, 6

Desenvolvimento 7

Conclusão, 9

Considerações finais, 11

Opinião grupo, 13

Referências Bibliográficas, 14.

ROTEIRO DE PREPARAÇÃO PARA NEGOCIAÇÃO SALARIAL - DESAFIO

Trabalhar e se capacitar é algo essencial para o início de um planejamento em que o objetivo é conquistar um aumento salarial. Algo que, com certeza todos devem ter como ob-jetivo profissional, mas será que estamos preparados para receber um NÃO como resposta?

O sucesso de uma negociação salarial depende de alguns detalhes que devem ser cui-dadosamente preparados e estudados. O despreparo pode comprometer a negociação.

Inicialmente, precisamos definir o valor esperado pelo aumento. Ser coerente é fun-damental, pois evitará uma negociação fora da realidade. Pesquisar no mercado para saber qual é a média salarial de um profissional na mesma função é um direcionamento.

Deve- se reunir evidências e estruturar um diálogo que justifiquem a solicitação. É importante não inventar argumentos e sim ressaltar o potencial que será agregado para a em-presa.

É preciso saber qual é o melhor momento para procurar o gestor considerando o seu humor e observando se a situação econômica e financeira da empresa está equilibrada.

A reivindicação deve ser feita única e exclusivamente ao profissional que tem o poder de decisão. Caso contrário, pode terminar com uma versão distorcida e o gestor em questão logo providenciará contra-argumentos para negar o pedido.

Dizer que recebeu uma proposta bem melhor em outra empresa pode parecer que você está ameaçando e se arrisca a ouvir 'boa sorte'.

Responsabilidade e qualidade são obrigações, independente do cargo ocupado e do salário recebido, portanto não é o melhor argumento a ser utilizado. Há apenas dois fatores para justificar um aumento salarial: mérito e promoção.

Conhecer as políticas internas da empresa, saber o seu lugar dentro dela e verificar quais são as oportunidades e buscar alcançá-las são ferramentas imprescindíveis para o de-senvolvimento da negociação. Também é importante basear-se em argumentos qualitativos e quantitativos, ou seja, nas suas competências e nos resultados alcançados.

Infelizmente não há uma técnica para forçar o gestor a aceitar e conceder o aumento de imediato e, se insistir muito, a negociação ficará desgastante e comprometerá totalmente a relação dificultando uma futura negociação.

Deve-se sempre estar preparado para receber o sim ou o não. Aceitar a resposta nega-tiva não é sinal de desistência. Motivação é algo que fortalece para iniciar uma nova batalha.

Ouvir as razões do gestor é um início de uma nova preparação e renovação das suas metas para uma próxima oportunidade. Para finalizar e não ficar um clima constrangedor, pergunte: O que é preciso fazer para obter o aumento esperado? Mediante a resposta, deve-se buscar novas resoluções.

INTRODUÇÃO

Este trabalho esclarece que a negociação está presente no nosso dia-a-dia, desde a compra de um determinado produto, quando se estabelece uma procura por um preço justo, até nas nossas relações de trabalho, nas relações de família e com nossos amigos, na transfor-mação de estímulos em respostas.

Negociar no mercado globalizado é uma competência fundamental para todos os pro-fissionais. Os indivíduos que atendem a crescente necessidade de relacionamento com pessoas e com outras empresas em escala nacional e global precisam investir na formação da capaci-dade de negociação, pois assim, irão se tornar profissionais mais preparados para realizar transações vantajosas. Para uma negociação ser considerada satisfatória, ambas as partes ne-cessita ganhar, o chamado ganha-ganha, e devem criar relações em longo prazo e garantir futuras negociações.

DIFERENTES DEFINIÇÕES DE NEGOCIAÇÃO

Todos os dias negociamos com diversas pessoas em diferentes situações. Não existe um modelo ideal de negociação, mas existem vários conceitos e definições nos quais podemos nos aperfeiçoar e garantir o sucesso no final de cada etapa.

Segundo Miranda (2000), há dois tipos de negociações: as que nunca mais se repetem e as que apontam para um relacionamento duradouro. Tentar trapacear em uma negociação pode ser um sucesso momentâneo (MIRANDA, 2000).

Negociação é um processo que pode afetar profundamente qualquer tipo de relacio-namento humano e produzir benefícios duradouros para todos os participantes. (NIEREN-BERG, 1981)

Negociar é uma troca de convencimentos, onde uma parte persuade a outra apresen-tando os benefícios mais relevantes em relação ao ponto de vista defendido. (MARIOTINI, Paulo Ricardo, 2010)

Para Sparks, negociação implica caracteristicamente uma troca de dar e receber entre negociador e o oponente, que tentam chegar a uma conclusão agradável ou aceitável no ajuste de um problema ou disputa. (SPARKS, 1992)

Negociação é o processo de buscar a aceitação de idéias, propósitos ou interesses, vi-sando ao melhor resultado possível, de tal modo que as partes envolvidas terminem a negoci-ação consciente de que foram ouvidas, tiveram oportunidades de apresentar toda a sua argu-mentação e que o produto final seja maior que a soma das contribuições individuais.

(L. A. Junqueira- IMVC).

Negociação é um processo em que duas ou mais partes, com interesses comuns e antagônicos, se reúnem para confrontar

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.4 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com