TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Se Tivesse Que Escolher Entre Presidencialismo E Parlamentarismo, Nos Dias Atuais, O Que Os Debates Prévios Deveriam Levar Em Consideração.

Por:   •  27/9/2013  •  231 Palavras (1 Páginas)  •  407 Visualizações

Presidencialismo é o sistema de governo no qual os poderes, funções e deveres de chefe de governo e de chefe de estado se reúnem numa só pessoa e no qual o executivo, legislativo e judiciário são poderes independentes entre si que funcionam em harmonia. O colégio eleitoral, que escolhe o presidente, se compõe de delegados dos cinquenta estados da nação. As atribuições do presidente se assemelham às dos monarcas constitucionais. Na América Latina, a tendência histórica tem sido o fortalecimento do executivo sem equilíbrio entre os poderes, o que levou com frequência muitas nações a ditaduras que prescindiam não só do legislativo e do judiciário como da própria participação popular.

Logo, o poder executivo necessita do poder do parlamento para ser formado e também para governar.

Em um regime parlamentarista, distingue-se o chefe de Estado do chefe do governo.

Pode ser um monarca ou presidente escolhido pelo Parlamento ou eleito diretamente pelo povo. O chefe do governo é quem governa e administra. Ele é sempre escolhido pelo Parlamento, que pode destituí-lo.

No caso do presidencialismo, o presidente cumpre seu mandato até o fim, mesmo havendo crises políticas.

O sistema parlamentarista tem origem na Inglaterra Medieval. No final do século XIII, nobres ingleses passaram a exigir maior participação política no governo, comandado por um monarca. Em 1295, o rei Eduardo I tornou oficiais as reuniões (assembleias) dos os representantes dos nobres. Era o berço do parlamentarismo inglês.

...

Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com