TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Sistema De Prince

Por:   •  14/6/2013  •  1.371 Palavras (6 Páginas)  •  811 Visualizações

Página 1 de 6

Amortização é um processo de extinção de uma dívida através de pagamentos periódicos, que são realizados em função de um planejamento, de modo que cada prestação corresponde à soma do reembolso do capital ou do pagamento dos juros do saldo devedor, podendo ser o reembolso de ambos, sendo que os juros são sempre calculados sobre o saldo devedor.

No Brasil, existe a amortização contábil, cujo conceito não se restringe à diminuição de dívidas, mas também a direitos intangíveis classificados no ativo (conta de balanço), derivado da teoria de dimensão económico dos fundos contábeis. Assim, associa-se o termo amortização contábil, à depreciação contábil (redução de bens tangíveis) e à exaustão contábil (recursos naturais).

Conceitos relacionados

Existem alguns termos que são usados no meio económico/financeiro em relação à amortização que é interessante conhecer. São eles:

Credor ou mutuante: É a pessoa que mutua, ou seja, que cede o empréstimo.

Devedor ou mutuário: É aquele que recebe alguma coisa por empréstimo.

Taxa de juros: É a taxa acordada entre as partes. É sempre calculada sobre o saldo devedor, também é chamada de custo do dinheiro.

Período de carência: Corresponde ao período compreendido entre o prazo de utilização e o pagamento da primeira amortização.

Prazo de utilização: Corresponde ao intervalo de tempo durante o qual o empréstimo é transferido do credor para o devedor.

Prazo de amortização: É o intervalo de tempo durante o qual são pagas as amortizações.

Parcelas de amortização: Correspondem às parcelas de devolução do principal.

Prestação: É a soma da amortização acrescida de juros e encargos.

Sistemas de amortização

Sistema Francês de Amortização (Tabela Price) - pagamentos iguais período a período

Sistema de Amortização Constante (SAC)

Sistema de Amortização Misto (SAM)

Sistema de Amortização Americano - pagamento no final, com juros calculados período a período

Sistema Americano com Sinking Fund

Sistema de Amortização Variável

Sistema Alemão de Amortização

Arrendamento Mercantil (Leasing)

Ligações externasWikipédia, a enciclopédia livre.

Ir para: navegação, pesquisa

NoFonti.svg

Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto.

Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes, inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, nos locais indicados.

Encontre fontes: Google — notícias, livros, acadêmico — Scirus — Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Tabela Price, também chamado de sistema francês de amortização, é um método usado em amortização de empréstimo cuja principal característica é apresentar prestações (ou parcelas) iguais[1]. O método foi apresentado em 1771 por Richard Price em sua obra "Observações sobre Pagamentos Remissivos" (em inglês: Observations on Reversionary Payments[2]).

O método foi idealizado pelo seu autor para pensões e aposentadorias. No entanto, foi a partir da 2ª revolução industrial que sua metodologia de cálculo foi aproveitada para cálculos de amortização de empréstimo.

Índice

1 Cálculo

2 Polêmica sobre os juros

2.1 Tabela Price no Brasil

3 Referências

4 Bibliografia

Cálculo

A Tabela Price usa o regime de juros compostos para calcular o valor das parcelas de um empréstimo e, dessa parcela, qual é a proporção relativa aos pagamentos dos juros e a amortização do valor emprestado.

Tomemos como exemplo um empréstimo de $ 1.000,00 com taxa de juros

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.5 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com