TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Uso da Informação na Gestão de Hospitais Públicos

Por:   •  9/9/2019  •  Trabalho acadêmico  •  4.422 Palavras (18 Páginas)  •  143 Visualizações

Página 1 de 18

FACULDADE DOM ALBERTO

Karla Raissa Pires da Silva

USO DA INFORMAÇÃO NA GESTÃO DE HOSPITAIS PÚBLICOS

GOIÂNIA

   2019

Karla Raissa Pires da Silva

USO DA INFORMAÇÃO NA GESTÃO DE HOSPITAIS PÚBLICOS

TCC apresentado ao Curso de Especialização de Administração Hospitalar, como parte

dos requisitos necessários à obtenção do título de USO DA INFORMAÇÃO NA GESTÃO DE HOSPITAIS PÚBLICOS

GOIÂNIA

                                   2019

USO DA INFORMAÇÃO NA GESTÃO DE HOSPITAIS PÚBLICOS

Karla Raissa Pires da Silva

Declaro que sou autora deste Trabalho de Conclusão de Curso. Declaro também que o mesmo foi por mim elaborado e integralmente redigido, não tendo sido copiado ou extraído, seja parcial ou integralmente, de forma ilícita de nenhuma fonte além daquelas públicas consultadas e corretamente referenciadas ao longo do trabalho ou daqueles cujos dados resultaram de investigações empíricas por mim realizadas para fins de produção deste trabalho.

Assim, declaro, demonstrando minha plena consciência dos seus efeitos civis, penais e administrativos, e assumindo total responsabilidade caso se configure o crime de plágio ou violação aos direitos autorais. (Consulte a 3ª Cláusula, § 4º, do Contrato de Prestação de Serviços).

Resumo - As autoridades de saúde estão incentivando gerentes em hospitais a adquirirem experiência clínica e conhecimento para melhor executar e coordenar a prestação de serviços de saúde. O principal objetivo deste artigo é analisar como o uso da informação dos gestores hospitalares está relacionada desempenho das instituições de saúde pública. Propõe-se que o efeito da experiência clínica e o desempenho organizacional, operacional e financeiro é gerenciada de forma indireta através das variáveis mediadoras onde é possível perceber a utilidade de informa- ções de gestão e sistema de controle de gestão horizontal. O uso da informação prevê medidas de desempenho nos processos de controle gerencial e de tomada de decisão no setor hospita- lar. O referencial teórico baseia-se na descrição dos hospitais como organizações complexas e dissociadas. O uso da informação é discutido e o foco é colocado nos vieses de informações que existem e podem ser compartilhados das melhores formas, incluindo os dados dos pacientes em diversos setores de um hospital para melhor gerenciamento. Como conclusão, o principal achado desse estudo exploratório é que a informação ambígua que existe nas medidas de desempenho utilizadas no nível do departamento hospitalar mantém o desacoplamento entre as atividades clínicas e as práticas de controle gerencial. Este desacoplamento cria problemas de controle gerencial, porque dificulta o conhecimento sobre os efeitos das ações, o que é importante para a tomada de decisões estratégicas e ações de diagnóstico. A fim de aumentar a transparência, das informações sobre custos devem ser decompostas de modo a desenvolver indicadores práticos para fins de controle interativo em departamentos clínicos. Através da demonstração de evidências de que o histórico clínico poderia explicar as diferenças não só na gestão de serviços hospitalares, mas também na capacidade de informação e processos de controle gerencial, este estudo oferece implicações significativas para os gestores hospitalares envolvidos no desenvolvimento e implementação de estratégias no setor de saúde.

Palavras-chaves: Experiência Clínica. Informação Gerencial. Controle de Gerenciamento. Hospitais Públicos.

____________________________________________________________________

 Karlinhapires01@gmail.com

  1. INTRODUÇÃO

Nos últimos anos, houve uma série de mudanças na atenção primária à saúde no Brasil. Entre eles, os mais importantes estão relacionados à criação do Sistema Único de Saúde (SUS) em 1990 e ajustes na política de financiamento, ampliando os investimentos governamentais para melhorar o acesso à atenção à saúde da população em geral, bem como melhor gestão dos recursos na área. O SUS transformou e ampliou a assistência médica no país, oferecendo um sistema universal de saúde pública nacional, com o objetivo de proporcionar assistência equitativa e promover a saúde de toda a população. Sob o novo paradigma de gestão pública, os gerentes de hospitais são obrigados a entregar mais eficiência e serviços públicos mais flexíveis. Em vários países, como o Brasil, a legislação formal requer que as autoridades de saúde incentivem os hospitais a se tornarem organizações mais eficientes e responderem às demandas dos cidadãos com serviços de maior qualidade a custos mais baixos. Hospitais são caracterizados como organizações com atividades interdependentes e complexas, muito trabalho em equipe, e interconexão entre os serviços de saúde. Assim, os gestores devem imple- mentar estratégias que aumentam o controle sobre a complexidade clínica, alocando melhor os recursos de saúde e coordenação de serviços.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (30.1 Kb)   pdf (209.4 Kb)   docx (52.7 Kb)  
Continuar por mais 17 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com