TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O SONHO DE UMA NOITE DE VERAO TETARO AMARAL ROTEIRO

Por:   •  17/11/2019  •  Trabalho acadêmico  •  1.867 Palavras (8 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 8

SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO

ATO 1                                                                                                          Palácio

NARRADOR: Hérmia, filha de Egeu, o rei, não quer se casar com Demétrio, o homem pra quem seu pai havia a prometido. Está apaixonada por Lisandro, o poeta. Então, o casal tenta convencer o rei a não casá-la a força

EGEU : Mas por que você não quer se casar com Demétrio, Hérmia? Ele é um homem cheio de terras e admirado nos quatro cantos do mundo.

HERMIA : Papai, estou apaixonada por Lisandro. Não consigo me imaginar com outro homem. Não me importo se é rico ou pobre.

LISANDRO: Caro rei, meus sentimentos por sua filha são reais, amo sua filha desde que a conheci. Farei dela a mulher mais feliz deste reino.

EGEU: Não quero Hermia casando-se com um homem qualquer. Não mudarei de opinião. Sabem das leis, posso forçar minha filha a casar com quem eu quiser. E ela se casará com Demétrio e ponto final!

(EGEU SAI)

HERMIA: Oh, Lisandro! O que faremos agora?

LISANDRO: Escute, minha amada, hoje, ao anoitecer, me encontre no bosque, e de lá fugiremos para casa de minha tia, tenho certeza que irá nos ajudar! Ela mora em outro reino, e lá ninguém nos conhecerá. Poderemos nos casar e sermos livres.

HERMIA: Lisandro, meu amor! Irei sem falta. Seremos felizes para sempre.

(SE ABRAÇAM)

(HELENA ENTRA)

HELENA: Hermia?

HERMIA: Oh, minha querida amiga, sabe que confio minha vida a você. E tenho boas notícias, hoje, ao anoitecer, eu e Lisandro fugiremos para longe e poderemos nos amar sem complicações.

HELENA: Amiga, tem certeza que fara isso? Sabe o quão perigoso é.

HERMIA: Faço tudo pelo Lisandro! E assim, como não poderei me casar a força com Demétrio, você poderá reconquista-lo

HELENA (agora feliz): Pois então vão, vocês têm muito o que planejar!

(LISANDRO E HERMIA SAEM)

HELENA: Espere, se contar a Demétrio, ele verá que pode confiar em mim, e quando procurarmos eles, terei tempo para mostrar meu charme!

(HELENA SAI)

ATO 2                                                                                                        Floresta

NARRADOR: Na floresta, Oberon, o rei dos elfos, e Titânia, rainha das fadas se encontram inesperadamente.

(OBERON E TITANIA SE ENCONTRAM)

OBERON: Mas que porcaria de encontro!

TITANIA: Que azar encontrá-lo aqui! Vou embora.

OBERON: O que é isso, Titânia? Esqueceu-se que sou seu marido?

TITANIA: Infelizmente, não! Não aguento mais isso, só brigamos, brigamos e brigamos, você não tem noção do quanto é infernal te aguentar!

OBERON: Seria mais fácil se não ficasse com suas frescuras...

TITANIA: ok, Oberon, não ficarei aqui ouvindo o que diz.

(TITANIA SAI INSATISFEITA)

OBERON: Aah, não aceitarei isso dessa vez!

                  (Gritando) PUCK!

NARRADOR: Puck, um elfo fiel a Oberon, entra ao ouvir seu chamado.

(PUCK ENTRA)

PUCK: Aqui, vossa alteza!

OBERON: Puck, encontre um flor, cujo o suco faz certa pessoa se apaixonar pela primeira criatura que ver. Titânia me pagará por estar sempre assim comigo.

PUCK: Claro! Puck é tão rápido que pode dar uma volta no mundo em 40 minutos!

(PUCK SAI)

NARRADOR: Oberon escuta barulhos na floresta, e se esconde atrás de uma arvore para ver o que está acontecendo. Quando então, entra Demétrio, com Helena te seguindo.

(DEMETRIO ENTRA E HELENA LOGO ATRÁS)

DEMETRIO:         Onde está Lisandro e Hermia? Você disse que eles estariam aqui! E Pare de ficar andando atrás de mim, Helena! Que desagradável.

HELENA: Não consigo! Não posso te largar, te amo tanto. Peço para que me dê ao menos uma chance, e verá que sou a mulher ideal para ti!

DEMETRIO: Já disse que meu coração pertence a Hermia, não quero você. Estou aqui para encontrar e levá-la ao castelo, onde poderemos nos casar como combinado.

HELENA: Amado Demétrio, não desistirei de você!

(DEMETRIO SAI E HELENA ATRÁS)

( PUCK ENTRA COM A FLOR NA MÃO)

(OBERON SAI DE TRÁS DA ÁRVORE)

PUCK: Aqui está, senhor!

(OBERON PEGA A FLOR E AMASSA PARA EXTRAIR O SUCO)

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.4 Kb)   pdf (100.1 Kb)   docx (13.1 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com