TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalhos SA

Por:   •  13/10/2014  •  465 Palavras (2 Páginas)  •  313 Visualizações

Página 1 de 2

O conceito de saúde foi redefinido em 1948, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como “estado de completo bem-estar físico, mental e social”, passando de uma visão mecânica da saúde para uma visão abrangente e não estática do processo saúde-doença. A definição de saúde presente na Lei Orgânica de Saúde (LOS), nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, demonstra ser mais ampla pela explicitação dos fatores determinantes e condicionantes do processo saúde-doença. Segundo a LOS, “a saúde tem como fatores determinantes e condicionantes, entre outros, a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, o transporte, o lazer, o acesso a bens e serviços essenciais; os níveis de saúde da população expressam a organização social e econômica do país”.

A partir do conceito atual de saúde, faça uma análise da situação de saúde do bairro onde você mora, procurando identificar os pontos convergentes e divergentes em relação à definição de saúde encontrada na LOS. Descreva os pontos e justifique cada fator de convergência e divergência. Para essa tarefa, utilize o texto de leitura obrigatória para fundamentar a sua resposta.

Resposta:

A pesquisa realizada no bairro Dr. Albuquerque foi complexa, como são complexos os problemas de saúde. Foi necessário o conhecimento e análise, a utilização de:

*enfoque clínico: que identifica os problemas em sua dimensão biológica e individual;

*enfoque epidemiológico: que identifica os problemas em grupos populacionais;

*enfoque social: que identifica os problemas na população, tendo em vista os processos de desenvolvimento econômico, social e político que constituem os determinantes sociais dos problemas e necessidades de saúde.

Considerando esses enfoques, identificam-se os objetivos do processo de trabalho de saúde, que são, por tanto os danos, agravos, risco, e determinantes das condições de vida da população.Para tudo que o bairro possuir,pode-se concluir que não há apenas um objeto,mas vários objetos do processo de trabalho de vigilantes(s) em saúde.Assim como são vários os objetos,são múltiplas as intervenções

Cada um dos enfoques privilegia um modo de intervenção desde o diagnósticos e tratamento individuais (enfoque clínico),controle sanitário de bens e serviços de saúde,controle de vetores,ações de prevenção,educação de sanitária,(enfoque epidemiológico),até a intervenção sobre os determinantes sociais,que,como já citado,é sempre de caráter intersetorial e multidisciplinar(enfoque social).

Devemos estar sempre atento ao que acontece com as famílias de seu território, identificando com elas os fatores socioeconômicos, culturais e ambientais que interferem na saúde. Ao identificar

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.3 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com