TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A ABORDAGEM GRUPAL E FAMILIAR NA PERSPECTIVA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NA PREVENÇÃO AO USO DE ÁLCOOL O OUTRAS DROGAS

Artigo: A ABORDAGEM GRUPAL E FAMILIAR NA PERSPECTIVA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NA PREVENÇÃO AO USO DE ÁLCOOL O OUTRAS DROGAS. Pesquise 797.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  6/6/2014  •  377 Palavras (2 Páginas)  •  769 Visualizações

Página 1 de 2

O presente trabalho tem como propósito apresentar a relação do Centro de Referência de Assistência Social – inserido no Bairro do Prado Velho, localizado no Município de Bagé/RS - com a política PNAD (Política Nacional sobre Drogas). Ao considerar-se a integralidade das Políticas Assistências com as Políticas setoriais, no sentido de complementariedade, assinala-se que é nesta inter-relação onde o serviço se constitui e se dispõe como mecanismo de enfrentamento e prevenção ao uso de drogas. O CRAS atua dentro da Proteção Social Básica em territórios de risco e extrema vulnerabilidade social, ao trabalhar com famílias e indivíduos em seu contexto comunitário. Na contemporaneidade, a mudança de paradigma quanto ao modelo de padrões familiares, leva-nos a considerar a importância da construção de novas referências para a compreensão do território. A partir desta compreensão, a equipe entende a importância de trabalhar a prevenção ao uso abusivo de álcool e outras drogas, partindo da interpretação de que o CRAS está inserido numa área de violência, onde o uso e o tráfico de drogas estão presentes. Como objetivo, busca-se promover reflexões e ações preventivas frente ao contexto apresentado, através da busca ativa e dos atendimentos e acompanhamentos psicossociais, bem como as atuações nos Grupos de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. A metodologia utilizada vem a ser a pesquisa-ação, com finalidade de proporcionar de formas variadas a participação emancipatória, a qual possui como essência a ação do processo de transformação social. Na práxis do serviço, pretende-se abordar a temática a respeito do uso/abuso de drogas nos grupos de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, nas diversas faixas etárias que os compõe. Como indicativos de resposta espera-se obter transformação sobre os atos de pensar, criar e agir, através da participação e construção da autonomia dos sujeitos, onde a investigação da prática pode despertar processos de avaliação e reflexão continuada através do aprender mais, sendo esta parte integrante do processo. A partir do ano de 2013 no munícipio de Bagé, a política de Assistência Social buscou a integralidade com a Política Setorial PNAD, a fim de trabalhar a prevenção dentro do território do CRAS- Prado Velho. Ao focar a atenção no fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, busca-se prevenir situações de risco por meio do desenvolvimento de potencialidades no enfrentamento ao uso abusivo de drogas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.5 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com