TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES DENTRO DO CONTEXTO ECONÔMICO ATUAL

Trabalho acadêmico: A GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES DENTRO DO CONTEXTO ECONÔMICO ATUAL. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  11/10/2013  •  Trabalho acadêmico  •  5.171 Palavras (21 Páginas)  •  205 Visualizações

Página 1 de 21

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

JOCIANE STOLARSKI SCHELBAUER DE LIMA

A GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES DENTRO DO CONTEXTO ECONÔMICO ATUAL

Rio Negro

2012

JOCIANE STOLARSKI SCHELBAUER DE LIMA

A GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES DENTRO DO CONTEXTO ECONÔMICO ATUAL

Trabalho apresentado ao Curso Tecnologia em Getão de Recursos Humanos da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas Teorias da Administração, Relações interpessoais, Tecnologia em Desenvolvimento Humano, Análise Economica e Social. .

Prof. Eisete Z. de Oliveira

Henry Nonaka

Joenice Leandro Diniz

Ulysses Januzzi

Rio Negro

2012

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 4

2. TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO 5

3. RELAÇÕES INTERPESSOAIS 10

4. TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO HUMANO 16

5. ANALISE ECONOMICA E SOCIAL 18

6 CONCLUSÃO 20

REFERENCIAS 21

1. INTRODUÇÃO

As transformações estruturais das sociedades, provocadas pela globalização, desafiam as Ciências Sociais a pensar o mundo como uma sociedade sem fronteiras. Vivemos em uma era onde capital humano, nunca foi tão valorizado como nos dias de hoje, é considerada a nova força econômica onde o talento humano influencia diretamente para o sucesso de suas organizações. E com todas essas transformações exige conhecimento para gerenciar e implementar essas modificações dentro das contexto organizacionais, com isso o gestores procuram profissionais não só com habilidades técnicas, mas principalmente com habilidades conceituais, isto enfoca diretamente na área de recursos humanos onde os níveis intermediários vem reduzindo-se, o mercado procura profissionais dinâmicos, de amplo conhecimento e atitudes para os níveis institucionais. Para adaptação das organizações no mercado que exige cada vez mais, como vivemos em um a sociedade capitalista o administrador além de ter o papel de administrar também tenta reduzir seus custos ao máximo, Pois com a era do conhecimento em alta a sociedade torna-se capitalista exigindo o melhor produto com alta tecnologia, o melhor atendimento, e a satisfação pessoal (Status), a organização que não oferece essas condições não consegue se mantiver no mercado por muito tempo.

2. TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO

A importância do estudo Da Teoria da Administração vem do passado, onde estudiosos provaram como podemos melhorar cada vez mais o jeito de administrar podemos citar alguns a seguir.

Frederick W. Taylor desenvolveu estudos a respeito de técnicas de racionalização do trabalho dos operários. Suas ideias preconizavam a prática da divisão do trabalho, onde se seguia os métodos, onde havia controle sobre as ações, os colaboradores eram visto como peça de uma maquina, por isso tinha o controle, pois se uma peça não funcionava atrapalhava o funcionamento da maquina, e quebrava a produção.

Henry Gent Trabalhou com Taylor na Amidale Steel Coo. Desenvolveu métodos gráficos para representar planos e possibilitar melhor controle gerencial.

Henry Ford é visto como um dos responsáveis pelo grande salto qualitativo no desenvolvimento organizacional atual. Ciente da importância do consumo em massa, lançou alguns princípios para agilizar a produção, reduzir os custos e o tempo de produção, padronização de produtos, corte de custos, mas contrapartida prejudicava a flexibilidade dos produtos.

Podemos citar Frank Gilbreth seguiu um percurso similar, embora independente da de Taylor, era defensor da maioria dos princípios da Administração Científica.

Todos contribuíram para a evolução do jeito de administrar, e algumas dessas teorias sofreram modificações com o decorrer dos tempos.

Segundo SILVA (2010) As principais escolas que contribuíram com o desenvolvimento das diversas teorias acerca da Administração foram: a Escola das Relações Humanas, a Escola do Sistema Social, a Escola Behaviorista, e a Escola Neoclássica. Propiciaram o estudo do planejamento, direção, organização e controle das atividades, como um complexo de estruturação e princípios voltados para a prática dentro de uma organização.

Onde fica claro em nossa visão que essas escolas contribuíram para o surgimento de profissionais de proativo, que sabem usar princípios, técnicas e ferramentas administrativas, decidem e solucionam problemas, lidam com pessoas com facilidade, transmitem aos colaboradores com eficiência, negociam com habilidade, conduzem mudanças, e com todas essas ferramentas os profissionais conseguem cooperação de seus colaboradores, solucionam conflitos, tem uma visão global e sistêmica da estrutura organizacional, onde administram com responsabilidade e profissionalismo visando sempre à eficácia dentro das organizações onde atuam, sempre querendo administrar da melhor forma possível, como vivemos em um a sociedade capitalista o administrador além de ter o papel de administrar também tenta reduzir seus custos ao máximo, isto enfoca diretamente na área de recursos humanos aonde o nível intermediário vem reduzindo-se, o mercado procura profissionais dinâmicos, de amplo conhecimento e atitudes para os

...

Baixar como (para membros premium)  txt (32.8 Kb)  
Continuar por mais 20 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com