TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATPS DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Dissertações: ATPS DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  27/5/2014  •  9.355 Palavras (38 Páginas)  •  221 Visualizações

Página 1 de 38

Desenvolvimento Economico

Imprimir Trabalho!

Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Outras

Enviado por: KelvinRosi 20 junho 2013

Palavras: 9396 | Páginas: 38

SUMÁRIO

Introdução

1. Medidas de Desenvolvimento Econômico

1.1. PIB - Produto Interno Bruto

1.2. IDH – Índice de Desenvolvimento Humano

1.3. Índicede Gini

1.4. Curva de Lorenz

2. Analise dos Conceitos Econômicos

2.1 Motivos para as variações da distribuição de renda e o IDH do Brasil

3. BRICS

3.1. Brasil

3.2. Rússia

3.3. Índia

3.4. China

3.5. África do Sul

4. IDH – Aquidauana/MS

4.1 O IDH 19

5. Análise Comparativa sobre os Indicadores Econômicos nos Países do BRICS

5.1 Brasil/Rússia/Índia/China e África do Sul

6. Conclusões Finais

6.1 Breve comentário sobre o IDH da região (local)

6.2 A influência do ensino superior no desenvolvimento pessoal e profissional dos habitantes

6.3 Evoluções do desenvolvimento econômico dos países do BRICS e a influência do bloco na economia mundial

7. Conclusão

8. Bibliografia

INTRODUÇÃO

Este trabalho foi elaborado por alunos da 5ª Série do Curso de Administração da Faculdade Anhanguera Uniderp Aquidauana e em seu desenvolvimento foram analisadas várias fontes de pesquisa e irá mostrar a Produção de um Artigo Cientifico, onde serão analisadas as principais medidas no desenvolvimento econômico entre países comparando aspectos das economias e também analisar outros dados e indicadores dos Países do BRICS.

Ao longo da história do sistema capitalista, pode-se afirmar que, explicita ou implicitamente, os intelectuais que se dedicaram ao estudo do desenvolvimento econômico procuravam explicações para as seguintes questões, por que algumas nações são tão ricas e outras são tão pobres.

Nenhuma questão me obcecou tanto como esta, porque eles encontraram o caminhamento certo, o do desenvolvimento, e nós o errado, o do subdesenvolvimento: eu compreender, a partir da análise estrutural, que o Brasil era uma constelação de formas de subdesenvolvido, mais de dois terços da população está vivendo em condições de extrema pobreza.

O produto interno bruto (PIB) por habitante

Esse termo usado para se referir ao Brasil, Rússia, Índia e China como grandes mercados emergentes. Para a organização política que também inclui a África do Sul, veja BRICS.

1. MEDIDAS DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

1.1 PIB - Produto Interno Bruto

O PIB (Produto Interno Bruto) é um dos principais indicadores do potencial da economia de um país. Ele revela o valor (soma) de toda a riqueza (bens, produtos e serviços) produzido por um país em um determinado período, geralmente um ano.

O resultado do PIB é divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e pode ser feito mensalmente, trimestralmente, anualmente ou conforme a necessidade. Através deste resultado podemos fazer comparações com outros países e também com outros períodos para sabermos o quanto cresceu ou diminuiu a produção de um país de um ano para outro.

O primeiro fator que influencia diretamente a variação do PIB é o consumo da população. Quanto mais as pessoas gastam, mais o PIB cresce. Se o consumo é menor, o PIB cai. O consumo depende dos salários e dos juros. Se as pessoas ganham mais e pagam menos juros nas prestações, o consumo é maior e o PIB cresce. Com salário baixo e juro alto, o gasto pessoal cai e o PIB também. Por isso os juros atrapalham o crescimento do país. Os investimentos das empresas também influenciam no PIB. Se as empresas crescem, compram máquinas, expandem atividades, contratam trabalhadores, elas movimentam a economia. Os juros altos também atrapalham aqui: os empresários não gastam tanto se tiverem de pagar muito pelos empréstimos para investir. Os gastos do governo são outro fator que impulsiona o PIB. Quando faz obras, como a construção de uma estrada, são contratados operários e é gasto material de construção, o que ele eleva a produção geral da economia. As exportações também fazem o PIB crescer, pois mais dinheiro entra no país e é gasto em investimentos e consumo.

PIB per capita Os indicadores econômicos agregados (produto, renda, despesa) indicam os mesmos valores para a economia de forma absoluta. Dividindo-se esse valor pela população de um país, obtém-se um valor per capita, um valor médio. O valor per capita é muito mais representativo sobre a qualidade de vida de um país do que os valores brutos ou líquidos, já que alguns países pobres, como Índia e China, possuem PIB elevado por causa da grande

população, porém o seu PIB per capita é baixo (já que a renda passa a ser dividida por muitas pessoas). Por outro lado, países como a Noruega e a Áustria possuem valor de PIB moderado, mas o suficiente para manter a qualidade de vida de seus poucos milhões de habitantes elevada. Desempenho do PIB no Brasil Ano de 2004: (2004-julho a 2005-junho) = expansão de 4,4%; 2005 = estimado em R$ 1.937.598 (em milhões); 2005-julho a 2006-junho = crescimento de 1,7%; 2006 (primeiro trimestre).

De acordo com o IBGE, nesse período foram produzidos no país R$ 478,9 bilhões; sendo R$ 277,8 bilhões de consumo das famílias; R$ 97,69 bilhões de investimentos; R$ 84,56 bilhões de consumo do governo e R$ 54,25 bilhões de impostos; 2006 (entre abril e junho)= a produção diminuiu 0,3% em relação ao trimestre janeiro-março; 2006 (primeiro semestre) = aumento de 2,2%; 2006 (geral) = o crescimento acumulado pode não chegar a 3%;

1.2 IDH – Índice de Desenvolvimento

...

Baixar como (para membros premium)  txt (62.6 Kb)  
Continuar por mais 37 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com