TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Curso básico Para Resolver Problemas (Ken Watanabe)

Por:   •  9/12/2013  •  2.940 Palavras (12 Páginas)  •  457 Visualizações

Página 1 de 12

Prefácio

Por que aprender técnicas de resolução de problemas?

Todos nós temos que tomar decisões, seja em qual área/ocasião for. Não importa a dimensão do problema, sempre estabelecemos metas, enfrentamos desafios e lutamos para superá-los.

Um dos objetivos do livro é apresentar um método simples de lidar com os problemas do dia a dia. Resolver problemas não é uma habilidade, é uma mentalidade, uma maneira de pensar que levas as pessoas a darem o melhor de si e a moldarem a vida de uma forma positiva. Em vez de aceitarem o status quo, os verdadeiros solucionadores de problemas estão constantemente tentando transformar o ambiente em que vivem.

Capítulo 1

Jovens solucionadores de problemas e seus amigos

Existem várias atitudes que podem atrapalhar as pessoas na hora de superar um obstáculo. Abaixo estão listadas algumasdestas atitudes e suas principais características:

- Desistir sempre que se depara com o menor desafio. Às vezes tem ótimas ideias e acredita saber como driblar uma determinada situação, porém tem medo de falhar e de ser ridicularizada pelos outros. Não consegue assumir o controle da própria vida.

- Ser um crítico profissional. Qualquer que seja o plano, está sempre pronto a apontar defeitos e a depreciar as ideias de todos. Está sempre disposto a culpar alguém quando as coisas dão errado. Tem muito a dizer sobre o erro dos outros, mas não coloca em prática ideias próprias.

-Viver com a cabeça nas nuvens. Adora ter ideias, mas raramente tenta colocá-las em prática. Nunca se dá ao trabalho de descobrir como transformá-las em realidade. Se satisfaz em apenas pensar em seus sonhos grandiosos.

- Executar sem traçar um plano.Não se preocupa com os problemas, nem cultiva pensamentos negativos. Poderia obter resultados melhores, se refletisse antes de executar suas ações. Acha que qualquer problema pode ser resolvido com mais empenho. Quando decide de que forma vai resolver uma questão, se recusa a mudar de idéia no caminho.

Já os solucionadores de problemas têm um talento real para fixar metas e chegar lá. Conseguem superar os desafios com tranqüilidade. Não se martirizam por causa das dificuldades que enfrentam. Refletem sobre as causas básicas de seus problemas e traçam um plano eficaz antes da ação e ao longo dela, além de estarem sempre dispostos a adaptar seu planejamento à medida que surgem novos desafios. Adoram aprender com seus sucessos tanto quanto com seus fracassos.

Saber resolver problemas é uma questão de hábito. Ao desenvolver as habilidades adequadas e adotar a atitude correta, qualquer pessoa pode se tornar um solucionador de problemas.

Os solucionadores de problemas não só alcançam suas metas com mais rapidez, como também se desenvolvem mais rápido. Avaliam o impacto de suas ações e procuram aprender com suas experiências, sejam elas positivas ou negativas.

O que é “resolução de problemas”?

Resolução de problemas é um processo que pode ser decomposto em quatro etapas: (1) entender a situação atual; (2) identificar a causa básica do problema; (3) desenvolver um plano de ação eficaz; e (4) executá-lo até que o problema seja resolvido, fazendo as modificações necessárias.

Antes de resolver qualquer coisa, você precisa perceber que o problema existe. Depois disso, é fundamental refletir sobre as maneiras possíveis de resolvê-lo e, a seguir, tomar atitudes específicas. O método de resolução de problemas é uma combinação de pensamento e ação. Fazer apenas uma das duas coisas não leva a nada.

Capítulo 2

Salve os cogumelos mágicos!

Três anos atrás, a Senhorita Cogumelo e dois amigos, Berinjela e Tofu, formaram uma banda de rock chamada cogumelos mágicos.

Berinjela pediu ao irmão mais velho que lhe emprestasse a guitarra e começou a aprender sozinho a tocar. Tofu treinou com um par de pauzinhos chineses e uma caixa de papelão até conseguir comprar uma bateria usada um ano depois. A Senhorita Cogumelo cantava tão mal que Berinjela e Tofu tinham de tapar os ouvidos. Mas em três anos ela melhorou consideravelmente e já sustentava uma voz rouca maravilhosa.

Um certo dia, o trio voltava da escola para casa, quando Senhorita Cogumelo anunciou que eles se apresentariam no ginásio do colégio no próximo sábado, e que assim seria todos os meses.

Decorridos três meses, os Cogumelos Mágicos haviam realizado três apresentações, porém Senhorita Cogumelo estava zangada, pois só havia 15 pessoas na

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.5 Kb)  
Continuar por mais 11 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com