TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

"INTRODUÇÃO - A NOÇÃO DE CIÊNCIA POLÍTICA" DUVERGER, Michel in: Ciência Política, Teoria e Método

Por:   •  26/3/2017  •  Resenha  •  563 Palavras (3 Páginas)  •  755 Visualizações

Página 1 de 3

INTRODUÇÃO - A NOÇÃO DE CIÊNCIA POLÍTICA

DUVERGER, Michel. “Introdução” In: Ciência Política, Teoria e Método. Rio de

Janeiro: Ed. Zahar, 1976, p. 9 -39

Na introdução de sua obra, Duverger busca responder o questionamento - “O

que é Ciência Política?. Se dizendo incapaz de dar uma definição precisa, pois nas

ciências de observações as definições são apenas provisórias, onde novas

descobertas pode alterar seus significados colocando o tema novamente em

discussão. Sendo assim, o autor busca levar ao leitor uma “noção” da ciência

política, aproximando-os de várias definições, conceitos e fatores históricos.

Ao tentar definir o objeto da ciência política o autor encontra um fator comum:

todas as definições giram em torno da noção de poder. Para Leon Duguit, poder era

a distinção entre “governantes e governados”, porém o Duverguer não vê nitidez

nessa definição, Na teoria pura da democracia, todos são governantes e

governados ao mesmo tempo, tornando-se algo mais complexo.

Encontrado o objeto, o autor busca os elementos do poder. Um fenômeno de

força, coação e coerção. Listando primeiro a coação física, em seguida a econômica

e por fim a pressão social difusa. Independente da forma retratada, todo o poder

repousa sobre a crença de obediência dos governados. Trazendo para o texto o

conceito de legitimidade. Nesse ponto o texto traz um alerta, pedindo que o leitor

não confunda poder com dominação.

Ao trazer diferentes concepções da ciência política o autor mostra a relação

do estudo do “poder” com o estudo do “Estado”, para alguns essa é a “Ciência do

Estado”. Juridicamente, foi se fortalecendo o conceito atual de “Estado soberano”,

tornando-se natural a necessidade de uma ciência que o estudasse. Uma definição

restrita. Outra definição mais intermediária refere-se como a “ciência do poder”,

afinal a sociedade é complexa e possui uma pluralidade de grupos e dentro deles

pode parecer “facções” e “coalizões”. Como “ciência do poder”, ele aborda as

variadas formas de uso, como a do poder baseado por coação física (o uso da força

em oposição a outras formas de poder), inclusive o Estado possuindo o poder mais

bem equipado e organizado. Tornando-se esta definição a mais ampla

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.9 Kb)   pdf (42.8 Kb)   docx (12.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com