TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Trabalho de Petróleo e Gás

Por:   •  1/2/2019  •  Pesquisas Acadêmicas  •  4.454 Palavras (18 Páginas)  •  12 Visualizações

Página 1 de 18

INDICE

  1. INTRODUÇÃO        2

1.2. Definição do problema        3

1.3. Objectivos da pesquisa        4

1.3.1. Objectivo Geral        4

1.3.2. Objectivos Específicos        4

1.4. Justificativa        4

1.5.  METODOLOGIA        5

1.5.1. Tipo de pesquisa        5

1.5.2. Métodos de Colecta de Dados        6

2. Histórial da Província de Cabo Delgado        6

3. Gás Natural        7

3.1. Descobrimento do Gás        8

4. Prospecção de Hidrocarbonetos em Moçambique        9

4.1. Impactos ambientais resultantes da exploração do Gás natural        10

4.2 Impactos ambientais as espécies marinhas        11

4.3. RESUMO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS        13

Considerações Finais        17

Referências bibliográficas        18

  1. INTRODUÇÃO

A descoberta gás natural no século XXI é diferente do que foi no século XX ou de tempos mais remotos. Porque a descoberta e a exploração do gás nos meados do século passado era tão difícil, principalmente para os países do Terceiro do Mundo. O século XX foi marcado significativamente por guerras, em todo lado e por todo o canto do planeta, e os países canto do planeta, e os países do Terceiro Mundo, da América Latina, Sul Ásia, África e até do Médio Oriente foram as principais vítimas. Em África, a maior parte dos países lutavam para se libertarem da dominação colonial e os que já estavam independentes pouco depois dos anos 60, tinham poucas orientações, e conhecimento de como fazer uma boa gestão política que atendesse às necessidades da população e em muitos casos já eram ou tornaram-se vítimas de neocolonialismo. Outros já estavam mergulhados em guerras civis alimentadas pelos recursos naturais.

Moçambique tem o privilégio de descobrir gás no século XXI. Já existem tecnologias de ponta antes inexistentes, conhecimento de boas práticas na gestão de recursos, alargamento de mercado, o aumento da preocupação com a degradação ambiental/uso de energias limpas e verdes, com a sustentabilidade e a predominância do paradigma do desenvolvimento sustentável (ECO 92 e RIO+20) e da boa-governação.

A mera descoberta de gás só muda o status de Moçambique e não da situação ou condições de vida dos moçambicanos. O País pertence a lista dos países com reservas expressivas do gás e constitui uma atracção mundial em termos de investimentos. Mas a mudança da situação dos moçambicanos será produto de exploração sustentável do gás, carvão e outros recursos resultantes da boa-governação e dos investimentos na educação, saúde, agricultura, na construção de infraestruturas e noutras potencialidades em Moçambique como o Turismo, Pescas.

  1. Definição do problema

Em Moçambique, as indústrias extractivas quer mineira, de Petróleo e de gás natural, contribuem com uma porção significativa e cada vez mais crescente para os rendimentos do Governo destinados ao desenvolvimento

As reservas de gás natural dos campos de Pande/Temane, na província de Inhambane estimam-se em mais de 5 milhões.

É notável cada vez mais nos países desenvolvidos explorarem recursos nos Países em desenvolvimento fornecendo hoje razoável parcela de recursos minerais e energéticos para os Países costeiros. Com a descoberta de novos recursos potenciais em águas cada vez mais profundas e com o esgotamento das reservas em terra, é inevitável o incremento destas actividades para suprir as demandas de uma população mundial igualmente crescente.

A exploração do gás causa deslocação das populações residentes, para esta população, ha perda de habitações e infraestruturas associadas ao agregado familiar, actividades de subsistência e bens comunitários. Por outro lado, o acesso a áreas de valor de recursos naturais colectivos (como florestas, pastagens arborizadas, planícies de inundação, vegetação das dunas, árvores de fruto e plantações de coqueiros), será perdido permanentemente, devido à aquisição dos terrenos necessários para o projecto. A pesca e o transporte marítimo serão afectados pelas acvidades do projecto na Baía de Palma durante as fases de construção e operação, por causa do aumento do tráfego de navios e zonas de exclusão de segurança em torno das infra-estruturas do projecto. Ainda que a perda de terra e da infra-estrutura associada, sendo permanente, terá um impacto de intensidade e magnitude altissimas, e os impactos associados manter-se-ão altos mesmo após a fase da construção, o que pressupõe aquelas terras estarem perdidas para qualquer outro uso.

 Pois estas inquietações vem, provocando uma série de questões:

- Como serão os prejuízos a curto e longo prazo que a exploração do gás causará ao meio ambiente circundante e extenssivo?

- Como estão a ser aplicados os planos directores de mitigação de esgotamento dos reservatórios como impacto ambiental negativo destas actividades?

1.3. Objectivos da pesquisa

1.3.1. Objectivo Geral

  • O objectivo primordial é reconhecer a depleção dos reservatórios de gás como impacto ambiental irreversível;

1.3.2. Objectivos Específicos

Com vista a atingir o objectivo traçado, foram definidos os seguintes objectivos específicos:

  • Estudar consequências devastadoras que a exploração do gás trará a biodiversidade da região da bacia do rovuma;
  • ressaltar o esgotamento dos reservatórios como impacto ambiental negativo destas actividades.

  1. Justificativa

O gás é um recurso especial, por ser uma fonte de energia limpa e verde, isto é que menos polui o ambiente em relação ao carvão e petróleo, mas sobretudo porque a sua exploração comporta um carácter diferente. A exploração do gás em águas profundas como é o caso da Bacia do Rio Rovuma comporta enormes desafios, devido a complexidade inerente ao processo. A uma decada  anos atrás era impraticável a exploração em águas profundas porque não havia conhecimento e nem tecnologia necessária para tal exercício.

Foram descobertos no país jazigos de gás e carvão que contam entre os maiores do mundo. De acordo com o Instituto Nacional de Petróleo[1], Moçambique possui mais de 2,8 biliões de metros cúbicos de reservas de gás, comparáveis às reservas do Iraque. A maneira de lidar com esses recursos naturais caracterizará o futuro desenvolvimento do país. De acordo com estimativas, os rendimentos provenientes desses recursos naturais porá um fim na dependência de dinheiros internacionais da cooperação para o desenvolvimento que atinge cerca de 40 por cento do orçamento do Estado, nos próximos cinco até dez anos. Moçambique precisa de combater o paradoxo da riqueza mediante criação de instituições para o controlo e distribuição de recursos provenientes de matérias-primas. Para isso são fundamentais as condições básicas do Estado de Direito, a fim de estabelecer padrões obrigatórios e a serem respeitados no fomento de recursos, que até o presente momento são inexistentes ou insuficientes.

Sucede porém que há necessidade de monitoramento, que visem quantificar a capacidade de recolonização dos ambientes afetados. Além disso, devem ser adoptados protocolos rigorosos para escolha de métodos de exploração e extração e avaliação de impacto, incluindo testes de operação de sistemas de lavra, além de garantir a implementação de medidas para mitigação do impacto ambiental.

1.5.  METODOLOGIA

1.5.1. Tipo de pesquisa

Tendo em conta a natureza, o objectivo e o contexto do problema será adoptado o método descritivo e explicativo, considerando que com o trabalho pretende-se apresentar o Sistema de Informação Geográfica como ferramenta de integração, planeamento e gerenciamento de informações na gestão ambiental, e esta apresentação terá de partir da necessidade destas ferramentas para o gerenciamento dos fenómenos ambientais. Que segundo, (Gil, 2008) a Pesquisa descritiva descreve as caracteristicas de determinadas populações ou fenómenos. E a pesquisa explicativas têm como preocupação central identificar os factores que determinam ou que contribuem para a ocorrência dos fenômenos. Salienta ainda o mesmo autor que, uma pesquisa explicativa pode ser a continuação de outra descritiva, posto que a identificação dos factores que determinam um fenômeno exige que este esteja suficientemente descrito e detalhado.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (29.1 Kb)   pdf (676 Kb)   docx (1.9 Mb)  
Continuar por mais 17 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com