TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha submetida à Disciplina de Metodologia Científica do Curso de Direito

Por:   •  14/3/2016  •  Resenha  •  394 Palavras (2 Páginas)  •  250 Visualizações

Página 1 de 2

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ – UNIVALI

Centro de ciências sociais e jurídicas - cejurps

campus balnério camboriú

cURSO DE DIREITO

no amor, na guerra e na política

Resenha submetida à Disciplina de Metodologia Científica do Curso de Direito, 1°período, Universidade do Vale do Itajaí – UNIVALI, como requisito parcial à obtenção de uma das notas da M3.

Orientador: MSc. Professora Mara Nair Jenichen

Balneário Camboriú, 22 de setembro de 2014

no amor, na guerra e na política

LUFT, Lya. No amor na guerra e na política. Veja, São Paulo: Abril, 2392 ed. ano 47, n 39, set. 2014, p. 24.

Brasileira, diplomou em Pedagogia e em Letras Anglo-Germânicas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. É  professora da UFRGS aposentada e colunista da revista mensal Veja. Lya Luft começou a escrever poemas, reunidos no livro Canções de limiar (1964). Em 1972, foi publicado seu segundo livro de poemas, intitulado Flauta doce. Em 1978, foi lançado sua primeira coletânea de contos, Matéria do Cotidiano.

A utilização de frases na adolescência a fim de justificar pequenos delitos, sendo uma delas: “no amor e na guerra vale tudo”, transcendeu o limite etário alcançando os adultos políticos, que a seu bel-prazer, buscam as garantias que o poder lhes proporciona, utilizando dos meios mais sórdidos duramente reprovados com o intuito de alcançarem seus objetivos. Aplicando golpes sorrateiros, vem transformado o cenário politico em campo de batalha, tendo por vitimas desse bombardeio indecente: a verdade e da decência. A mídia tem nos mostrado os descasos e escândalos provocados pelos detentores do poder, o otimismo e os projetos não passam de puras lorotas. Nessa batalha indecente, que tem como munição a falácia, e alvo, nós, os eleitores sedentos por mudanças, esgotados da energia para compreender que na guerra no amor e agora, na politica, tudo não pode valer.

A escritora conclui que circunstâncias prejudiciais vêm abalando a crença e a esperança de se construir um país mais digno e justo, o que era uma brincadeira de criança, hoje se tornou lema nas disputas políticas deixando a população desacredita para exigir mudanças.

Englobando um contexto social, a escritora da matéria tem como método abordado o dialético qualitativo de procedimento comparativo, identificando de forma explicativa a ocorrência de tais fenômenos por meio de pesquisas bibliográficas.

Refletido pelo modelo empírico transmitido pela área de conhecimento sócio-político, utiliza-se das Ciências Humanas para expor uma realidade que se tornou corriqueira nos dias atuais.

8 – critica do resenhista

9 – indicações do resenhista.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)   pdf (57.9 Kb)   docx (10.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com