TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

FILOSOFIA APLICADA AO SERVIÇO SOCIAL

Por:   •  20/11/2013  •  3.161 Palavras (13 Páginas)  •  334 Visualizações

Página 1 de 13

INTRODUÇÃO.

O presente trabalho tem como tema de pesquisa "A Filosofia Aplicada ao Serviço Social". Que a primeira vista é entendida como algo enigmático, porém é destacada como a forma de quebrar barreiras para o indivíduo através de seus esforços, procurando significados cada vez mais abrangentes, que indiquem respostas mesmo sendo provisórias, com o intuito de direcionar e compreender a vida humana. Relacionando e assemelhando as práticas dos assistentes sociais que se faz necessário à incorporação da ação investigativa como o instrumento para o exercício profissional.

A filosofia é entendida como algo enigmático, profundamente abstrato e distante da realidade. Essa visão decorre dos exemplos de trabalho dos pensadores que ao longo da história, refletiram e buscaram diferentes respostas sobre questões que continuamente fazemos ao longo da nossa existência indagações sobre conhecimento sobre valores, natureza, Essa inquietação vem da necessidade que todo ser humano tem de compreender o mundo, na busca dessa compreensão criamos novos significados questionando e tecendo uma teia de relações cada vez, mais abrangente que indiquem respostas mesmo que provisórias. Desta forma os primeiros passam para filosofia a inquietação que conduz ao questionamento como objetivo e reflexão, que nos permite recuar e nos distanciar dos fatos aparentemente banais para buscarmos seus fundamentos.

As principais características da filosofia são: racionalidade com seus princípios, regras e responder de formas conclusivas problemas pondo em análise suas respostas, provando que é verdadeira; nunca aceitar de imediato as explicações que lhes são impostas, procurando investigar, encontrar solução para cada problema e generalização mostrando que uma explicação tem validade muitas situações e coisas diferentes.

A importância social da filosofia é quebrar barreiras para o individuo através de seu esforço alcance um estado pleno de satisfação que ocasionara um momento de felicidade, pois o conhecimento a finalidade de fazer com que ele entenda o breve momento atingido.

DESENVOLVIMENTO

Para nós o mundo e a realidade não são mesma coisa. A segunda provém basicamente da permanência e da durabilidade do mundo. Se o homem soubesse que o mundo acabaria quando ele morresse, logo depois, esse mundo perderia toda a sua realidade de fato parece que o mundo não é só feito de casas, estradas, escolas, muros, paredes e tudo aquilo que a gente pode tocar. Mas principalmente, mundo é aquilo que a gente tem e carrega dentro da gente. “Amor para dar, ânimo para trabalhar, coragem para mudar ou não realidade é como o mundo é”, ou "realidade é aquilo como as coisas são”. Pelo contrário: o homem é o construtor do mundo, o edificador da realidade. O ser humano é um ser que pensa ser racional que tem o poder para fazer o bem e o mal, que pode fazer o mal e até matar seu semelhante por prazer, é um ser que às vezes não pensa nas conseqüências e coloca sua vida em risco para salvar a vida de outra pessoa mesmo que ela lhe seja desconhecida, é o ser capaz de fazer coisas belas e também coisas terríveis como seus semelhantes, é um ser que pode amar e odiar como o mesmo fervor e intensidade. É como viver numa sociedade nós temos que ser educados , saber respeitar a opinião dos outros, sem deixar que não respeitem a sua.Ter um sentimento coletivo, ser solidário, e ter espírito de cooperação. Compartilhar tudo que ela oferece saúde, trabalho, educação, pagamento de impostos, documentação, convívio familiar e social, entretenimentos, religião e outras coisas que faz do individuo uma pessoa livre e realizada.

Como vida social faz parte do nosso processo de individuação. É através dela que nós buscamos referenciais para nossa própria subjetividade. Como resultado ela influenciará na carreira que vamos escolher com quem vai passar, ou não, a vida. É uma forma também de identificação, já que procuramos na vida social, também tem a função de dizer para si quem você é. Desde que nascemos é o outro que diz quem é você, qual seu nome, o que vai vestir. Quando crescemos é você quem diz quem você é, através de suas vivencias, mas para isso você precisa de referenciais sociais

Não ter uma vida social não significa que alguém tem um problema, muitos possuem uma personalidade reservada e ou introvertida. Mas a ausência total pode, comprovadamente, a levar o sujeito a ter transtornos mais sérios, outro um pouco de nós numa troca continua de referencial.Também vemos que conhecimento na vida do ser humano é muito importante,porque são todas as informações adquiridas através da interação entre pessoas e fatos é baseado em verdade concretas ou justificáveis ,que ajudam

...

Baixar como (para membros premium)  txt (20.2 Kb)  
Continuar por mais 12 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com