TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Monge E O Executivo

Por:   •  19/8/2013  •  476 Palavras (2 Páginas)  •  64 Visualizações

Página 1 de 2

NO FINAL DOS ANOS 1990, eu me sentia num momento de glória. Estava empregado

em uma importante indústria de vidro plano e era gerente-geral de uma fábrica com mais

de quinhentos funcionários e mais de cem milhões de dólares em vendas anuais. Quando

fui promovido ao cargo, tornei-me o mais jovem gerente-geral da história da companhia,

fato de que ainda muito me orgulho. Tinha bastante autonomia de trabalho e um bom

salário, acrescido de bônus sempre que atingisse as metas da empresa.

Eu e Rachel, minha linda mulher com quem estou casado há dezoito anos, nos

conhecemos na Universidade Valparaíso, no estado de Indiana, onde me formei em

Administração de Empresas, e ela, em Psicologia. Queríamos muito ter filhos e lutamos

contra a infertilidade durante vários anos, de todas as maneiras. Rachel sofria muito com a

infertilidade, e nunca abandonou a esperança de ter filhos. Muitas vezes a surpreendi

rezando, pedindo um filho.

Então, em circunstâncias raras mas maravilhosas, adotamos um menino assim que

nasceu, lhe demos o nome de John (como eu) e ele se tornou nosso "milagre". Dois anos

depois, Rachel inesperadamente ficou grávida, e Sara, nosso outro "milagre", nasceu.

Aos quatorze anos, John Jr. estava iniciando a nona série, e Sara, a sétima. Desde o dia

em que adotamos John, Rachel passou a trabalhar em seu consultório de psicologia apenas

um dia na semana, pois achávamos que era importante ela dedicar-se o mais possível a

nosso filho. Por outro lado, esse dia de trabalho lhe proporcionava uma pausa na rotina de

mãe, permitindo que ela mantivesse sua prática profissional. A vida parecia muito

equilibrada em todos os sentidos, e nós nos sentíamos gratos por isso.

Além do apartamento na cidade, tínhamos uma casa muito bonita à beira do lago Erie,

onde navegávamos num barco à vela ou que percorríamos em jet ski. Havia dois carros

novos na garagem, tirávamos férias duas vezes por ano, e ainda conseguíamos acumular

uma poupança respeitável.

Como eu disse, aparentemente

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »