TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Diversidade Histórica

Por:   •  4/5/2013  •  Tese  •  832 Palavras (4 Páginas)  •  331 Visualizações

Página 1 de 4

Diversidade Histórica

Conjunto de características próprias, de costumes, de crenças juntas em um só lugar; é o conjunto de tudo isso que foi passado de geração para geração e ainda deixam marcas evidentes nas atuais sociedades.

Desde a década de 1970 acreditava-se inevitável o desaparecimento dos povos indígenas no Brasil, uma vez que sua população continuava a descrever conflitos interitnicos dentre outros. Surpreendendo as expectativas mais alarmantes a partir dos anos 80 consolidou-se um quadro de reversão da tendência de declínio de mografico. Restam poucas duvidas de que as condições de saúde dos povos indígenas são precárias colocando-as em uma posição de desvantagem em relação a outros segmentos da sociedade nacional.

MAGGIE, Ivonne. 1996. “Aqueles a Quem foi Negada a Cor do Dia”: As Categorias Cor e Raça na Cultura Brasileira. In Marcos Chor Maio e Ricardo Ventura dos Santos (orgs.). Raça, Ciência e Sociedade. Rio de Janeiro, Centro Cultural do Banco do Brasil/Editora da Fiocruz.

Fonte: fabiopestanaramos.blogspot.com.br

Diversidade cultural

A diversidade cultural são diferenças culturais que existem entre o ser humano, como: linguagens, danças, religião, vestuário e outras tradições. É algo associado à dinâmica do processo associativo.

A ideia de diversidade está ligada aos conceitos de pluralidade, multiplicidade, diferentes ângulos de visão ou abordagem heterogeneidade e variedade. E muitas vezes, também pode ser encontrada na comunhão de contrários, na intersecção de diferenças, ou ainda, na tolerância mútua. É complicada de quantificar, mas uma boa indicação é pensar em uma contagem do número de línguas faladas em uma região ou no mundo como um todo.

A diversidade cultural presente em nosso dia-a-dia convida-nos a conviver com diferenças de todas as ordens, exigindo de todos e cada um a tolerância e o respeito ao diferente. Mas não é fácil reconhecer e tolerar a “diversidade humana”. Isso muitas vezes é motivo de violentos conflitos e guerra.

Além das diferenças genéticas existem diferentes “modelos” sobre os quais construímos nossos conceitos, crenças, religiões, e o certo e errado podem ser diferentes a partir da cultura em questão.

A Diversidade cultural tem como função unir todas as diferenças culturais em uma única, bem como a forma que se organizam e suas concepções religiosas e morais, utilizando a linguagem, as danças, a maneira de se vestir e suas tradições, o termo diz respeito à variedade de ideias, caracterizando os diferentes elementos da convivência e de determinados assuntos, referindo-se também a crenças e a padrões de tempo e espaço, de diferentes ângulos de visões e abordagem.

Ser diferente não pode ser entendido como ser incapaz, inapto, alguém sem condição nenhuma de estar entre os “normais”. É urgente a necessidade de se buscar componentes que levam o homem a (re) construir sua mentalidade social onde ele seja capaz de ver o mundo constituído por grandes e reais diferenças humanas, e que essas diferenças não significam má qualidade ou valor inferior, mas riqueza de valores, completude.

“Poderia haver uma sujidade, uma impudência de qualquer natureza na vida cultural da nação

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.3 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com