TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Ambiguidade Estrutural

Por:   •  13/9/2018  •  Trabalho acadêmico  •  907 Palavras (4 Páginas)  •  5 Visualizações

Página 1 de 4

[pic 1][pic 2][pic 3][pic 4][pic 5]

Aluno(a):Ludimila da Silva Alves 

ATIVIDADE III

  1. A ambiguidade estrutural (veja a aula 10 do livro de Kanthack) é uma das melhores situações para compreender a noção de sintagma, pois ela demonstra que as sentenças são organizadas por blocos de palavras e não apenas como a junção de palavra por palavra como preconiza a gramática normativa. Partindo desse pressuposto e considerando as sentenças abaixo, responda:
  1. O estudante perdeu o livro de linguística.
  2. A empresa precisa de empregados competentes.
  3. O policial viu um menino com binóculos.
  4. A Maria gosta de doce de abóbora.
  5. O caçador feriu o leão com uma faca.
  1. Das sentenças acima há apenas 01 (uma) ambígua, marque a correta:

Letra C

  1. Qual é o sintagma responsável pela ambiguidade?

[ um menino com binóculos]

  1. Utilize o teste da clivagem e mostre as 02 (duas) leituras possíveis da sentença ambígua.

Leitura 1

[um menino com binóculos] A policial viu o menino que portava um binóculos.

Explicação: A expressão com binóculos , aqui é adjunto adnominal de menino.

Leitura 2

[um menino] [com binóculos].  O policial viu o menino com o auxilio de um binóculo

Explicação: Com binóculos, aqui, é adjunto adverbial

  1. Das sentenças abaixo, qual a que melhor representa a estrutura sintagmática [SN + SV + SN + SP + SN + SP + SN]:

Letra C

  1. A Maria ama o João.
  2. O João comprou um carro usado.
  3. O João doou dinheiro para a empresa do filho.
  4. O João precisa de dinheiro.
  5. O João disse que a Maria ama o Pedro.

  1. A estrutura sintática que melhor representa a sentença “O prefeito entregou uma escola de computação à comunidade pobre” é:

Letra E

  1. SV
  2. SN + SV + SADJ
  3. SN + SV + SP + SN + SP + SN + SADJ + SP
  4. SN + SV + SN + SP + SP + SADJ + SN + SADJ
  5. SN + SV + SN + SP + SN + SP + SN + SADJ

  1. Defina sintagma. Veja que a esta altura você tem “muitos panos pra manga”, tais como:
  • A visão da gramática normativa
  • Como as palavras são organizadas na sentença
  • Os tipos de sintagmas
  • Função sintática
  • Sintagma e paradigma, etc.

RESPOSTA:

O sintagma é “a unidade de função”, no dizer de Pottier. É uma combinação de unidades realizada pelo falante e que exerce uma única função no enunciado. Pode ser de três tipos:

  1. Sintagma nominal: formado por um substantivo ou grupo de substantivos e, eventualmente, seus adjuntos, que podem ser do tipo determinação ou do tipo adjetivação.

Exemplo 1: “este livro”- o substantivo “livro” recebe uma determinação.

Exemplo 2: “duas canetas”- a palavra “canetas” é a base substantiva (caneta) e recebe uma incidência determinante de tipo qualitativo.

  1. Sintagma verbal: formado por um verbo ou grupo verbal e seus adjuntos. Os adjuntos constituirão ou uma auxiliarização ou uma adjetivação.

Exemplo: “Ela está bebendo sofregamente”. -O verbo recebe a incidência da auxiliarização (está bebendo) e da adjetivação (está bebendo sofregamente).

  1. Sintagma circunstancial: São grupos preposicionais não-ligados, isto é, independentes da noção de regência. Em alguns casos, a preposição pode ser omitida. Esses sintagmas podem ser de tipo:

Nacional

Exemplo: “filha, eu estudava a lição”.

Temporal

Exemplo: “eu nunca escrevo à tarde”.

Espacial

Exemplo: “eu a conheci em Curitiba”.

Os sintagmas circunstanciais têm seus subtítulos lexicais (quando, ontem, amanhã, tarde, noite, aqui, ali, etc.)

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6 Kb)   pdf (276.5 Kb)   docx (241.1 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com