TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

DESENVOLVIMENTO FISICO E COGNITIVO NO INICIO DA VIDA ADULTA E NO ADULTO JOVEM

Por:   •  19/1/2019  •  Trabalho acadêmico  •  2.489 Palavras (10 Páginas)  •  17 Visualizações

Página 1 de 10

[pic 1]

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA-UEFS

DEPARTAMENTO DE LETRAS E ARTE- DLA

DISCIPLINA PSIC. DA EDUCAÇÃO II- DESENVOLVIMENTO – EDU602

DOCENTE MARIA ELISA PACHECO

DISCENTE BÁRBARA BISPO, DAIANA GOMES, LUDMILLA NASCIMENTO, JOAB BARBOSA, YASMIN FIUZA, DALVA NASCIMENTO, NAPOLIANA

DESENVOLVIMENTO FISICO E COGNITIVO NO INICIO DA VIDA ADULTA E NO ADULTO JOVEM

[pic 2]


DESENVOLVIMENTO DO FÍSICO E COGNITIVO

Ao chegar à fase do adulto jovem espera se que os mesmo tenhamos uma boa saúde, tanto física como mental, já que a atividade física está associada a benefícios psicológicos entre os jovens, auxiliando-os a controlar os sintomas em casos de ansiedade e depressão. Da mesma forma, praticar atividades físicas pode contribuir para o desenvolvimento psicossocial dos jovens.

A fase adulta tem início nos vinte e um anos de idade; após terem passado pela fase de aprendizagem, infância e pela fase das mudanças, adolescência, as pessoas chegam à fase adulta. Nesta fase as responsabilidades aumentam, porém para alguns jovens é o momento de sair da casa dos pais, estabelecendo á tão grande e esperado independência. Na fase adulta as pessoas tendem a traçar suas metas e objetivos como decidir a que profissão ira seguir, onde estudar, se vão casar ou permanecer solteiro e construir uma família; tentam organizar o futuro de acordo com o que desejam.

Vamos examinar diversos fatores de estilo de vida que estão fortemente associados à saúde e condição física dos jovens adultos: nutrição e controle do peso, transtorno alimentares, atividade física, uso de álcool e drogas, condições socioeconômica e raça/etnia, sexualidade e reprodução, perspectiva sobre a cognição adulta, educação e trabalho.

Dieta e nutrição

Nutrição são alimentos que fornecem todas as substâncias necessárias á vida. Por isso o ditado ”você é o que come” resume a importância da nutrição para saúde física e mental. Para uma boa qualidade de vida é necessária manter uma dieta balanceada é aquela que fornece ao seu corpo os nutrientes adequados.

Obesidade/sobrepeso

Segundo um levantamento feito pelo Ministério da Saúde e o (Vigitel) Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doença Crônica por inquérito telefônica a obesidade cresce 60% em dez anos no Brasil em uma pesquisa realizada em todas as capitais brasileiras. A entrevista foi realizada em fevereiro de 2016, com 53,2 mil pessoas maiores de 18 anos onde o índice de obesidade aumentou com o avanço da idade, principalmente entre brasileiros de 25 a 44 anos, o indicador é alto 17%. Sendo que uma em cada cinco pessoas no país está acima do peso. O crescimento da obesidade também pode ter colaborado para o aumento de hipertensão e diabetes que em 2006 a hipertensão saiu de 22,5% para 25,7% em 2016, e o diabetes passou de 5,5% em 2006 para 8,9% em 2016. Esse quadro mostra a transição alimentar no Brasil, que antes era a desnutrição e agora está entre os países que apresenta altas prevalências de obesidade.

Transtornos da alimentação

Os transtornos alimentares geralmente apresentam as suas primeiras manifestações na infância, adolescência ou a idade adulta jovem. Os transtornos alimentares são perturbações no comportamento alimentar, podendo levar ao emagrecimento externo, á obesidade ou a outros problemas físicos; além dos transtornos alimentares ocorrem também transtornos psiquiátricos, destacando- se a anorexia nervosa e bulimia nervosa.

Anorexia nervosa

São varias alterações do apetite e perturbações de imagem corporal, anorexia nervosa se inicia geralmente na infância ou na adolescência, porém, ocorre predominantemente em mulheres jovens, o inicio é marcado por uma restrição dietética progressiva com a eliminação de alimentos considerados “engordantes”, como os carboidratos. As pacientes começam ter certa insatisfação com o seu corpo, assim passam a se sentir obesas.

Bulimia nervosa

A bulimia nervosa é um distúrbio psiquiátrico que se caracteriza pela ingestão compulsória de alimentos, seguidos de sentimentos de culpa e tentativa de se livrar de forma rápida do excesso de calorias consumidas, geralmente através de vômitos induzidos ou consumido de medicamentos.

Atividades físicas

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estima que 60% dos adultos não realizam as recomendações mínimas de atividades físicas para a prevenção de doenças, sendo que o risco cardiovascular aumenta em 50% com o sedentarismo. De acordo com OMS os perfis etários de 18 aos 64 anos, devem  fazer pelo menos 150 minutos semanais de atividade aeróbica de intensidade moderada ou 75 minutos de atividade de alta intensidade, também sendo possível combinar os dois tipos de exercícios para chegar a uma “média” mínima dentro desses parâmetros.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (17.5 Kb)   pdf (209.6 Kb)   docx (28.1 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com