TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

CURSO SUPERIOR DE SERVIÇO SOCIAL – EAD ANÁLISE CRÍTICA

Por:   •  9/11/2019  •  Dissertação  •  2.246 Palavras (9 Páginas)  •  20 Visualizações

Página 1 de 9

UNIP
UNIVERSIDADE PAULISTA

JAEL FELIX CRUS – SUPERVISORA DE CAMPO

VIVIAN SILVIA OLIVEIRA – SUPERVISORA ACADÊMICA

CLAUDIA TEODÓSIO FERREIRA DA SILVA

RA: 1528948

CURSO SUPERIOR DE SERVIÇO SOCIAL – EAD

ANÁLISE CRÍTICA

 


[pic 1][pic 2]

SÃO PAULO/SP

MAIO 2019


RESUMO

Este trabalho de analise qualitativo terá uma verificação na tese feita por Josiane Santos, que virou livro Particularidades da “Questão Social” no Capitalismo Brasileiro, que por sua vez retrata de uma analise no debate a respeito da “Questão Social” no Brasil, evidenciando as dificuldades e lacunas na ausência de matérias de pesquisas nos processos de trabalho do Serviço Social, uma grande necessidade para uma maior e melhor percepção com relação às particularidades do fenômeno social brasileiro e do entendimento do sistema capitalista que se desenvolveu no país e também a flexibilidade estrutural e precarização do trabalho marcada historicamente que desencadeou uma das mais importantes e preocupantes questões da expressão social que é o desemprego no Brasil.

No presente trabalho também será relatada uma analise critica dessa questão que é o desemprego, pois em observação, foi apontado e validado pelos técnicos da base do campo de estagio, como sendo a causa percursora que desencadeia uma serie de outros problemas, que desestrutura a base familiar. O desemprego é então apontado como causa central da maioria das demandas que são atendidas.

Palavras-chave: Trabalho. Tese. Análise. Questão Social. Dificuldade. Desemprego. Capitalismo. Demanda.

SUMMARY

This work of qualitative analysis will have a verification in the thesis done by Josiane Santos, that turned book Particularities of the "Social Question" in the Brazilian Capitalism, that in turn portrays of an analysis in the debate on the "Social Question" in Brazil, evidencing the difficulties and gaps in the absence of research material in the Social Service's work processes, a great need for a greater and better perception regarding the particulars of the Brazilian social phenomenon and the understanding of the capitalist system that is de- has developed in the country and also the structural flexibility and precariousness of the work marked historically that has triggered one of the most important and worrying questions of the social expression that is the unemployment in Brazil.

In the present work, a critical analysis of this question will also be reported, since in obser vation it was pointed out and validated by the technicians at the base of the stage field, as the precursor cause that triggers a series of other problems, which deconstructs the family base. Unemployment is then pointed out as the central cause of most of the demands being met.

Keywords: Work. Thesis. Analyze. Social issues. Difficulty. Unemployment. Capitalism. Demand.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO        4

1.        ANÁLISE CRÍTICA        7

ANEXO A...............................................................................................................................        8

ANEXO B...............................................................................................................................        9

CONSIDERAÇÕES FINAIS        10

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.................................................................................        11


INTRODUÇÃO

No presente trabalho de análise qualitativa, veremos sobre a tese da autora Josiane Soares Santos, que virou livro Particularidades da “Questão Social” no Capitalismo Brasileiro, que por sua vez retrata uma analise no debate a respeito da “Questão Social” no Brasil, evidenciando a precariedade do sistema que reflete nos processos de trabalho do Serviço Social no Brasil. Importante também será apontar uma analise critica, pois os fenômenos constitutivos da chamada 'Questão Social' se reproduzem no tempo presente com uma intensidade tão forte quanto de outras épocas históricas, são das mais diversas formas e essas expressões da chamada “desigualdade social” que estão longe de se resumirem em apenas à pobreza.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (15.4 Kb)   pdf (275.1 Kb)   docx (506.6 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com